Assembleia Legislativa recebe voto de aplauso por campanha de preveno ao cncer de prstata

Ricardo Marcelo  autor do projeto que instituiu a Semana Estadual de Combate ao cncer de prstata (Foto da Assessoria)

Ricardo Marcelo autor do projeto que instituiu a Campanha de Preveno ao Cncer de Prstata (Foto da Assessoria)

A Cmara Municipal de Santa Terezinha aprovou um requerimento de voto de aplauso Assembleia Legislativa da Paraba (ALPB), atravs do presidente da Casa, deputado Ricardo Marcelo (PEN). O pedido, aprovado por unanimidade, aconteceu devido iniciativa do Poder Legislativo de firmar convnio com as prefeituras municipais do Estado e com a Sociedade Brasileira de Urologia para realizar a Campanha de Preveno ao Cncer de Prstata.

O vereador Salomo Cordeiro de Oliveira, autor da propositura, ressaltou a mobilizao realizada pela ALPB para prevenir a populao paraibana sobre a doena. A iniciativa da Assembleia, juntamente com o presidente Ricardo Marcelo, foi sem dvida uma das mais brilhantes da era atual. Esperamos agora que outros rgos pblicos deem continuidade a essa ao de sade de altssima relevncia para o nosso povo, destacou o parlamentar.

Em Santa Terezinha, no interior da Paraba, a campanha da prstata atendeu mais de 150 homens que realizaram exames e consultas mdicas para prevenir a populao e alertar sobre os riscos da doena.

A Semana Estadual de Preveno ao Cncer de Prstata aconteceu de 22 a 26 de abril deste ano com a finalidade de lembrar os cuidados da sade do homem para a doena. A Assembleia Legislativa realizou a ao com o apoio dos municpios na Zona da Mata, Agreste, Brejo, Serto e Litoral do Estado.

Campina Grande J em Campina Grande, a Cmara Municipal aprovou, tambm por unanimidade, voto de aplauso ao Poder Legislativo pela comemorao dos seus 187 anos de existncia, comemorado no dia 5 de abril. O pedido foi de autoria do vereador Alexandre Pereira da Silva, que homenageou a ALPB, atravs do presidente Ricardo Marcelo.

ALPB

Comentar


Governo do Estado abre crdito suplementar para investir mais R$ 24,3 milhes na Segurana Pblica

Segurana Pblica ter mais investimentos (Foto da Internet)

Segurana Pblica ter mais investimentos (Foto da Internet)

O governo do Estado da Paraba abriu credito suplementar no valor de R$ 24,3 milhes para reforo de dotao oramentria da Polcia Militar do Estado da Paraba e para o Comando Geral Militar. O Decreto de N 33.962 de 29 de maio de 2013, que trata da liberao desse recurso, est publicado na edio desta quinta-feira-feira (30), do Dirio Oficial do Estado.

Do montante a ser investido pelo Executivo Estadual, exatos R$ 24 milhes sero destinados em auxlio alimentao de ambas as autarquias estaduais. Para a aquisio de semoventes sero destinados R$ 90 mil. E j na obteno de equipamentos de adestramento o valor a ser aplicado de R$ 301 mil.

Mais investimentos

Ainda nesta mesma edio do Dirio Oficial do Estado o governador da Paraba, atravs do Decreto de N 33.963 de 29 de maio de 2013 tambm abriu crdito suplementar no valor de R$ 382 mil para reforo de dotaes do Corpo de Bombeiros Militar da Paraba e do Fundo Especial do Corpo de Bombeiros.

Nestes casos, sero destinados um total de R$ 200 mil na manuteno de servios. E no combate a incndio, salvamento e atendimento pr-hospilar sero investidos o valor de R$ 182 mil.

Fonte:Adauclia Palitot – PolticaPB

Comentar


PRB refora controle da pesca na Paraba com visita do ministro Crivella, nesta sexta-feira

O ministro da Pesca, senador licenciado Marcelo Crivella, deve desembarcar na Paraba nesta sexta-feira, convite do PRB do deputado estadual Juthay Magalhes. Alm de acompanhar o desempenho da pesca, Crivella aproveita para prestigiar correligionrios que controlam o gerenciamento do setor no Estado.

