Assembleia Legislativa anuncia Comissão Representativa que trabalhará durante recesso

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) formou nesta quarta-feira (19) a Comissão representativa que irá atuar durante o recesso parlamentar da Casa de Epitácio Pessoa iniciado nesta quinta-feira (20). Os parlamentares aprovaram o Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) do Estado, no valor de R$ 9,9 bilhões, para o exercício de 2013.

A comissão é composta de 24 parlamentares, sendo titulares e suplentes. Os deputados titulares são o presidente Ricardo Marcelo (PEN), o vice-presidente Trocolli Júnior (PMDB), Anísio Maia (PT), João Henrique (Democratas), João Gonçalves (PEN), Lea Toscano (PSB), Hervázio Bezerra (PSDB), Guilherme Almeida (PSC), Gervásio Maia (PMDB), Olenka Maranhão (PMDB), Raniery Paulino (PMDB) e Arnaldo Monteiro (PSC).

Como suplentes estão: Frei Anastácio (PT), Lindolfo Pires (Democratas), Eva Gouveia (PSD), Antônio Mineral (PSDB), Domiciano Cabral (Democratas), Daniella Ribeiro (PP), Márcio Roberto (PMDB), Vituriano de Abreu (PSC), Genival Matias (PTdoB) e Caio Roberto (PR).

Ascom

Comentar

Ricardo demite aliados do PEN e oposição se prepara para receber maior bancada da Assembleia Legislativa

Até ontem, eram só ameaças. Mas, a partir de hoje é guerra declarada. Deputados do Partido Ecológico Nacional foram surpreendidos com a demissão de aliados no interior do Estado por causa das mudanças no Regimento Interno aprovadas contra a orientação ao Palácio da Redenção. José Aldemir e Edmilson Soares foram os mais afetados, mas toda a bancada ecológica deve colocar ainda hoje os cargos que dispõem no Governo do Estado à disposição de Ricardo Coutinho.

O deputado José Aldemir, inclusive, fez um apelo ao governador para que demita seu cunhado, José Martinez, adjunto do Ideme, e deixou claro que, a partir de agora, deixará de ser independente para reforçar a bancada de oposição. “Não posso continuar aliado de um homem desses. Ele que arque com as consequências de demitir aqueles que acreditaram no seu projeto político. Ricardo enganou a todos”, afirmou Aldemir, em entrevista a uma emissora de rádio.

Já Tião Gomes, aliado do governador, fez um desabafo, também durante entrevista à mesma emissora. Revelou que Ricardo Coutinho nunca teve uma bancada com mais de treze deputados na Assembleia Legislativa. Tião disse que alertou o governador por várias vazes, mas não foi ouvido. “Administrativamente, o governo vai bem. Estão ai as obras, como as estradas, para provar. Policamente, o governo vai mal. Poucos são os que defendem Ricardo Coutinho na Assembleia Legislativa. Nossa bancada nunca passou de treze deputados”, garantiu Gomes.

Ao contrário do que muitos esperavam, o início do período legislativo, após o recesso, deve registrar um clima de guerra na Assembleia Legislativa, com o governador enfrentando uma bancada oposicionista majoritária.

Comentar

Decisão dos deputados ameaça projeto de reeleição de Ricardo Coutinho

A relação entre Governo do Estado e Assembleia Legislativa segue de mal a pior. O clima havia melhorado um pouco, mas azedou novamente após aquela arapongagem mal feita e mal explicada durante a “Caravana da Seca”.

No início da legislatura, dizia-se que o motivo do azedume seriam as deficiências de um líder que é suplente, ou seja, nem deputado é. Hoje, essa justificativa está superada. Aliás, o governo perde votações na Assembleia Legislativa muito mais por falta de bancada do que de líder.

A verdade é que nem mesmo sua própria bancada o governo conseguiu domar, até agora. O governador Ricardo Coutinho chegou a anunciar mudança de comportamento, admitindo que, em 2013, evitaria embates mais duros com a oposição para garantir a paz com a Assembleia.

