Marcus Vinicius diz que Acio tem direito defesa e compara situao “confraria” de Ccero Lucena

Imagem da Internet

O presidente da Cmara Municipal de Joo Pessoa, Marcus Vinicius (PSDB), disse nesta tera-feira que o ex-presidente do seu partido, Acio Neves, tem direito a se defender das acusaes que lhe foram feitas por delatores da JBS, alvo da Operao Lava Jato. Vinicius comparou situao de Acio ao caso do ex-senador Ccero Lucena, que chegou a ser preso durante as investigaes da “Operao Confraria”, mas foi inocentado posteriormente.

“Naquela poca, 25% da populao achava que Ccero Lucena era culpado. Outros 25% que ele era inocente e 50% queria a verdade. Acho que Acio est na mesma situao. A sociedade cobra a verdade e cabe ao ex-senador provar que inocente”, afirmou Vinicius.

Marcus Vinicius fez questo de lembrar a trajetria do vereador Pedro Coutinho, que morreu na ltima sexta-feira. Segundo ele, Coutinho deixa lies importantes todos que conviveram com ele. “Pedro buscava nos dar um novo Regimento Interno, buscando informaes em outras Cmaras Municipais. Deixou um legado muito importante nos sete mandatos na Casa”, avaliou.

A sesso ordinria chegou a ser aberta, mas logo em seguida encerrada em homenagem pstuma Pedro Coutinho.

Comentar


BRUXA SOLTA? Horas aps morte do vereador Pedro Coutinho, Mangueira internado no hospital da Unimed

Menos de 24 horas depois da morte de Pedro Alberto Coutinho (PHS), o vereador Ronivon Mangueira deu entrada na tarde deste sbado no hospital da Unimed, em Joo Pessoa.

A situao causou preocupao imediata de familiares, amigos e eleitores. Mas, felizmente, o quadro no grave. Mangueira foi acometido de uma crise de apendicite.

O vereador foi submetido a uma ultrasonografia e at coneversar com o blog aguardava o resultado do exame. A cirurgia, tratamento extremo para o caso, considerada simples e sem risco de morte, fato que tranquilixou a todos.

De qualquer forma, na Cmara Municipal de Joo Pessoa a sensao de que “a bruxa est solta”.

Comentar


INOVAO? Wilson Filho confirma que bancada federal paraibana ter dois coordenadores

Imagem da Internet

O deputado federal Wilson Filho (PTB) confirmou que a bancada federal paraibana ter dois coordenadores. A deciso foi tomada ontem, durante reunio, em Braslia. O senador Jos Maranho (PMDB) ser o coordenador no Senado e o prprio Wilson ficar com a misso na Cmara dos Deputados. Foi a sada encontrada para o impasse aps a sada de Benjamin Maranho (SD).

Menos mal, j que a falta de acordo entre os grupos do governador Ricardo Coutinho (PSB) e da Oposio ameaava deixar a bancada paraibana sem coordenador. Os governistas queriam Wilson Filho e os oposicionistas fecharam questo em torno de Maranho.

A principal misso dos dois coordenadores ser encaminhar os pleitos da Paraba junto aos ministrios e rgos federais, em Braslia. No se sabe ainda se as reunies da bancada sero separadas ou conjuntas. Mas, bem possvel que surja um novo impasse. Em se tratando da disputa poltica na Paraba, tudo possvel.

Comentar


Estela garante que PSB tem nomes, rejeita “importao” de candidato e no v PMDB como adversrio: “Partido apoia o governo”

Imagem da Internet

A deputada Estela Bezerra garantiu, nesta quarta-feira, que o PSB tem opes para disputar o Governo do Estado nas eleies de 2018, descartando a proposta do colega Ricardo Barbosa de “importar” um nome dos partidos que fazem parte da base governista para ser o candidato apoiado pelo governador Ricardo Coutinho. Estela citou o secretrio Joo Azevedo, da Infraestrutura, mas fez uma ressalva: caso a escolha seja tcnica.

