Gervasio Maia toma posse nesta quarta-feira como presidente da Assembleia e entra na linha sucessória de Ricardo Coutinho

Imagem da Internet

A partir desta quarta-feira, quando será empossado como novo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, o deputado Gervasio Maia (PSB) passa a integrar a linha sucessória do governador Ricardo Coutinho (PSB). Na ausência do governador e da vice, Lígia Feliciano (PDT), Gervasinho assume o Governo do Estado, repetindo feito do avô, João Agripino Filho, e do pai, Gervasio Bonavides Maia.

Mas, não é só isso. Gervasio é uma das apostas do atual governador para disputar a sucessão estadual em 2018, ao lado de Lígia Feliciano e do senador Raimundo Lira (PMDB). Apesar de jovem, o deputado já conta com experiência para exercer o cargo de presidente da Assembleia Legislativa, embora reconheça o tamanho da responsabilidade que terá pela frente. “Nossas decisões serão coletivas e democráticas, colocando os interesses da população acima de tudo”, avisou.

O governador Ricardo Coutinho confirmou presença na solenidade prevista para as 10 horas, no Espaço Cultural José Lins do Rego. Além de Gervasio, serão empossados os deputados João Bosco Carneiro (1º vice-presidente), Inácio Falcão (2º vice-presidente), Genival Matias (3º vice-presidente), Edmilson Soares (4º vice-presidente), Ricardo Barbosa (1º secretário), Branco Mendes (2º secretário), Galego Sousa (3º secretário) e Jeová Campos (4º secretário).

A nova Mesa Diretora comandará a Casa de Epitácio Pessoa durante o biênio 2017/2018.

Comentar

Lígia Feliciano destaca avanços da gestão de Ricardo Coutinho. “Trabalha incansavelmente pela Paraíba”

Imagem da Internet

A vice-governadora do Estado, Lígia Feliciano (PDT), enalteceu, nesta terça-feira (31), a gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) e destacou os avanços conquistados durante a administração do socialista.

“A Paraíba hoje tem respeito”, frisou. Lígia, que recentemente cumpriu agenda administrativa na China, defendeu que o Governo do Estado firme parcerias internacionais. “Quando eu fui à China, fui buscar conhecimento pro meu povo. Estou plantando as sementes para colher no futuro”, afirmou Lígia.

Ela também destacou o encaminhamento de possíveis parcerias com o país. “Imagina os chineses fazendo turismo na Paraíba? Eu vim lá de baixo. Eu comecei a vida do zero. E todo paraibano merece pensar grande”, destacou.

A vice-governadora destacou o compromisso do governador em trabalhar pelo estado e garantir que a Paraíba ultrapasse a crise financeira. “Ricardo trabalha incansavelmente pela Paraíba”, disse.

As declarações da vice-governadora ocorreram em entrevista a rádio Correio FM.

Com MaisPB

Comentar

Cássio provoca Ricardo e credita investimentos do Governo Federal ao trabalho da bancada paraibana

Imagem da Internet

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) voltou a provocar o governador Ricardo Coutinho (PSB) ao creditar os investimentos do Governo Federal no Estado, incluindo a transposição do São Francisco, ao trabalho da bancada federal paraibana. Segundo Cunha Lima, além dos recursos alocados através de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União, a bancada tem cobrado ao Planalto mais ações e obras para melhorar a qualidade de vida da população.

“Temos esse exemplo da transposição, onde o presidente Michel temer inaugurou a estação de bombeamento em Floresta, permitindo que as águas do rio São Francisco finalmente cheguem à Paraíba agora em março. Durante todo o processo, a bancada federal esteve unida, cobrando urgência na execução da obra diante das necessidades da população. E vamos continuar o trabalho para que o eixo Piancó/Coremas também seja construído”, afirmou Cunha Lima.

Além da transposição, Cunha Lima citou outras obras como adutoras que também foram viabilizadas por recursos federais liberados a partir de reivindicações da bancada paraibana. “A bancada já demonstrou essa unidade em várias ocasiões. Graças a Deus, temos conseguido priorizar os interesses da Paraíba em detrimento das diverg~encias político-partidárias”, avaliou.

Cássio e José Maranhão integraram a comitiva presidencial na inauguração da estação de bombeamento da transposição, em Pernambuco. Os dois vieram com o presidente Michel Temer, de Brasília. “O senador Lira chegou a ir ao hangar, mas não pode embarcar por conta de uma reunião do partido (PMDB)”, explicou o tucano.