Como 2013 ainda nem começou, pode ser que isso aconteça. Mas, se depender de 2012, a perspectiva de paz não é das melhores. E o governo vai carregar para o ano seguinte um saldo negativo nesse aspecto pelas derrotas que amargou em plenário e nas comissões internas.

Começa o ano com a perspectiva de enfrentar dificuldades para aprovação de sua prestação de contas. O TCE emitiu parecer favorável à aprovação, mas, com as mudanças aprovadas pelos deputados, as dificuldades para derrubar o parecer são mínimas. Bastam os votos da oposição somados aos do PEN, o “fiel da balança” na Casa.

A reprovação das contas pela Assembleia Legislativa pode significar o fim do projeto de reeleição do governador. Portanto, é bom Ricardo arrumar logo uma bancada sólida e evitar confrontos com o Legislativo, ao invés de ficar esperando que um líder resolva todos os seus problemas na Casa.

Comentar

Diante de um “clima quente”, deputados aprovam mudanças no Regimento Interno da Assembleia

Em meio a um clima quente, os deputados aprovaram na manhã desta quarta-feira mudanças no Regimento Interno da Assembleia Legislativa. A prioncipal delas, alvo de divergências entre governo e oposição, prevê maioria simples para derrubada de pareceres do Tribunal de Contas do Estado em relação à prestação de contas dos governadores.

A sessão foi marcada por um bate boca entre o presidente da Casa, Ricardo Marcelo (PEN), e o líder do governo, Hervázio Bezerra (PSDB). Marcelo chegou a cortar o microfone do líder após se sentir ofendido com insinuações contra sua pessoa. Hervázio Bezerra avaliou como um “golpe” da mesa diretora contra o governador Ricardo Coutinho, a aprovação das mudanças no Regimento.

“Sou um homem íntegro, como empresário e como político. Nunca traí ninguém. Voce não é a pessoa certa para me sensurar”, disparou Marcelo, após cortar a palavra de Hervázio.

Encerrada a sessão, os deputadios deixaram o plenário para o almoço. Durante a tarde, devem participar de uma sessão extraordinária para votar o Orçamento do Estado de 2013. Depois, entram em recesso.

Comentar

Trócolli destaca escolha de Maranhão e prevê fortalecimento do PMDB para eleições de 2014

O deputado Trócolli Júnior definiu como “melhor opção” a eleição do ex-governador José Maranhão para presidir o PMDB na Paraíba. Primeiro porque foi uma escolha consensual, mostrando a unidade do partido, como queria a direção nacional, um dos requisitos principais para o êxito numa disputa eleitoral.

Em segundo lugar, nenhuma agremiação partidária pode desprezar a experiência de alguém que já foi governador por três vezes, senador, deputado federal e estadual. Uma avaliação sensata,fria e sem paixões. “A partir de agora, o que temos que fazer é fortalecer o partido para vencermos as eleições de 2014. Temos um pré-candidato altamente competitivo e com todas as condições de liderar as oposições no Estado”, disse Trócolli, referindo-se ao prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego.

O próximo teste de unidade do PMDB será a composição do diretório de João Pessoa. Os deputados federais Manoel Júnior e Benjamin Maranhão, o estadual Gervasio Maia e o vereador Ronivon Mangueira são nomes cotados para presidir o diretório ou comissão provisória municipal. Trócolli não pode ser candidato por não alcançar o tempo mínimo de filiação partidária, já que deixou o PMDB e retornou somente agora ao partido, mas torce e vai trabalhar pelo consenso.

“Não tenho dúvidas de que o PMDB sairá unido e fortalecido desse processo. Quanto ao diretório municipal, há tempo para tudo. Com certeza terei oportunidades de assumir cargos importantes no partido futuramente”, prevê o parlamentar.

Comentar

Cartaxo exclui Roseana, mas destina mais cargos para Agra e o PT

O prefeito diplomado Luciano Agra manteve a linha traçada desde o início da composição do secretariado, ao anunciar novos nomes na manhã desta terça-feira. O atual prefeito Luciano Agra e o PT, partido de Cartaxo, continuam com prestígio altíssimo.