Juthay Magalhes trava uma batalha constante com o deputado petista Ansio Maia no s pelo controle da Secretaria Regional da Pesca, mas tambm pelos votos dos profissionais vinculados ao setor. Alm do rgo nacional, o PRB de Magalhes e Crivella comanda tambm a Secretaria Estadual da Pesca, que tem a frente o ex-vereador Sales Dantas.

Comentar


PMDB inicia neste sbado, na Cmara Municipal de Patos, ciclo de debates sobre problemas da Paraba

Ex-governador Jos Maranho comanda encontro do PMDB (Foto da Internet)

Ex-governador Jos Maranho comanda encontro do PMDB (Foto da Internet)

O PMDB e a Fundao Ulysses Guimares promovero, neste sbado (1), no municpio de Patos, o 1 Ciclo de Debates Pensando a Paraba. O evento ocorrer na Cmara Municipal da cidade, a partir das 9h e ter a participao de representantes dos diversos segmentos da sociedade e dos setores produtivos, sobretudo do Serto paraibano.

Este ser o primeiro de uma srie de ciclos de debates que o PMDB e a Fundao Ulysses Guimares iro promover em diversas cidades a Paraba. O objetivo debater os principais problemas da Paraba e, ao mesmo tempo, discutir solues viveis para estes problemas. Alm disso, o ciclo de debates tambm discutir a formatao de propostas para a Paraba, com foco em seu desenvolvimento.

O ciclo de debates Pensando a Paraba ter a participao do presidente do Diretrio Estadual do PMDB, Jos Maranho; do presidente da Fundao Ulysses Guimares na Paraba, Raniery Paulino e de diversas lideranas do PMDB paraibano, a exemplo do pr-candidato a governador pelo partido nas eleies do ano que vem, Veneziano Vital do Rgo, do Senador Vital do Rgo, Deputados Federais e Estaduais, Prefeitos, Vice-Prefeitos, Vereadores e lideranas polticas do PMDB e de outros partidos.

A participao do PMDB nas srias discusses da Paraba uma constante. Como partido sempre presente nos mais destacados momentos polticos do Estado, o PMDB, junto com a Fundao Ulysses Guimares, realiza este importante ciclo de estudos para ouvir os paraibanos de diversos segmentos sociais e produtivos, visando contribuir para o nosso futuro, afirmou Veneziano.

De acordo com Veneziano, o ciclo de debates ser aberto a todos os que queiram participar, para debater as questes levantadas no evento e apresentar sugestes. Todos os paraibanos, do campo e da cidade, esto sendo convidados para debater conosco a formatao desta proposta. Afinal, para o cidado e para a comunidade aonde ele vive que so elaboradas e efetivadas as polticas pblicas.

Outros ciclos de debate j esto agendados, com as datas definidas, para outras cidades paraibanas, a exemplo de Guarabira (6), Sousa (Dia 15), Araruna (17) e Rio Tinto (3). Alm destas cidades, outros ciclos sero realizados, em datas a serem definidas posteriormente, de modo a contemplar todas as regies do Estado.

Assessoria

 

Comentar


Programa do PSDB foca discurso na inflao, principal “calo” do Governo Dilma Roussef

Acio criticou governo do PT em programa do PSDB (Foto da Internet)

Acio criticou governo do PT em programa do PSDB (Foto da Internet)

Durante dez minutos em rede nacional de televiso, na noite de ontem, o presidencivel Acio Neves e outras estrelas do PSDB centraram fogo na possibilidade de crescimento da inflao, considerada hoje o maior “calo” do governo Dilma Roussef. Usando discurso tpico de campanha, Acio lembrou que foi l atrs, com o Plano Real, que o PSDB iniciou o processo de controle dos ndices inflacionrios, fato que permitiu o avano do Brasil a caminho da estabilidade econmica.

“Um pas que gasta mais que arrecada no tem como garantir o controle da inflao. A inflao tem que ser combatida com medidas duras, como fizemos l atrs, na implantao do Plano Real”, afirmou Neves.

Alm da inflao, o pr-candidato a presidente falou sobre empreendedorismo e na construo de estradas, mostrando obras e aes que implantaou quando governou Minas Gerais, sua terra natal. Imagens e exemplos, entretanto, ficaram restritos a Minas, embora o PSDB administre hoje oito Estados da Federao.