Perguntada se preferia opo tcnica ou poltica, Estela respondeu com um sorriso largo seguido, preferindo reforar o potencial do PSB para concorrer sucesso do governador Ricardo Coutinho. “O PSB um partido forte e conta com apoio do maior cabo eleitoral da Paraba que Ricardo Coutinho”, sustentou.

Estela sugeriu, por outro lado, que o PSB deve estreitar os contatos com os demais partidos da base governista e no excetuou o PMDB, que j tirou indicativo de lanar candidatura prpria, tendo o senador Jos Maranho como alternativa. Segundo ela, parte do PMDB apoia o governo e o partido no pode, portanto, ser considerado de oposio. “O PMDB um aliado forte e assim deve ser tratado”, afirmou, lembrando que o partido ocupa espaos no governo.

Discurso correto de quem quer, mas no vai brigar para ser candidata.

Comentar


Equipe do Ministrio das Cidades vem a Joo Pessoa para averiguar irregularidades nas obras da Lagoa

Imagem da Internet

O Chefe da Controladoria Geral da Unio, Gabriel Arago, confirmou, nesta tera-feira (16), que uma equipe de representantes do Ministrio das Cidades vir a Joo Pessoa, nos prximos dias, para tratar administrativamente sobre as irregularidades encontradas nas obras da Lagoa, do Parque Solon de Lucena, entregue ano passado pelo prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

O objetivo da equipe se inteirar melhor do processo e estar podendo responder controladoria sobre algumas falhas que ainda existem. Segundo o chefe da CGU, alguns pontos do relatrio precisam ser esclarecidos, por esse motivo, ele acredita que a visita ocorrer o mais breve possvel.

Vrias irregularidades foram apontadas pela auditoria da CGU no tocante a obra da Lagoa. O relatrio apontando todas as falhas detectadas foi encaminhado para a Polcia Federal, para o Ministrio Pblico Federal e para o prprio Ministrio das Cidades, que quem est com o convnio.

O chefe da CGU ainda adiantou que a Polcia Federal tem um inqurito e o Ministrio Pblico Federal tem um processo sobre o caso e que ambos esto prosseguindo. De acordo com Gabriel Arago, existem realmente falhas que devem ser vistas, precisam ver onde o controle da obra falhou e tomar as medidas cabveis.

Com PBAgora

Comentar


Vereador tenta reduzir recesso de cinco meses para 40 dias em Vista Serrana e tem proposta rejeitada na Cmara Municipal

A Cmara Municipal de Vista Serrana, no Serto, rejeitou projeto do vereador Wedson Arajo (PMDB) que pretendia reduzir de cinco meses para 40 dias o recesso parlamentar. A proposta foi barrada na Comisso de Legislao, Justia e Redao. Os vereadores Leodiezio Rodrigues Ferreira, Jos de Arimatheia de Medeiros Filho e Clenilson integram a CCJ.

O detalhe que, segundo Wedson, no foi designado relator nem a CCJ emitiu parecer, como se esperava. Os trs vereadores se reuniram e assinaram documento, entregue ao presidente da Casa, reprovando a matria. No documento, o trio tambm no indica qual seria a inconstitucionalidade do projeto, misso da CCJ.

“No h nenhuma justificativa tcnica para rejeio da proposta, pelo menos no documento assinado pelos vereadores da CCJ. Vamos recorrer Mesa Diretora para que a CCJ justifique a deciso e indique os pontos inconstitucionais do projeto”, adiantou o peemedebista.

Na mesma sesso, realizada na tarde desta tera-feira, a CCJ rejeitou outro projeto do vereador do PMDB criando a Cmara Itinerante, onde o Poder Legislativo se instalaria na ltima sexta-feira de cada ms em um dos bairros da cidade ou em uma comunidade da zona rural. O processo seguiu o mesmo rito da deciso anterior.

