Ricardo Coutinho participa de comício na cidade de Esperança

Imagem da Internet

Imagem da Internet

O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’ anunciou, neste domingo (31), durante comício na cidade de Esperança, que em dezembro deste ano estará entregando à população a barragem de Nova Camará.

A obra, no valor de R$ 59 milhões, está 70% concluída e, com o sistema adutor que também está sendo executado, vai garantir o abastecimento de água dos municípios de Algodão de Jandaíra, Alagoa Nova, Areial, Esperança, Puxinanã, Lagoa Seca, Matinhas, Pocinhos, Remígio e São Sebastião de Lagoa de Roça.

Acompanhando de sua candidata à vice Lígia Feliciano (PDT) e do candidato ao Senado Lucélio Cartaxo (PT), Ricardo chegou em Esperança no final da tarde de ontem. A comitiva foi recebida pelo ex-prefeito Nobinho (PSB).

Em seu discurso, Ricardo lembrou que, com o rompimento de Camará, em 2004, o povo de Esperança e região passou a conviver com constantes falta de água e, por isso, decidiu reconstruir a obra que vai definitivamente acabar com o sofrimento da população.

Com Assessoria

Comentar

Procuradoria Geral da República emite parecer favorável à aliança entre PMDB e PT

Imagem da Internet

Imagem da Internet

 A Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) emitiu, nesta sexta-feira (29), parecer favorável à aliança PMDB-PT na Paraíba.

O parecer, do Procurador Geral Eleitoral Rodrigo Janot Monteiro de Barros, foi emitido em função do Recurso Especial Eleitoral impetrado pela Coligação Renovação de Verdade, encabeçada pelo senador Vital do Rego Filho, candidato a Governador da Paraíba, na aliança que envolve PMDB e PT.

O Recurso foi impetrado contra o deferimento do DRAP (Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários) da coligação A Força do Trabalho, ou seja, contra a aliança do PSB com o PT, na Paraíba.

 No parecer, o Procurador diverge da decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba – TRE-PB, que alegou que o presidente do PT Nacional, Rui Falcão, não tem legitimidade para falar em nome da Comissão Executiva.

“O presidente somente fez valer o que soberanamente foi decidido pelas hostes partidárias.

 O presidente, enquanto autoridade maior da agremiação, certamente representa a comissão executiva nacional”, diz o Procurador Rodrigo Janot.

Com Assessoria

Comentar

Pesquisa Datafolha aponta empate técnico entre Dilma Roussef e Marina Silva

Imagem da Internet

Imagem da Internet

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

No levantamento desta sexta, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2%. Os outros sete candidatos somados têm 1%. Segundo o levantamento, os que disseram votar branco ou nulo são 7%, mesmo percentual dos que não sabem em quem votar.

Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que uma cartela com a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

– Dilma Rousseff (PT): 34%
– Marina Silva (PSB): 34%
– Aécio Neves (PSDB): 15%
– Pastor Everaldo (PSC): 2%
– José Maria (PSTU): 0% *
– Eduardo Jorge (PV): 0% *
– Luciana Genro (PSOL): 0% *
– Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
– Eymael (PSDC): 0% *
– Levy Fidelix (PRTB): 0% *
– Mauro Iasi (PCB): 0% *
– Brancos/nulos/nenhum: 7%
– Não sabe: 7%

(*) Os candidatos indicados com 0% são os que não atingiram 1% das intenções de voto; somados, os sete têm 1%.

O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo” e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:

– Dilma Rousseff: 27%
– Marina Silva: 22%
– Aécio Neves: 10%
– Outras respostas: 3%
– Em branco/nulo/nenhum: 3%
– Não sabe: 32%

Segundo turno
Nas simulações de segundo turno, o Datafolha avaliou os seguintes cenários:

– Marina Silva: 50%
– Dilma Rousseff: 40%
– Brancos/nulos/nenhum: 7%
– Não sabe: 3%

– Dilma Roussef: 48%
– Aécio Neves: 40%
– Brancos/nulos/nenhum: 9%
– Não sabe: 4%

O Datafolha não realizou simulação de segundo turno entre Marina e Aécio.

Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

– Dilma Roussef: 35%
– Pastor Everaldo: 23%
– Aécio Neves: 22%
– Zé Maria: 18%
– Eymael: 17%
– Levy Fidelix: 17%
– Rui Costa Pimenta: 16%
– Luciana Genro: 15%
– Marina Silva: 15%
– Eduardo Jorge: 14%
– Mauro Iasi: 14%

Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Roussef tem a aprovação de 35% dos entrevistados – no levantamento anterior, eram 38%. O índice se refere aos entrevistados que classificaram o governo como “ótimo” ou “bom”.

Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” eram 23% e agora são 26%, segundo o Datafolha. Para 39%, o governo é “regular” – 38% no levantamento anterior.

– Ótimo/bom: 35%
– Regular: 39%
– Ruim/péssimo: 26%
– Não sabe: 1%

A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 5,9 – na pesquisa anterior, foi 6,0.

Com G1

Comentar

Candidata a senadora pelo PROS é contra o aborto e a legalização da maconha

Imagem da Internet

Imagem da Internet

A candidata a senadora pela Pros, Leila Fonseca, se posicionou contrária, nesta sexta-feira (29), ao casamento homoafetivo, legalização da maconha e aborto.

Durante debate realizado pela Rádio Sanhauá, de João Pessoa, Leia Fonseca, que disputa a sua primeira eleição, foi instigada a falar sobre temas que causam muita repercussão nacional.

“Sou a favor da vida. Reconheço que existe já uma legalização do aborto em caso específico de estupro. Então não há necessidade da legalização do aborto”, disse Fonseca.

Sobre o casamento homoafetivo, Leila Fonseca explicou que “é a favor da família”, mas respeita a opção sexual “de cada um”.

“Acho que deve ser respeitada e lutarei para que seja respeitada”, declarou.

Leila Fonseca também fez comentários sobre a questão da liberação da maconha. Em relação ao tema, ela mostrou posicionamento contrário.

“Sou contra a liberação da maconha, exceto para casos específicos medicinais e que se faça um estudo e se discuta com a sociedade”, argumentou Leia citando o caso do Canabidiol, onde muitas famílias tem que ir a Justiça para adquirir o medicamento.

Com Maispb.com.br

Comentar

Ricardo Coutinho participa de caminhada no Bairro das Indústrias

RC no Bairro das Industrias

O candidato da coligação ‘A Força do Trabalho’, Ricardo Coutinho (PSB), participou, na noite desta sexta-feira (29), de uma caminhada no Bairro das Indústrias, em João Pessoa.

Na oportunidade, o socialista percorreu as ruas do bairro e falou da ampliação e reforço dos sistemas de abastecimento de água, que atendeu aos bairros João Paulo II, Funcionários e Indústrias.

Com Assessoria

Comentar

Cássio garante negociação com categorias funcionais e revisão do PCCR dos professores

Cássio e servidores

Durante debate realizado pelo Sintep (Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba), na tarde desta sexta-feira (29), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato ao governo pela coligação ‘A Vontade do Povo’ disse que vai negociar com a categoria a política de remuneração, caso seja eleito.

Cássio afirmou propor aos professores a revisão do PCCR (Plano de Cargos Carreira e Salários), implantado em 2003 quando guando era governador e revelou que pretende retornar a GED (Gratificação de Estímulo à Docência), tirada dos proventos dos professores pelo atual governador do Estado.

Com Assessoria

Comentar

Ministra da Igualdade Racial vem à Paraíba no sábado participar de atividade de campanha de Dilma

Imagem da Internet

Imagem da Internet

Mais uma ministra está com viagem marcada para a Paraíba. Desta vez, quem virá ao estado será a Ministra Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros. A ministra virá no sábado (30) para participar de atividades de campanha para reeleição da presidente Dilma. A atividade irá percorrer neste sábado e domingo, 30 e 31, um total de onze cidades paraibanas.

A ministra Luiza Barros chegará na madrugada do sábado, indo direto para Campina Grande. Ela irá fazer parte da caravana que vai percorrer as cidades de Picuí, Nova Floresta, Cuité, Barra de Santa Rosa e Remígio. A saída de Campina Grande está agendada para as 8h, e no cronograma estão encontros com alguns prefeitos e um comício em Remígio. Acompanham a ministra a Coordenação da Campanha de Dilma na Paraíba, candidatos do PT e dos partidos aliados que apoiam a reeleição da presidenta Dilma, e diversos militantes.

No domingo (31), segundo dia da “Caravanas #DilmaDeNovo”, a atividade será comandada pelos membros da Direção Estadual do PT/PB, e passam por Jacaraú, Pedro Régis, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz, Duas Estradas e Sertãozinho. Assim como no sábado, políticos locais irão recepcionar os membros da caravana, e o encerramento na cidade de Sertãozinho será com buzinaço e bandeiraço.