Cartaxo aproveitou para resolver de vez o impasse em torno da secretaria Roseana Meira, que não figura na relação de seus auxiliares. A Secretaria de Saúde será ocupada pelo médico sanitarista Lindemberg Medeiros. O prefeito também criará mais duas secretarias, logo que tomar posse. A Secretaria de Segurança e Cidadania será dirigida pelo atual vereador Geraldo Amorim e a de Acompanhamento Governamental não tem titular definido.

Partidos aliados, com exceção de PPS e PDT, não foram contemplados. Vereadores aliados também esperam sua fatia do bolo.

Comentar

Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa aprova LOA e PPA

A Comissão de Acompanhamento e Controle da Execução Orçamentária da Assembléia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na manhã desta terça-feira (18), o projeto de Lei 1.167/2012 (Mensagem nº 41), de autoria do Governo do Estado, que dispõe sobre a revisão do Plano Plurianual (PPA) para o período de 2012/2015; e o projeto 1.168/2012 (Mensagem nº 42), também de autoria do Poder Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do Estado, a Lei Orçamentária Anual (LOA), para o exercício de 2013.

Na reunião, realizada no auditório João Eudes, o presidente da Comissão, o deputado Gervásio Maia (PMDB), também anunciou que a ALPB irá realizar uma audiência pública, na tarde desta quarta-feira (19), a partir das 14h00, com o secretário estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira, para discutir a PLOA e o PPA antes das matérias serem levadas para votação em plenário. A sociedade civil organizada também está convidada para audiência para participar das discussões.

Na ultima sexta-feira (14), a Casa de Epitácio Pessoa recebeu mensagem do Governo do Estado retificando a LOA, que versa sobre recursos para emendas apresentadas por parlamentares estaduais. As alterações se fizeram necessários em face da rejeição do veto do Governo do Estado ao dispositivo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (9.856, de 06 de julho de 2012).

O Poder Executivo deverá reservar 1,5% da Receita Corrente Líquida na LOA de 2013 para o financiamento das emendas individuais. Os recursos serão consignados na Reserva de Contingência. O prazo para apresentação de emendas pelos deputados já está aberto. O Orçamento do Estado para 2013 deve ser votado até a próxima quinta-feira (20), antes do recesso parlamentar. A aprovação da Lei Orçamentária Anual, de acordo com o Regimento Interno da ALPB, é condição imposta para que os deputados possam entrar em recesso.

ALPB

Comentar

Cartaxo anuncia mais nomes, deixa Roseana de fora, e diz que criará mais duas pastas

O prefeito diplomado de João Pessoa Luciano Cartaxo (PT) anunciou na manhã desta terça-feira (18) novos nomes que vão compor sua equipe de governo. Ele também anunciou a criação de duas novas pastas: a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Cidadania e a Secretaria Executiva de Acompanhamento Governamental do Município.

Ele informou também novos nomes de secretários que vão compor seu governo. Para a Secretaria da Saúde foi indicado o médico sanitarista Lindemberg Medeiros de Araújo e o administrador Roberto Wagner Mariz Queiroga vai comandar a Administração.

Apesar de apelos do alaido e atual prefeito Luciano Agra (sem partido), Cartaxo deixou de fora da lista a atual secretária de saúde, Roseana Meira, fato que repercutiu na imprensa após o anúncio dos novos nomes de secretários.

Luciano Cartaxo explicou que a Secretaria de Segurança Pública e Cidadania vai planejar, coordenar e supervisionar as atividades na área de segurança com trabalho focado na prevenção à violência. Já a Secretaria de Acompanhamento Governamental, com funcionamento em Brasília, vai acompanhar os projetos da Prefeitura na Capital Federal. “Vamos assim, poder, com a Secretaria de Segurança dar contribuição maior e efetiva para a segurança complementar em nossa cidade e com a nova Secretaria executiva acompanhar os projetos da Prefeitura em Brasília e poder ampliar os recursos do governo federal em João Pessoa”, disse Luciano.