“Como temos certeza de que nenhuma das duas propostas inconstitucional, queremos que ambas sejam submetidas ao plenrio porque representam avanos para a sociedade e a populao de Vista Serrana”, explicou Wedson Araujo, que divulgou vdeo no faceboock lamentando as decises dos colegas.

O Blog tentou contato com o presidente da Cmara Municipal de Vista Serrana, Amrico Garcia, por telefone, mas no conseguiu.

Comentar


Deputado do PSB admite “importao” de nome da base para disputar Governo do Estado em 2018

Imagem da Internet

O deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB) acredita que seu partido tem condies de lanar candidato prprio aso Governo do Estado em 2018, bastando para isso sentar e escolher entre as muitas opes que dispe. Segundo Barbosa, at mesmo o secretrio de Infraestrutura, Joo Azevedo, poderia ser escolhido “desde que trabalhado naturalmente” para obter viabilidade eleitoral.

“O PSB o partido com mais deputados na Assembleia Legislativa, com um grande nmero de prefeitos e vereadores, alm de um projeto exitoso e vitorioso. Temos que lanar um candidato para vencer as eleies e no faltam opes”, afirmou Barbosa, em entrevista nesta tera-feira.

Apesar de acreditar no PSB, o parlamentar no descarta a possibilidade do grupo comandado pelo governador Ricardo Coutinho “importar” um nome entre os partidos da base de sustentao para encabear a chapa de Situao. A vice-governadora Lgia Feliciano (PDT) e o senador Raimundo Lira (PMDB) foram citados como alternativas.

Comentar


Cssio Cunha Lima garante apoio aos prefeitos durante abertura da Marcha Nacional Braslia

Imagem (divulgao assessoria)

O presidente em exerccio do Senado, Cssio Cunha Lima (PSDB-PB), participou nesta tera-feira (16) da abertura da 20 Marcha Nacional dos Perfeitos a Braslia.

Estou aqui para representar o presidente do Senado, Euncio Oliveira (PMDB-CE), que provavelmente amanh estar participando desta marcha. Estou aqui para reafirmar o meu compromisso como senador da Paraba e como vice-presidente do Senado para que a pauta legislativa que est posta possa ser encarada com a prioridade necessria, afirmou Cssio Cunha Lima.

Cssio Cunha Lima disse ainda que uma das demandas da Confederao Nacional dos Municpios (CNM) relativa ao veto de artigo na reforma na cobrana do Imposto sobre Servios (ISS), ser pauta de discusso na semana que vem.

O projeto original permitia que a incidncia tributria sobre operaes financeiras (carto de crdito, dbito e leasing) ocorresse nas cidades onde os servios fossem prestados, e no na sede das operadoras de carto de crdito e bancos.

O presidente Michel Temer sancionou a Lei Complementar 157/16, trazendo mudanas no ISS, mas vetou o artigo que aumentava a arrecadao municipal.

Provavelmente nos reuniremos na semana que vem para discutir a derrubada desse veto e discutir o pacto federativo, que passa pela reforma tributria, disse Cunha Lima.

Comentar


Vice-governadora entrega nibus, equipamentos e libera crditos do Empreender durante audincia do OD em Patos

A vice-governadora Lgia Feliciano participou, nessa segunda-feira (15), na cidade de Patos, da dcima audincia pblica regional do Oramento Democrtico Estadual ciclo 2017. Na solenidade, Lgia fez a entrega de 12 nibus escolares para os municpios da regio, mais 19 novos conjuntos de carteiras escolares, laboratrios de cincias e de informtica, microcrditos do Empreender PB, equipamentos para o Corpo de Bombeiros e ao Departamento de Trnsito local. A plenria foi realizada no ginsio O Gelo e contou com a participao de representantes dos 22 municpios que integram a 6 Regio Geoadministrativa.