Comentar

Manoel Júnior e prefeitos de capitais reivindicam à presidente do STF revisão do pacto federativo

O vice-prefeito de João Pessoa Manoel Junior (PMDB) e 14 prefeitos de capitais do país se reuniram na manhã desta terça-feira (31) com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia. Eles pediram a revisão do pacto federativo, do bolo tributário e uma agenda permanente e institucional com o Supremo para resolver questões que envolvem serviços públicos nos municípios. As prefeituras elaboraram uma carta de 10 páginas para a ministra presidente.

De acordo com a carta, os municípios foram “crescentemente sobrecarregados por novas responsabilidades e atribuições, sem a devida contrapartida financeira para custear as demandas”.

Os gestores defende que é preciso rever a instituição de impostos nomeados como contribuições que “acabam por ferir princípios constitucionais e prejudicar a já combalida situação financeira dos municípios”, e pedem o redimensionamento da divisão do bolo tributário para atender de forma eficiente e qualificadas demandas da população.

A presidente do STF negou, no fim do ano passado, liminar em uma ação da FNP para que os municípios recebessem, já em 2016, uma parte dos recursos arrecadados pelo governo com o projeto de repatriação. Para Cármen Lúcia, o caixa dos municípios não seriam aefetados por não receber o repasse em 2016.

Com Clickpb

Comentar

OPERAÇÃO ANDAIME: Alvo de mandados de condução coercitiva, ex-prefeito de Cajazeiras se apresenta à Polícia Federal

O médico Carlos Antônio de Oliveira, ex-prefeito de Cajazeiras e ex-secretário de Articulação Municipal da gestão atual do Governo do Estado, apresentou-se nesta segunda-feira (30) à Polícia Federal em Patos. Ele é um dos alvos da quarta fase da Operação Andaime, realizada pelo Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) na sexta-feira (27) com apoio da PF e da Controladoria-Geral da União (CGU).

Contra Carlos Antônio havia mandados de condução coercitiva, buscas e sequestro de bens, todos deferidos. Mas o MPF também pediu a prisão temporária do ex-prefeito. Este pedido foi indeferido pela 8ª Vara da Justiça Federal em Sousa (PB). O médico pode ter sido denunciado em delação premiada do empresário Mário Messias Filho, que se encontra preso desde a segunda fase da Operação Andaime.

Na sexta-feira, a PF também cumpriu mandados de condução coercitiva dos ex-prefeitos Léo Abreu e Carlos Rafael Medeiros de Souza, que governaram Cajazeiras entre 2009 e 2012. Segundo informações divulgadas na tarde desta segunda-feira pelo MPF, nas gestões deles e de Carlos Antônio teria se formado um esquema para fraudar licitações que causaram prejuízos de R$ 27 milhões aos cofres públicos.

As investigações revelaram que o esquema funcionava mediante parceria de gestores e profissionais que se valiam de empresas fictícias para contratar obras de pavimentação, principalmente. Os acusados vão responder por desvios de recursos públicos, corrupção ativa e passiva, uso de empresas fantasma e de fachada para ocultação da origem e do destino dos recursos, fraudes fiscais e falsificação de documentos públicos relacionados a pavimentação de ruas no Município de Cajazeiras entre os anos de 2008 a 2016.

Com JP Online

Comentar

Gervasio lembra “paternidade” da Transposição e diz que Governo do Estado está fazendo sua parte na obra

Imagem da Internet

O deputado estadual Gervasio Maia (PSB) fez questão de lembrar a “paternidade” da Transposição do São Francisco, citando os ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva (idealizador e iniciante) e Dilma Roussef (deu continuidade) “quando pouca gente acreditava em sua execução”.

Gervasia, que toma posse na próxima quarta-feira (01) como novo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, participou de evento na sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande, na tarde desta segunda-feira, com a presença do ministro da Integração Nacional, Hélder barbalho, do presidente da entidade, Buega Gadelha, do governador Ricardo Coutinho (PSB, e dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Maranhão), além de outras lideranças políticas e empresariais.

Além de reconhecer o esforço de Lula e Dilma para realização da Transposição, Gervasio citou as ações do Governador Ricardo Coutinho e disse que a parte que cabe ao Governo do Estado vem sendo executada, para não atrasar a conclusão e inauguração da obra. “Como bem disse o governador Ricardo Coutinho, as obras estão a todo vapor. Sabemos que outras secas virão e é preciso executar obras que garantam a convivência dos nordestinos com a situação”, sustentou.

Gervasio e demais integrantes da Mesa Diretora que comandará a Assembleia Legislativa no biênio 2017/2018, serão empossados durante solenidade no Espaço Cultural José Lins do Rego, em tambauzinho, João Pessoa.