Comentar


Ricardo veta ampliao de aumento dos servidores e agora depende de sua bancada para manter deciso

Ricardo considerou inconstitucionais as emendas dos deputados (Foto da Internet)

Ricardo considerou inconstitucionais as emendas dos deputados (Foto da Internet)

Deciso do governador Ricardo Coutinho (PSB), publicada na edio de hoje do Dirio Oficial, coloca mais lenha na grande fogueira em que se transformou a relao entre os Poderes Executivo e Legislativo da Paraba. Ricardo vetou a ampliao do reajuste salarial concedido aos servidores pblicos estaduais, aprovada pelos deputados atravs de emendas Medida Provisria 204/2013.

A MP previa, em seu texto original, aumento linear de 3% a todos os servidores, mas foi alterada pelos parlamentares que fixaram percentual de 5,84%. No veto total, o governador alega que a mudana inconstitucional e cita como base, para sua concluso, o pargrafo primeiro do artigo 65 da Constituio Estadual.

Ricardo Marcelo comanda a Assembleia e a maior bancada da Casa (Foto da Internet)

Ricardo Marcelo comanda a Assembleia e a maior bancada da Casa (Foto da Internet)

Alm da inconstitucionalidade, o governador explicou, no texto encaminhado ao presidente da Assembleia, Ricardo Marcelo (PEN), que a ampliao do aumento acarretaria num acrscimo de R$ 106.544.000,25, dinheiro que o Estado no dispe no momento para bancar tal despesa.

Agora, a bancada governista tem a misso de manter o veto, que deve tramitar em regime de urgncia urgentssima. So necessrios pelo menos 19 votos para derrubar o veto. O lder do governo, Hervzio Bezerra (PSDB) ainda contabiliza pelo menos 18 dos atuais 36 deputados como seguidores. Ou seja, se suas contas estiverem certas, a oposio precisar de ajuda da situao para derrubar a deciso de Ricardo Coutinho.

Lder do governo que tem 18 deputados (Foto da Internet)

Lder do governo diz que tem 18 deputados (Foto da Internet)

O cenrio inverso ao de vrias outras ocasies anteriores, quando o governador precisou ir buscar, entre os oposicionistas, apoio para aprovar matrias de seu interesse. E nem sempre conseguiu.

A apreciao do veto, prevista para a prxima semana, deve transformar o plenrio da Assembleia Legislativa numa verdadeira praa de guerra. E, novamente, o PEN de Ricardo Marcelo tem tudo para ser o “fiel da balana” no resultado da votao.

 

 

 

Comentar


Cartaxo e Veneziano se renem para discutir 2014; Pelo jeito, s saiu conversa

PT e PMDB querem estar juntos nas eleies estaduais de 2014, repetindo a aliana celebrada em nvel nacional. O problema que os dois partidos querem tambm lanar candidatos ao Governo do Estado.

Os petistas no perderam ainda a esperana de filiar o ex-prefeito Luciano Agra, nome certo para a misso, e os peemedebistas tm uma fila de opes que vo desde Veneziano, passando pelo irmo Vitalzinho, at o ex-governador Jos Maranho.

Foi esse o principal obstculo da conversa entre o Cabeludo e o prefeito de Joo Pessoa, Luciano Cartaxo, na manh de hoje. Os dois concordam que a aliana seria bem vinda, mas no admitem ceder a cabea de chapa. Ou seja, composio somente num eventual segundo turno. Mesma concluso que chegaram o prprio Veneziano e e Agra, em conversa anterior.

Cartaxo mantm projeo de candidatura prpria do PT (Foto da Internet)

Cartaxo mantm projeo de candidatura prpria do PT (Foto da Internet)

Pelo jeito, dessa mata no sai coelho. S conversa.

 

Comentar


ESCNDALO EM BAYEUX: Expedito Pereira acusado de comprar freezer de R$ 4,7 mil

O prefeito Expedito Pereira parece ter, mais uma vez, se metido numa fria. Literalmente. O vigilante Sindicato dos Trabalhadores do Municpio de Bayeux descobriu que a Prefeitura de Bayeux pagou exatos R$ 4.798,08 por um freezer, segundo cheque e empenho constantes no Sagres do Tribunal de Contas do Estado.

O freezer, de modelo horizontal, foi destinado Secretaria Municipal de Educao e nem de longe se compara, em preo, outros equipamentos semelhantes que custam entre R$ 1.256,00 e 1.653,00, no mercado. A disparidade do preo chamou a ateno de todos. Tanto que os sindicalistas pensam em levar o caso ao Ministrio Pblico.