Com a participao de secretrios e auxiliares de governo, parlamentares, prefeitos e vereadores da regio, a vice-governadora assinou convnios, por meio do Programa Pacto pelo Desenvolvimento Social, com os municpios, e destinou verbas na ordem de R$ 2,1 milhes para aquisio dos nibus escolares, mais R$ 707 mil para melhorias no mobilirio das escolas, que recebem mais 3.990 novas carteiras e seis laboratrios de informtica, com 162 computadores (R$ 575 mil) e 18 laboratrios de cincias para implantar aes e atividades de iniciao cientfica nas disciplinas de qumica, fsica e biologia das escolas de ensino mdio da rede estadual.

Durante o pronunciamento, a vice-governadora expressou satisfao em poder estar mais uma vez na cidade de Patos, rodeada por pessoas interessadas em discutir o oramento pblico estadual. Com muita alegria estamos aqui na regio de Patos mais uma vez para realizar a plenria do Oramento Democrtico, instrumento importante de participao popular, implantada pelo governador Ricardo Coutinho e nico no modelo de elaborao do oramento publico do pas. Somos o nico estado que desloca todo um governo para ouvir os anseios e construir um oramento participativo a partir das necessidades da populao, disse a vice-governadora.

Lgia Feliciano lembrou ainda que as reivindicaes e prioridades eleitas sero avaliadas pelo governo e atendidas de acordo com o planejamento oramentrio estadual. Todas as demandas apresentadas e reivindicadas pela populao presente sero levadas ao conhecimento do governador Ricardo Coutinho e analisada pela equipe de governo para o pronto atendimento, de acordo com o que for possvel realizar. Somos um governo que trabalha com seriedade em todas as suas aes e eu me sinto orgulhosa em fazer parte dele, detalhou Lgia Feliciano.

Ao Corpo de Bombeiros Militar da regio, Lgia fez a entrega de equipamentos, materiais de proteo, uniformes e kit de resgates, no valor de R$ 283 mil. E ao Detran fez a entrega simblica dos certificados de formao aos 105 mototaxistas de Patos. O curso com durao de 30 horas regulariza e profissionaliza a categoria, conforme determinao do Detran. Tambm fez a entrega de cinco viaturas para estruturao da operao Lei Seca da cidade, sendo trs carros, uma moto e um caminho reboque. Por meio do programa de microcrditos, Empreender PB, Lgia Feliciano destinou verbas na ordem de R$ 1,2 milho, para microempreendedores da Regio de Patos.

Mais de 2.800 pessoas participaram da plenria, elegendo as prioridades de investimentos para o oramento do prximo ano, dialogando diretamente com a equipe de governo e participando do processo de eleio do Conselho do Oramento Democrtico. Foram eleitos 32 conselheiros titulares. O mandato ser de dois anos e a funo ser exercida voluntariamente pelos eleitos que passam a integrar o Conselho que tem o papel de promover a interao e fomentar o dilogo entre a sociedade e o governo.

Os prefeitos de So Jos de Espinharas, Neto Gomes; de Santa Luzia, Jos Alexandre (Zez); Junco do Serid, Kleber Fernandes; Maturia, Z Pereira; Cacimba de Areia, Rogrio Campos; Cacimbas, Leo Terto; Catingueira, Dr. Odir; Areia de Barana, Guia de Z Pedro; Vrzea, Otoni Costa (Toninho); vice-prefeito de So Jos do Bonfim, George Trindade e vice-prefeito de Patos, Bonifcio Rocha tambm estiveram presentes. A audincia ainda contou com os deputados estaduais Ricardo Barbosa, Antnio Mineral, Nabor Wanderley, Z Lacerda e Incio Falco.

Nesta tera-feira (16), ser a vez da cidade de Assuno, localizada na Microrregio do Cariri Ocidental, receber a comitiva do governo para a 11 audincia deste ciclo. A plenria pblica deve reunir as populaes dos municpios de Assuno, Boa Vista, Juazeirinho, Livramento, Olivedos, Soledade, Tapero e Tenrio, e ser realizada a partir das 19h, na casa de show Silvestre.