Comentar

Cartaxo vai intensificar viagens para tenta ocupar “espaços vazios” e se consolidar como opção das oposições para 2018

Imagem da Internet

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), sabe que não será fácil viabilizar seu projeto político de chegar ao Governo do Estado. E as dificuldades começam no próprio grupo que hoje integra, onde tem pelos menos dois grandes “adversários” pela frente: os senadores José maranhão (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB). Diante do quadro, Cartaxo teria que montar uma boa estratégia para aumentar suas chances na concorrência.

A ideia de troca de experiência entre gestores não é nova, mas caiu como uma luva nos planos de Cartaxo. Ao mesmo tempo em que aproxima o prefeito de seus colegas, disfarça juridicamente as reais pretensões do “caixeiro viajante” que, oficialmente, estaria apenas oferecendo reconhecidas ações administrativas de forma gratuita e não fazendo campanha eleitoral antecipada.

Viajando e trocando experiências com os demais prefeitos, Cartaxo usufrui de um “palanque” barato e legal, diferente de Maranhão e Cássio, que têm ocupado a maior parte do tempo com os compromissos em Brasília. Aliás, o ex-petista precisa mesmo ocupar tais espaços por ser menos conhecido que os dois senadores, também ex-governadores, no interior paraibano.

Não por acaso, na manhã desta segunda-feira, Cartaxo mandou recado aos prefeitos: está aguardando convites para novas viagens. Mas, claro, sempre deixando para discutir as eleições em 2018. Faz parte da estratégia. Enquanto isso, aliados do prefeito tratam de minimizar o interesse de Maranhão e Cássio em voltar a ocupar a cadeira de Ricardo Coutinho (PSB).

Se não houver reação, o plano de Cartaxo tem tudo para dar certo.

Comentar

Temer inaugura Estação de Bombeamento e garante entrega de parte da Transposição até final do ano

Imagem da Internet

Acompanhado pelos senadores paraibanos Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PMDB), o presidente da República, Michel Temer, inaugurou nesta segunda-feira (30), em Floresta (PE), a terceira estação de bombeamento (EBV-3) do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A nova estação vai permitir que a água do canal avance por mais 60,9 quilômetros pelo sertão da Paraíba e de Pernambuco.

Na cerimônia, o presidente exaltou a importância da obra para o desenvolvimento e integração do país.

“O símbolo maior da integração nacional é a Transposição. Ao longo dos seus mais de quatrocentos e sessenta quilômetros, o que ele faz é integrar várias regiões do Nordeste brasileiro e ao integrar várias regiões do Nordeste brasileiro faz uma integração nacional. O governo brasileiro tem os olhos voltados para o Brasil todo, mas particularmente para o Nordeste do nosso país”.

O presidente anunciou que os eixos Leste e Norte da obra serão concluídos ainda este ano.

“O Eixo Leste, sem dúvida, vamos inaugurar no mês de março. E o Eixo Norte, ainda neste ano, nós vamos inaugurá-lo, fora tantas outras obras complementares que visam a trazer água para região do Nordeste. Este não é o governo do atraso, é o governo do desenvolvimento”.

Prioridade do governo federal, o Projeto São Francisco levará água para mais de 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Serão atendidos 390 municípios pelos dois eixos: Norte, com 260 quilômetros, e o Leste, com 217. O empreendimento está orçado em R$ 9,6 bilhões, valor que resulta de atualizações previstas em contratos.

Com Assessoria

Comentar

Ricardo, Lira, Maranhão e Cássio acompanham Temer em inauguração de Estação de Bombeamento da Transposição

Imagem da Internet

O presidente Michel Temer inaugura nesta segunda-feira (30), em Floresta (PE), a terceira estação de bombeamento (EBV-3) do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A nova estação vai permitir que a água do canal avance por mais 60,9 quilômetros pelo sertão da Paraíba e de Pernambuco.

Estão fazendo parte da comitiva os senadores paraibanos Raimundo Lira (PMDB), Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Maranhão (PMDB), além do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Com investimentos de R$ 87 milhões da União, a EBV-3 receberá a água vinda do reservatório Mandantes e elevará a uma altura de 63,5 metros, permitindo o escoamento por gravidade até a quarta estação elevatória (EBV-4), em Custódia (PE). Neste percurso, passará por três reservatórios pernambucanos – Salgueiro, Muquém e Cacimba Nova – e pelo aqueduto Jacaré, completando 97 quilômetros dos 217 que formam o Eixo Leste.

