Ricardo ignora possíveis adversários e diz que confia no “caráter” dos paraibanos: “Vamos pra disputa contra qualquer um”

Imagem da Internet

O governador Ricardo Coutinho (PSB) demonstrou confiança no potencial seu grupo político para disputar as eleições de 2018. Ele disse que confia no “caráter” dos paraibanos e está disposto a enfrentar qualquer adversário, amparado nas obras e ações que seu governo promoveu em favor do desenvolvimento do estado. “Vamos para a disputa em 2018 com quem quer que seja e o povo saberé escolher o melhor para a Paraíba”, disparou Coutinho, em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, nesta sexta-feira.

Ricardo mostrou-se pouco preocupado com a aliança entre PSD, PMDB e PSDB, que reelegeu o prefeito Luciano Cartaxo nas eleições de 2016, que as principais lideranças dos três partidos trabalham para repetir no pleito do ano que vem. “Aprendi a fazer politica de forma diferente, não pensando na minha ascensão pessoal, mas trabalhando pelo povo, fazendo o que o povo quer, pois é para isso que um candidato é eleito”, afirmou.

Segundo o governador, o ano de 2017 será de muito trabalho e as definições sobre as eleições de 2018, pelo menos no âmbito do seu grupo político, ficarão para o ano que vem. “Continuo focado no trabalho. A cada dia acordo com mais vontade de trabalhar pela Paraíba. No momento oportuno, todos saberão quem será nosso candidato”, avisou Coutinho, mantendo suspense sobre o tema.

Comentar

PSDB segue exemplo do PMDB e lança ofensiva para barrar “campanha antecipada” de Luciano Cartaxo

Imagem da Internet

Até a semana passada, o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) “corria frouxo” sem concorrente em sua jornada rumo à sucessão estadual de 2018. pelo menos no âmbito das oposições. Sob o pretexto de trocar experiências administrativas com colegas pelo interior do Estado, Cartaxo visitou vários municípios, abonou filiações ao PSD e só não fez comícios temendo ações de adversários e da própria Justiça Eleitoral por campanha entecipada.

O senador José Maranhão, do PMDB, foi o primeiro a enxergar o objetivo do prefeito da Capital. E logo reagiu. Maranhão reuniu o PMDB e conseguiu aprovar indicativo de candidatura própria ao Governo do Estado em 2018. Jogou, de uma só vez, “água no chope” do PSD, de Cartaxo, e do PSB, do governador Ricardo Coutinho, que esperavam receber apoio dos peemedebistas. Os dois agora sabem que poderão ter adversário nas urnas.

Seguindo exemplo do PMDB, o PSDB também resolveu “mostrar serviço” e iniciou uma ofensiva para nenhum aliado de Cartaxo botar defeito. Os tucanos recorreram a aliados do próprio prefeito de João Pessoa para avisar que as coisas não são exatamente do jeito que ele pensa. A vereadora Ivonete Ludgero veio à João Pessoa pessoalmente dar o recado. Não em nome de Cássio, nome mais cotado do PSDB para concorrer ao Palácio da Redenção. Mas, em nome do seu primo, Romero Rodrigues, atual prefeito de Campina Grande.

Romero chegou a ter um entrevero com Cássio para defender a candidatura própria do PSDB. O episódio do “carão”, como ficou conhecido, parece superado. O próprio prefeito garantiu que “nosso amor (dele e de Cássio) por Campina e pela Paraíba é bem maior que qualquer divergência”. Em outras palavras, a sintonia e a paz voltou a reinar entre os dois.

Ruim para Cartaxo que, aos poucos, vai concluindo que não terá “padrinhos” se quiser mesmo disputar as eleições de 2018.

Comentar

FOGO AMIGO: Vereadora do PSD acompanha comitiva tucana á João Pessoa e defende candidatura de Romero em 2018

Imagem da Internet

A vereadora Ivonete Ludgero, atual presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, é filiada ao PSD. Seu marido, o deputado licenciado Manoel Ludgero, também. Os dois, entretanto, não apoiam o nome do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, para disputar o Governo do Estado em 2018. A família Ludgero é eleitora declarada do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, para suceder o governador Ricardo Coutinho (PSB).

Ivonete acompanhou Romero na visita “institucional” ao presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Marcus Vinicius (PSDB), na manhã desta sexta-feira e não escondeu sua preferência pelo prefeito campinense como alternativa das oposições para concorrer à sucessão estadual. A vereadora disse, em alto e bom som, que o atual prefeito de Campina Grande é a melhor opção do PSDB e das oposições para enfrentar as urnas.