Prioridades eleitas As prioridades eleitas nesta noite foram: educao (636 votos), sade (537 votos) e infraestrutura (331 votos).

Prestao de contas Mais de R$ 169 milhes foram investidos na regio de Patos, segundo informou a vice-governadora, Lgia Feliciano na prestao de contas apresentada na audincia. Foram investimentos destinados aos recursos hdricos, abastecimento de gua e esgotamento sanitrio (R$ 16,1 milhes), desenvolvimento humano (R$ 10,5 milhes), Empreender PB (R$ 801 mil), educao (R$ 31,3 milhes), habitao (R$ 5,2 milhes), sade (R$ 80,6 milhes) e segurana pblica (R$ 6,4 milhes).

A vice-governadora informou ainda que o governo realizar a obra para construo da Barragem Coronel Jueca, em Desterro, no valor de R$ 4,7 milhes e mais 15 sistemas de abastecimento de comunidades rurais sero implantadas nos municpios de Cacimba, Catingueira, Junco do Serid, Maturia, Passagem, Salgadinho, Santa Luzi, So Mamede e Vrzea, investimentos de R$ 2,4 milhes, alm de mais dois sistemas de dessalinizao que sero implantados, tambm, na cidade de Desterro.

Na rea da educao, Lgia prestou contas das aes desenvolvidas na regio, lembrou que foram construdas duas novas Escolas Estaduais, no valor de R$ 7,7 milhes a Escola Estadual Ezequiel Fernandes, com a construo do ginsio de esportes, no Junco do Serid e a Escola Estadual Serfico da Nbrega (Escola Modelo), em So Mamede. Ainda h a obra de construo da Escola Tcnica de Patos, no valor de R$ 16,7 milhes e a licitao da reforma da Escola Estadual Coelho Lisboa, em Santa Luzia.

A vice-governadora citou ainda as obras na rea da sade, como a ampliao do Hospital e Maternidade Sinh Carneiro, em Santa Luzia, o custeio de quatro hospitais – Hospital Regional de Patos Janduhy Carneiro; Hospital Infantil de Patos Noaldo Leite; Maternidade Peregrino Filho, em Patos e Hospital e Maternidade Sinh Carneiro, em Santa Luzia, e outras que esto em processo de licitao como a ampliao da Maternidade Peregrino Filho, em Patos.
Municpios que integram a regio de Patos – Areia de Barana, Cacimba de Areia, Cacimbas, Catingueira, Desterro, Emas, Junco do Serid, Me Dgua, Malta, Maturia, Passagem, Quixaba, Salgadinho, Santa Luzia, Santa Terezinha, So Jos de Espinharas, So Jos do Bonfim, So Jos do Sabugi, So Mamede, Teixeira e Vrzea.

Comentar


Agentes de sade radicalizam protestos e situao tensa na Cmara Municipal de Joo Pessoa

Audincia pblica tumultuada na Cmara Municipal de Joo Pessoa. Vereadores e autoridades discutiam a LDO de 2018 quando um agente comunitrio de sade se acorrentou a um corrimo da Casa em protesto contra deciso do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) de no repor premiao por produtividade, retirada dos contracheques dos servidores. A iniciativa provocou reao de guardas municipais e seguranas da Casa, que desacorrentaram o agente.

A audincia pblica deve prosseguir, mas a situao tensa porque os servidores permanecem nas galerias e plenrio da Cmara Municipal. Os servidores chegaram cedo Casa. Um carro de som, em frente ao prdio, foi usado para reproduzir discurso dos manifestantes. O lder do prefeito, Helton Ren (PC do B) chegou a propor reunio dos agentes com o secretrio Zenedh Bezerra, mas a proposta foi recusada. Os servidores querem audincia com Cartaxo.

Comentar