Ele informou que vereador e perito criminal da Polícia Federal, Geraldo Amorim vai dirigir a nova Secretaria de Segurança Pública e Cidadania. Já o nome do secretário de Acompanhamento Governamental será anunciado posteriormente.

A secretaria de Turismo fica sob a gestão do empresário Roberto Lucena Ramalho Brunet (atual secretário) e a política de Habitação Social ficará sob a responsabilidade de Maria do Socorro Gadelha Campos, atual Diretora de Integração, Avaliação e Controle Técnico do Ministério das Cidades.

Luciano Cartaxo anunciou ainda os nomes para a Secretaria de Políticas Públicas das Mulheres, a historiadora e enfermeira sanitarista Maria do Socorro Borges Barbosa. Na Secretaria do Meio Ambiente o nome foi o do analista ambiental do IBAMA, Edilton Rodrigues Nóbrega. A secretaria de Gestão Governamental e Articulação Política será comandada pelo advogado Rodrigo Soares, presidente estadual do PT. O Secretário adjunto da Comunicação será o publicitário Rafael Samways e o da Secretaria do Desenvolvimento Social continua sendo o sociólogo Joubert Fonseca.

Já o Secretário Executivo do Orçamento Participativo será o gestor Hildevânio Macedo. A secretaria da Juventude, Esportes e Recreação será dirigida pelo administrador Sérgio Meira e secretário adjunto será o especialista técnico em esportes, Oscar Moura Diniz Jr. O Procon Municipal ficará sob a responsabilidade da advogada Nadja Palitot e a Secretaria de Ciência e Tecnologia será administrada pela jornalista Marly Lúcio.

O prefeito diplomado avaliou que são todos nomes com capacidade técnica e conhecimento reconhecido, critério que tem balizado todas as escolhas para o seu governo. “Com o anúncio destes nomes estamos avançando na composição da equipe, sempre com tranquilidade e o zelo que temos com essa proposta para fazer o melhor para João Pessoa”, completou Luciano Cartaxo.

*Veja o perfil dos novos Secretários e Secretárias *

*Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania – Geraldo Amorim.* É graduado em Saúde Pública e Prevenção às Drogas pela Universidade Federal de São Paulo e Bacharel em Filosofia. Vereador em João Pessoa por dois mandatos consecutivos (2005-2012) e Farmacêutico Clínico, foi Secretário Adjunto de Segurança do Estado da Paraíba, sendo aposentado como perito criminal da Polícia Federal.

*Secretaria da Saúde – Lindemberg Medeiros de Araújo* – Médico sanitarista. Mestre em Ciências Sociais (Trabalho e Saúde-Doença). Doutor em Educação (Prática/Práxis Médica). Professor Adjunto da UFPB onde é Chefe do Departamento de Nutrição (DN/CCS/UFPB) e Coordenador Geral do Programa Escola Zé Peão (UFPB/SINTRICOM). Possui larga experiência na gestão pública de saúde tanto a nível local/estadual, quanto a nível nacional, já tendo assumido cargos como: Coordenador Geral de Planejamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB) no período de 1996-2001. Foi Tutor do Programa de Interiorização do Trabalho em Saúde – PITS/MS/MEC/MCT (2001-2003), Coordenador Geral de Gestão da Informação do DATASUS/Ministério da Saúde (2004) e Coordenador Geral de Apoio a Implementação de Políticas de Saúde do Departamento de Apoio à Descentralização do Ministério da Saúde – DAD/SE/MS (2005).

*Secretaria de Administração – Roberto Wagner Mariz Queiroga* é graduado em Administração, com Pós-Graduação (MBA) pela Universidade de São Paulo. Funcionário de carreira do Banco do Brasil há 35 anos, sendo Gerente de Mercado nas Superintendências na Paraíba e na Bahia.