A investida da presidente da Câmara Municipal de Campina Grande foi um duro golpe às pretensões de Cartaxo. Mas, pode ser encarada, pelo mais otimistas, apenas como um aviso. Se o prefeito pessoense pensa que sua candidatura são “favas contadas’ está redondamente enganado e pode ser “engolido” pelo “fogo amigo” que o cerca.

Dizem que “quem avisa amigo é”, mas, n esse caso, Cartaxo não precisa nem de amigos para enxergar o óbvio.

Comentar

Marcus Vinicius garante que conversa com Romero foi institucional e anuncia novas visitas

Imagem da Internet

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Marcus Vinicius (PSDB), procurou afastar o cunho político da visita de Romero Rodrigues (PSDB), mesmo estando o prefeito campinense acompanhado de vários vereadores. Vinicius disse que a conversa com Romero foi institucional, tratando de questões administrativas como a possível instalação da TV Câmara em Campina Grande.

Segundo ele, os presidentes das Câmaras Municipais de Natal, no Rio Grande do Norte, e de Aracaju, em Sergipe, já demonstraram interesse em visitar a Casa de Napoleão Laureano e o contato deve acontecer nos próximos dias. “A TV Câmara de João Pessoa é uma das experiências mais bem sucedidas do Brasil. Por isso, outras cidades têm demonstrado interesse em conhecer o nosso trabalho”, explicou Vinicius.

Embora seja do PSDB, Vinicius é aliado do prefeito Luciano Cartaxo. Não quer nem ouvir falar em briga. Certo ele.

Comentar

Romero responde a Cartaxo: “Não vim aqui estabelecer confronto, mas não abro mão do direito de ir e vir”

Imagem da Internet

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), respondeu às provocações do colega de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), durante visita ao presidente da Câmara Municipal, na manhã desta sexta-feira. Cartaxo considerou natural a visita do prefeito, sugerindo que o mesmo teria vindo ver as experiências administrativas implantadas na capital paraibana. “João Pessoa recebe prefeitos diariamente dos 223 municípios”, afirmou Cartaxo.

Romero não se fez de rogado e rebateu o prefeito pessoense: “Não vim aqui para estabelecer confronto. Não é minha intenção. Fiz uma visita de cortesia ao presidente Marcus Vinicius e venho sempre a João Pessoa. Quando era deputado, vinha todo dia. Aliás o do meu direito de ir e vir não abro mão”, avisou.

Mesmo evitando falar em 2018, Romero afirmou que é cedo para definição de candidaturas. embora entenda que qualquer um pode tratar do tema e até se lançar candidato. “O senador Maranhão se lançou candidato e nem por isso virou meu inimigo. è direito de qualquer um. Se a gente não poder nem comentar o assunto, fica difícil”, sustentou.

Romero defendeu o consenso para formação da chapa das oposições e repetiu que, se Cássio quiser ser candidato a governador, seu nome está à disposição do PSDB.

Comentar

Cartaxo tenta minimizar presença de Romero Rodrigues na Capital: “João Pessoa é a capital e recebe prefeitos diariamente”

Imagem da Internet

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) procurou minimizar os efeitos da presença do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), à capital paraibana nesta sexta-feira. Cartaxo evitou vincular a visita à campanha eleitoral de 2018, mesmo sabendo da intenção de Romero de se candidata ao Governo do Estado. “João Pessoa é a capital do Estado e recebe diariamente prefeitos dos 223 municípios da Paraíba. Vejo com naturalidade”, afirmou.

Cartaxo disse ainda que é comum não só prefeitos, mas secretários e vereadores virem à João Pessoa constatar o que tem sido feito pela atual gestão municipal, da mesma forma que, quando convidado, faz questão de visitar outros municípios para expor sua experiência administrativa. “Irei sempre que tiver convite de um prefeito, seja de cidade grande ou pequena, para trocas experiências administrativas”, avisou, durante visita técnica ao Condomínio Residencial Nice de Oliveira.

Comentar

Frei Anastácio revela que Couto está “em cima do muro” sobre candidatura ao Senado e não vê como certa aliança do PT com PSB

Imagem da Internet

O deputado Frei Anastácio confirmou, nesta quinta-feira, que o PT trabalha para lançar o deputado federal Luiz Couto candidato a uma das vagas ao Senado Federal nas eleições de 2018. Mas, segundo Anastácio, Couto ainda não decidiu se topa o desafio.