Com Assessoria

Comentar

Nonato Bandeira participa de plenária na UFPB e assina “Pacto Pela Juventude”

O candidato a deputado estadual, Nonato Bandeira (PPS), e o deputado federal Wilson Filho (PTB), que pleiteia a reeleição, participaram na noite dessa quarta-feira (27) de plenária com estudantes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Na ocasião, os dois candidatos assinaram o ‘Pacto pela Juventude’ e receberam o apoio de lideranças e entidades estudantis.

A estudante de Biologia da UFPB, Allyne Emmanuela, ressaltou que a eleição é um momento em que todos os brasileiros têm a oportunidade de exercer seu direito de cidadão e de colaborar com o futuro do país. Ela aposta que com Nonato Bandeira na Assembleia Legislativa e Wilson no Congresso a juventude paraibana “terá um amanhã melhor”.

O representante da Juventude do PPS, Luis Augusto Brito, destacou que Nonato Bandeira enxerga a política com humanização e sua história o credencia para ocupar o mandato de deputado estadual.

“Nosso candidato também iniciou sua militância política no movimento estudantil e vamos construir diálogos e ocupar as ruas para levar essa mensagem de mudança e renovação, pois a Assembleia precisa de um deputado qualificado como Nonato”, disso.

O deputado federal Wilson Filho aproveitou a oportunidade para fazer um balanço de seu mandato na Câmara Federal e se comprometeu a lutar pela abertura de postos de trabalho para os jovens na Paraíba através da criação de uma Zona Franca no estado.

Nonato abordou a importância do engajamento da juventude na política e afirmou que a educação é uma das suas prioridades ao chegar à Assembleia Legislativa. “O governo precisa ver a educação como um assunto de estado e vamos priorizá-la com foco no esporte e na cultura”, falou.

Ele também assegurou que irá reivindicar no Poder Legislativo a valorização dos professores, incentivos fiscais a empresas que apoiam o esporte e a cultura, a construção de um Pólo Digital e a realização de concursos públicos.

Com Assessoria

 

 

Comentar

Milanez trai PMDB mais uma vez e anuncia apoio a Lucélio; Maranhão e Vital silenciam

Milanez: Filiado ao PMDB votando no PT (Imagem da Internet)

Milanez: Filiado ao PMDB votando no PT (Imagem da Internet)

Acostumado a “pular do barco” quando lhe convém, o vereador Fernando Milanez fez o que todos já esperavam: abandonou o candidato do PMDB, ex-governador José Maranhão, e anunciou apoio ao petista Lucélio Cartaxo para o Senado Federal. Lucélio é irmão do prefeito Luciano Cartaxo, dono da “caneta” em João Pessoa. Daí porque não causa muito estranheza mais essa traição ao PMDB.

Estranho mesmo é o fato de as principais lideranças do PMDB, a exemplo do próprio Maranhão, presidente do partido, e o candidato a governador Vital Filho, silenciarem sobre o assunto. Não se viu nenhuma declaração mais dura, muito menos se falou na possibilidade de adoção das medidas previstas em lei, para casos de infidelidade partidária. Parece até que a adesão, ou traição, como preferem alguns peemedebistas, foi um ato normal.

Pode até ser normal, levando em conta o currículo de traições de Milanez. Mas, não é invisível, principalmente aos olhos de quem acompanha um processo eleitoral onde os candidatos do PMDB enfrenta sérias dificuldades de vitória.

Fosse em outros tempos, talvez a coisa tomasse rumo diferente.

 

 

 

Em um evento com sua militância na Sede da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba, Asplan, na noite desta quarta-feira (27), o vereador de João Pessoa Fernando Milanez (PMDB) oficializou o apoio ao candidato a senador Lucélio Cartaxo (PT).

Como justificativa, o parlamentar deixou claro que há muito via como o melhor caminho para seu partido reforçar a candidatura do aliado petista ao Senado, não lançar uma candidatura própria.

“Eu lancei o nome de Lucélio dentro do PMDB em uma reunião da executiva há oito meses atrás, quando ainda discutíamos nosso destino. Eu não tenho culpa se alguém no meio do caminho tomou uma outra posição e se laçou na disputa”, explicou o peemdebista.

Ainda em suas explicações, Fernando Milanez defendeu que o momento é de renovação, e, dentre os candidatos na disputa, o único que representa melhor esse desejo é Lucélio.