*Secretaria de Turismo – Roberto Lucena Ramalho Brunet* é o atual secretário de Turismo de João Pessoa. Empresário atuando na atividade do turismo há mais de 20 anos, foi Presidente do Fórum dos Municípios do Litoral Paraibano – PB, no período de 2010/2011. Atualmente é presidente da Associação Brasileira de agencias de viagens da Paraíba (ABAV)

*Secretaria de Habitação Social – Maria do Socorro Gadelha Campos*atualmente é Diretora de Integração, Avaliação e Controle Técnico do Ministério das Cidades. Foi Presidente da Companhia Estadual de Habitação (CEHAP) e Secretária de Habitação do Município de João Pessoa. Desenvolveu sua carreira profissional na Caixa Econômica Federal, onde cuidou de programas de habitação popular.

*Secretaria Executiva do Orçamento Participativo – Hildevânio de Souza Macedo* graduado em Gestão Pública. Foi Secretário Adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDURB) em 2007, assumindo posteriormente a titularidade, onde permaneceu até dezembro de 2009. Desde então, exerce suas atividades profissionais como Coordenador de Projetos da Ong Internacional Concern Universal Brasil. Foi presidente do PT de João Pessoa no período de 2005-2007.

*Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres – Maria do Socorro Borges Barbosa* é historiadora, enfermeira sanitarista e mestre em Educação Popular pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Feminista, assessora dos movimentos de Mulheres, LGBT e Aids. Coordenadora da ONG Amazona atua no Setor de Estudos e Assessoria a Movimentos Populares do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) da UFPB.

*Secretaria do Meio Ambiente – Edilton Rodrigues Nóbrega *tem Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto e Sistema de Informação Geográfica pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Graduado em Tecnologia da Construção Civil pela Universidade Federal do Acre, atualmente é Analista Ambiental, sendo Autoridade Julgadora do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Foi Secretário executivo de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Estado da Paraíba no período de 2007-2009.

*Secretaria de Ciência e Tecnologia – Marly Lúcio* é jornalista, formada pela UFPB, especialista em Redação Jornalística e atualmente cursa MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Responde atualmente pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura de João Pessoa. Foi Diretora de Jornalismo do Governo do Estado da Paraíba, além de repórter e editora de Política do jornal Correio da Paraíba.

*Secretaria de Gestão Governamental de Articulação Política – Rodrigues Soares* é advogado formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde desenvolve Mestrado em Direito Econômico. Foi deputado estadual pelo PT, por dois mandatos. Atualmente é presidente estadual do PT.

*Secretaria de Juventude, Esportes e Recreação – Sérgio de Morais Meira* é formado em administração pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal (CEF) é presidente da Associação de Pessoal da CEF e especialista em Marketing e Gestão de Pessoas, sendo vice-presidente administrativo do Botafogo da Paraíba.

*Secretaria Adjunta de Juventude, Esportes e Recreação – Oscar Moura Diniz Jr.* É formado em Educação Física e servidor de carreira da Prefeitura de João Pessoa. Foi Fundador do Conselho de Educação Física da PB.

*Secretaria Adjunta de Comunicação – Rafael Samways* é publicitário especialista em Comunicação Empresarial pela PUC-PR. Desempenhou funções de Diretor de Planejamento e Mídia nas principais agências de publicidade da Paraíba. Recebeu prêmios como Criatividade (TV Cabo Branco) , Chapéu de Ouro (TV Correio) e outros a nível nacional. Criou e presidiu o Grupo de Mídia da Paraíba entre os anos de 2004 e 2005. Hoje desempenha a função de Diretor de Marketing da PMJP (SECOM) e é professor especialista em cursos de pós-graduação.

*Procon Municipal – Nadja Diógenes Palitot y Palitot* é advogada e jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba. Especialista em Direito Criminal, com Mestrado em Psicologia Social. Foi presidente da Comissão Estadual de Direitos Humanos da OAB-PB, Vice-presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB; membro do Conselho Federal da OAB; Vice-presidente da OAB-PB entre 1995 e 1997. Também foi vereadora de João Pessoa e deputada estadual.

*Secretaria Adjunta do Desenvolvimento Social – Joubert Fonseca*. Sociólogo formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Foi presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescentes e líder com Conselho Nacional da Juventude. Atualmente é secretário adjunto da Secretaria.