“É verdade, sim. Se depender do partido, Luiz Couto será candidato ao Senado. O problema é que ele não se decidiu ainda, mas dentro do PT é grande o movimento nesse sentido”, afirmou Anastácio, acrescentando que “seria uma grande opção pelo trabalho que ele vem desenvolvendo em Brasília”.

Anastácio só não foi claro em relação às alianças que o PT deve fazer na Paraíba. Perguntado se Couto seria indicado numa composição com o PSB, o deputado desconversou: “Não há nada certo ainda. Acho cedo para falar em alianças”, justificou.

Resposta no mínimo estranha para um deputado que integra a base de sustentação política do governador Ricardo Coutinho na Assembleia Legislativa.

Comentar

HEMODIÁLISE: Secretário garante que serviço será terceirizado até dezembro

Imagem da Internet

O secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, garantiu que o serviço municipal de hemodiálise deve ser terceirizado até o final do ano. O processo de terceirização tramita na Controladoria Geral do Município (CGM) e, assim que for liberado, será encamnhado à Comissão Permanente de Licitação da PMJP para realização de concorrência pública.

A PMJP vai disponibilizar 40 máquinas de hemodiṕalise adquiridas durante a gestão do então prefeito Luciano Agra. Os equipamentos encontram-se encaixotados no hospital Santa Isabel, sem uso.

Além disso, a terceirização prevê também o uso das instalações físicas do Santa Isabel pela empresa vencedora, a quem caberá o custo com pessoal e a gestão do serviço. “Logo que o processo for liberado pela CGU, a Comissão de Licitação chamará concorrência pública para as empresas que se disponham a cobrar o preço do SUS pelo serviço”, adiantou Fulgêncio.

Apesar da pressa com a terceirização, Fulgêncio assegurou que a prestação do serviço de hemodiálise está em dia, sem demandas acumuladas. “Se me entregarem hoje três ou quatro solicitações do serviço resolvo rápido”, disse o secretário, durante audiência pública onde prestou contas de sua gestão, na Câmara Municipal.

Atualmente, clínicas particulares são pagas pela PMJP para oferecer o serviço ao município.

Comentar

Deputado cobra benefícios salariais para agentes penitenciários da Paraíba

Imagem da Internet

O deputado Bosco Carneiro Júnior (PSL) cobrou, na manhã desta quinta-feira, na Assembleia Legislativa, benefícios salariais para os agentes penitenciários da Paraíba. Carneiro sugeriu a inclusão dos agentes no programa “Paraíba Unida Pela Paz”, que garante o pagamento do “Bolsa Desempenho” aos profissionais de segurança pública. “Lamentavelmente, os agentes ainda não foram reconhecidos como profissionais de segurança pública, embora desenvolvam um trabalho tão importante quanto os demais dessa área”, afirmou.

Segundo Bosco Carneiro, o Governo do Estado teria se comprometido em estender o benefícios aos agentes a partir de abril, decisão que vem sendo esperada com muita expectativa pela categoria. “Nacionalmente, os agentes continuam lutando pelo reconhecimento, mas na Paraíba o secretário Dorta (Administração Penitenciária) tem trabalhado para melhorar as condições de trabalho a desses profissionais e acreditamos que o problema será resolvido”, sustentou.

O jeito é aguardar.

Comentar

João dos Santos afirma que “benesses” devem ter sido oferecidas ao líder da Oposição

Imagem da Internet

O vereador João dos Santos (PR) reagiu indignado às insinuações do líder da Oposição, Bruno Farias (PPS), de que teria sido seduzido pelas “benesses do poder” para aderir ao esquema do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). “Acredito que as benesses devem ter sido oferecidas a ele. A mim, não foram”, afirmou Santos.

João dos Santos disse que resolveu retornar à base governista em troca de benefícios para sua base eleitoral, centralizada no bairro de Mandacaru, e negou que a adesão tenha ocorrido por seu filho, Emano Santos, não ter reassumido mandato na Assembleia Legislativa.

“Não teve nada com isso. Várias sinalizações foram feitas (para Emano assumir”, mas todos sabem que sou de uma área periférica, que precisa de melhorias. Não poderia abandonar meu bairro”, explicou Santos.

O vereador avisou que sua postura na Câmara Municipal, mesmo como governista, será independente. “O que for bom para o povo terá meu apoio. Se for ruim, voto contra. Tenho mais de vinte anos nesta Casa e não vou ficar contra o povo. O prefeito é ciente disso”, garantiu.

Comentar