“Não estou tratando de idade, estou tratando de ideias e postura. Precisamos dar oportunidade ao novo, compreendendo que cada coisa tem seu tempo. Quem já teve oportunidade, precisa dar a vez a quem está chegando. Essa é uma lógica natural, que tem que ser entendida. Não adianta insistir no contrário”, afirmou o parlamentar.

Grupo cresce – Na última segunda-feira, quem declarou apoio a Lucélio foi o vereador pessoense Mangueira, que também é peemdebista. O parlamentar explicou sua decisão pela ‘renovação’ no Senado afirmando que a vez do seu correligionário José Maranhão (que disputa a vaga de senador) já passou.

“Maranhão já teve todas chances: foi deputado federal, foi governador várias vezes, foi senador e agora quer ser outra vez. Agora é a hora do novo. Maranhão representa o passado na política”, defendeu Mangueira.

Comentar

Prefeitura de João Pessoa inaugura mais um Centro de Referência da Educação Infantil

Imagem da Internet

Imagem da Internet

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) entrega, na manhã da próxima segunda-feira (1º), o Centro de Referência em Educação Infantil (Crei) Mumbaba III, no Bairro das Indústrias. O equipamento é o segundo construído na Capital utilizando o modelo de Metodologias Inovadoras, que reduz o tempo de trabalho e as agressões ao meio ambiente.

O Crei, que fica localizado na Avenida Cidade de Jericó, por traz da Escola Municipal Anayde Beiriz, será entregue pelo prefeito Luciano Cartaxo em solenidade prevista para as 9h. O evento integra o plano que prevê a entrega de 21 obras em 60 dias, para marcar o aniversário de 429 anos de João Pessoa.

O Crei Mumbaba III vai acolher 160 crianças com idades entre seis meses e cinco anos e foi totalmente pensado de acordo com as necessidades educacionais para esta idade. Seguindo o novo padrão instituído pela PMJP, o espaço possui mobília e banheiros adaptados ao tamanho das crianças, o que contribui com a sua autonomia, salas de aula com ar-condicionado e banho de sol individualizado por turmas.

O local também conta com laboratório de informática projetado para crianças e decoração que prioriza a harmonia de cores nos ambientes que remetem a calmaria, segurança e tranquilidade. O Crei vai contar com monitoramento de segurança 24 horas em todas as áreas de circulação, o que corresponde a um espaço de 2.800 metros quadrados.

De acordo com o secretário municipal da Educação, Luís Júnior, a oferta de um serviço de qualidade desde a educação infantil é essencial para o desenvolvimento das crianças. “Quando investimos em educação infantil estamos garantindo a base ideal para que essas crianças se tornem bons estudantes no futuro. Os Creis oferecem todas as condições necessárias para que elas cresçam e se desenvolvam bem”, afirmou.

Metodologia Inovadora – A unidade é a segunda entregue na Capital utilizando a técnica de PVC Concretado, dentro de um sistema de Metodologias Inovadoras (MI). O procedimento evita desperdício de materiais e mantém o canteiro de obras mais limpo. Outro benefício é o tempo de construção, que passa de um ao e meio (creches de alvenaria) para apenas seis meses.

Os benefícios da construção também podem ser notados pelas crianças e funcionários. A técnica utilizada na construção possibilita um ambiente mais frio, com melhor sensação térmica. Além disso, todas as paredes são laváveis, o que garante um ambiente melhor higienizado e que oferece menos riscos à saúde das crianças.

O Crei Mumbaba III contou com investimento de cerca de R$ 1,6 milhão para construção e acabamento, além de R$ 94 mil destinados à compra de equipamentos e mobília, resultando em uma aplicação total de quase R$ 1,7 milhão. Os recursos são provenientes do Programa Brasil Carinhoso, do Governo Federal.

Estrutura – As creches do tipo B contam em sua infraestrutura com playground, recepção, secretaria, diretoria, sala dos professores, almoxarifado, banheiros, oito salas de aula, uma sala de informática, pátio coberto, pátio descoberto, cozinha, dispensa, copa, caixa d’água, lactário, lavanderia e estacionamento. A estrutura conta ainda com salas do servidor, de telefonia, elétrica e de multiuso.

A creche conta com 39 profissionais, entre berçaristas, lavadeiras, professores, monitores, cozinheiros, auxiliar de serviços, vigilante, técnico em pedagogia e auxiliar de secretaria.

Secom/JP

Comentar