Assessoria

Comentar

Deputados apreciam vetos e Ricardo Marcelo prevê votação de mudanças no Regimento até quinta-feira

Deputados estaduais discutem, no momento, veto do governador Ricardo Coutinho a projeto do deputado Caio Roberto (PR), que prevê a divulgação de gastos com passagens aéreas e outros. O presidente Ricardo Marcelo confirmou que as mudanças no Regimento Interno da Assembleia Legislativa deverão ser votadas até a próxima quinta-feira. Marcelo explicou que as mudanças são necessárias para corrigir falhas como dubiedade e omissão em relação a determinados aspectos, respeitando as constituições estadual e federal. “Não fugiremos desse caminho”, garantiu.

Comentar

Cartaxo deve anunciar nesta quarta-feira demais integrantes do secretariado

O prefeito diplomado de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), deve anunciar amanhã outros nomes que vão integrar a equipe de auxiliares da administração municipal. Ele disse ontem que continua dialogando com os representantes dos partidos aliados para fechar a composição do secretariado, juntamente com o processo de transição administrativa que está previsto para ser concluído na sexta-feira.

De acordo com Cartaxo faltam ainda ser definidos pelo menos 20 nomes, entre titulares, adjuntos e dirigentes de órgãos. No entanto, conforme revelou, a escolha está sendo feita de forma criteriosa e equilibrada.

“Não há dificuldades para definição da equipe. Mas estamos analisando os nomes com muito zelo, cautela e com bastante equilíbrio. Estamos dialogando muito, ouvido os partidos para finalizar esse processo da melhor forma”, afirmou.

Cartaxo disse ainda que os critérios que estão sendo levados em consideração para escolha dos futuros auxiliares são competência, experiência política e administrativa, compromisso e disposição em trabalhar pela cidade.

“Não termos secretarias isoladas, o Governo será um só. Todos terão que trabalhar de forma conjunta, com minha supervisão. Não teremos secretarias trabalhando isoladamente”, adiantou.

Além da definição da equipe de auxiliares de primeiro e segundo escalões, o futuro prefeito pretende finalizar até a próxima sexta-feira o processo de transição administrativa, com a apresentação dos relatórios e as ações definidas para os primeiros meses de Governo.

“Já temos uma série de ações definidas em todas as áreas, com um calendário de atividades. Vamos iniciar o mês de janeiro com muito trabalho para que não haja problemas, nem paralisações de serviços em áreas essenciais, como a da saúde, educação, limpeza urbana, defesa civil e outros”, comentou.

Cartaxo destacou que dentre as atividades que serão executadas a partir de janeiro pela futura gestão estar o projeto “João Pessoa – Extremo cultural – Onde o som toca primeiro”, que prevê a realização de 17 shows com artistas locais e nacionais, no Busto de Tamandaré e no Ponto de Cem Réis.

O petista destacou também, atividades pontuais em todas as áreas, especialmente na Defesa Civil, que conforme adiantou fará um trabalho preventivo para amenizar os efeitos das chuvas, além do calendário de obras que serão inauguradas, retomadas, concluídas e iniciadas em 2013.

“A programação que vamos executar nos primeiros dias da futura gestão é fruto de muito diálogo e interação entre as equipes de transição do governo atual e do futuro governo, para que tudo transcorra dentro das normalidades e que não ocorra dissolução de continuidade nas ações da administração municipal, principalmente na prestação dos serviços essenciais”, declarou.

Nomes definidos

Até agora já foram definidos 19 nomes da equipe de auxiliares do futuro prefeito, em dois anúncios. O primeiro ocorreu no dia da diplomação, quando foram anunciados 12 nomes. O último na sexta-feira passada.

Cartaxo afirmou que deve concluir a definição da equipe até o final da semana. Segundo ele, a expectativa é que na próxima semana, quando do recesso para as comemorações de Natal já esteja com tudo fechado.

O prefeito ressaltou que os nomes divulgados até agora têm um perfil eminentemente técnico e que estão respaldados em suas competências e especialidades, tendo condições de desempenhar plenamente o papel de secretários ou de integrante da administração municipal.
FONTE: DO CORREIO DA PARAÍBA

Comentar