A aquisio est sendo chamada em Bayeux de “Escndalo do Freezer de Ouro”, numa aluso ao valor financeiro do equipamento.

 

 


Com informaes do Bayeux em Foco

 

Comentar


Com voto favorvel de Cssio, Senado aprova projeto que garante maior autonomia aos delegados de polcia

Cssio votou pela aprovao do projeto que beneficia delegados (Foto da Assessoria)

Cssio votou pela aprovao do projeto que beneficia delegados (Foto da Assessoria)

Com o voto favorvel do senador Cssio Cunha Lima (PSDB-PB), o Plenrio do Senado aprovou, nesta tera-feira (28), o PLC 132/2012, do deputado Arnaldo Faria de S (PTB-SP), que garante maior autonomia aos delegados de polcia.

A lei enxuta, curta, objetiva e justa, j que o projeto diminui a desigualdade institucional e restaura um mnimo de respeito que as polcias devem ter, defende o tucano.

Pelo texto, o delegado s poder ser afastado da investigao se houver motivo de interesse pblico ou descumprimento de procedimentos previstos em regulamento da corporao que possam prejudicar a eficcia dos resultados investigativos. O ato com essa finalidade depender de despacho fundamentado por parte do superior hierrquico.

A exigncia de ato fundamentado tambm prevista para a eventual remoo, ou seja, a transferncia do delegado para qualquer outro rgo diferente daquele em que se encontra lotado.

S BACHARIS- O projeto especifica que o cargo de delegado de polcia privativo de bacharel em Direito. Alm disso, conforme o texto aprovado no Senado, a categoria passa a ter o mesmo tratamento protocolar dado a magistrados, integrantes da Defensoria Pblica e do Ministrio Pblico.

O senador Cssio Cunha Lima explicou que o PLC 132/2012 no produz qualquer interferncia na competncia de outros rgos na investigao criminal. A proposta no tem nenhuma relao com a Proposta de Emenda Constituio (PEC) 37/2011, em tramitao na Cmara dos Deputados, que retira poderes de investigao do Ministrio Pblico.

Alis, em relao PEC 37, o senador voltou a afirmar sua posio contrria aprovao da matria. E vaticinou: Ouso dizer que essa PEC sequer chegar ao Senado Federal.

Como no houve mudana de mrito no texto, o PLC 132/2012, que concede maior autonomia para delegados, segue para sano presidencial.

Assessoria de Cssio Cunha Lima

Comentar


Dirigente do PT denuncia caos na sade de Bayeux; Hospital no tem sequer aparelho de raio x

Hospital de Bayeux no tem sequer aparelho de raio x (Foto Bayeux em Foco)

Hospital de Bayeux no tem sequer aparelho de raio x (Foto Bayeux em Foco)

Apesar de Bayeux ser gesto plena em sade e receber milhes de reais todos os meses, a cidade sofre com problemas de falta de mdicos, medicamentos e equipamentos. Caminhando para um ano de nova gesto, os atuais administradores no tm tido capacidade de resolver as reivindicaes da populao.

Ontem (27) a me do presidente municipal do PT Josivaldo Farias procurou atendimento mdico no hospital da cidade e no conseguiu. Ela foi transferida para o Ortotrauma, em Joo Pessoa, porque o hospital est sem aparelho de raio x.

Ateno Conselho Municipal de Sade, Ministrio Pblico, autoridades competentes. Precisamos investigar e saber para onde esto indo os recursos (que no so poucos) vindos para a sade da cidade de Bayeux! PUNIO AOS RESPONSVEIS PELO DESMANDO DA SADE DE BAYEUX, postou o presidente no PT nas redes sociais.

Com mais de 100 mil habitantes, a quinta maior cidade da Paraba sofre na rea da sade pela falta de um equipamento de raio x. A cidade administrada por trs mdicos, o prefeito, o vice e o secretrio de Sade.

O governo Expedito 4 espera que o governo do Estado libere um recurso na ordem de R$ 50 mildo pacto socialpara poder comprar o equipamento, entretanto, a administrao tem feito contratos com escritrio de advocacia em valores vultosos.

Fonte: Bayeuxemfoco

Comentar