Com a chegada da água do Pisf ao reservatório Muquém, o açude Barra do Juá, em Floresta, poderá ser abastecido, beneficiando cerca de 30 mil pessoas. Ainda no primeiro trimestre de 2017, as águas do rio deverão chegar às populações das cidades paraibanas de Monteiro e Campina Grande.

“Nós temos agilizado essas obras, e por isso mesmo cumprimentei o ministro Helder Barbalho e toda a equipe que está trabalhando nessa obra que começou lá atrás, mas que agora está sendo agilizada para que em brevíssimo tempo nós possamos não apenas inaugurar o chamado Eixo Leste e, logo em seguida, ainda neste ano, inaugurar o Eixo Norte, praticamente completando a transposição do rio São Francisco”, disse o presidente Michel Temer em entrevista aos jornalistas.

Eixo Norte

O Eixo Norte está previsto para ser concluído no segundo semestre deste ano, após finalização de serviços necessárias à passagem de água do rio. A expectativa é atender o reservatório de Jati (CE) em agosto e a Região Metropolitana de Fortaleza em setembro de 2017.

“A licitação será feita, se não me engano, no dia 1º deste mês (fevereiro). E depois, não havendo impugnações, nenhum problema judicial, logo se homologa essa licitação e começam as obras”, afirmou Temer acerca da contratação de uma nova empresa que se responsabilizará pelo trecho.

Prioridade do governo federal, o Projeto São Francisco levará água para mais de 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Serão atendidos 390 municípios pelos dois eixos: Norte, com 260 quilômetros, e o Leste, com 217. O empreendimento está orçado em R$ 9,6 bilhões, valor que resulta de atualizações previstas em contratos.

“Evidentemente, vocês sabem que muitas e muitas vezes, lá no Congresso Nacional tem havido a preocupação também com a revitalização do rio São Francisco”, lembrou o presidente. “Matéria que nós já estamos começando a tratar mas, logo depois, nós trataremos de fazê-lo sempre vitalizado precisamente para permitir que a transposição esteja sempre cheia de água”, garantiu.
Ramal do Agreste
O presidente também anunciará a liberação de mais verbas federais para ações de convívio com a seca, dessa vez voltadas para a população pernambucana. Serão assinadas duas ordens de serviço no valor de R$ 40,4 milhões para o início do Projeto do Ramal do Agreste, obra que receberá as águas do São Francisco e será utilizada para aumentar o abastecimento de 72 cidades pernambucanas.

O ramal vai garantir água de boa qualidade para consumo humano em toda a região do Agreste de Pernambuco. Serão beneficiados mais de dois milhões de habitantes.

Orçado em R$ 1,2 bilhão, o Ramal do Agreste terá 70,8 quilômetros de extensão, incluindo canais, túneis, aquedutos, estação de bombeamento e barragens. O prazo previsto para implantação é de 36 meses. O empreendimento vai captar a água no reservatório de Barro Branco, do Pisf, localizado no quilômetro 182 do Eixo Leste, em Sertânia (PE). De lá, a água atravessará a serra Pau do Arco e chegará ao açude de Ipojuca, em Arcoverde (PE).

Com Portal Planalto

Comentar

Ministro da Integração e o governador Ricardo Coutinho visitam obras da Transposição nesta segunda-feira

O governador Ricardo Coutinho e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho vistoriam, na manhã desta segunda-feira (30), as obras em duas estações elevatórias em Pernambuco e, em seguida, se dirigem à Paraíba, onde visitarão os açudes de Poções e Camalaú, obras que integram o projeto de integração do Rio São Francisco. De acordo com o Governo Federal, as águas do Rio São Francisco chegarão ao município de Monteiro no início do mês de março e, em aproximadamente 30 dias, vão abastecer o açude de Boqueirão, que atende a Campina Grande e outras cidades paraibanas.

O Governo do Estado está realizando obras complementares da transposição que incluem a construção de canais, adutoras e sistemas de esgotamento sanitário, com destaque para o Canal Acauã-Araçagi, realizada em parceria com o Governo federal, cuja primeira etapa está praticamente pronta. Além disso, já foi concluída a limpeza do leito do Rio Paraíba, no trecho entre a Barragem de São José e Poções, e até a chegada das águas no estado, o trecho entre Poções e o açude de Boqueirão deverá estar concluído.

Às 16h, o governador e o Ministro da Integração participam de um evento realizado pela Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande. Na ocasião, o ministro Helder Barbalho apresentará um cronograma sobre o andamento das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco e anunciará ações para minimizar os efeitos da seca no Estado.

Com Secom

Comentar