Nonato Bandeira reúne PPS e mais três partidos da base para firmar coligações proporcionais

Em reunião realizada ontem, dirigentes do PPS, Rede, PRTB e PPL discutiram a possibilidade de firmar uma coligação proporcional, tanto para deputado estadual quanto federal, nas eleições do próximo mês de outubro. Os quatro partidos fazem parte da base de apoio do governador Ricardo Coutinho (PSB) no Estado.

Participaram da reunião os presidentes estaduais do PRTB, Fabio Carneiro; do PPS, Nonato Bandeira; do PPL, Chico do Sintran; e os coordenadores da Rede Sustentabilidade na Paraíba, Gerson Vasconcelos, Luciano Angelim e Emanuel Furtado. Também estiveram presentes o vereador Eduardo Carneiro, pelo PRTB, e Gobira, pré-candidato a deputado federal pela Rede.

O presidente do PRTB, Fabio Carneiro, informou que a reunião foi bastante produtiva, com as quatro agremiações apresentando mais de 60 nomes para as disputas de estaduais e cerca de 20 pré-candidatos a Federal. Eles pretendem eleger de 5 a 7 deputados estaduais e ultrapassar a cláusula de barreira para a Câmara Federal.

“O próximo passo será ampliarmos ainda mais essa possibilidade de coligação, chamando mais dois partidos da base, que tenham o mesmo perfil que os quatro atuais, em uma nova reunião, depois do carnaval, para a gente avançar ainda mais e definir alguns critérios que vão viabilizar esta aliança, pois o grau de competitividade se apresenta hoje bastante isonômico nos diversos candidatos destas legendas”, afirmou Fabio Carneiro.

Já Nonato Bandeira, presidente do PPS, que sediou a reunião e recentemente tomou a decisão de não aceitar deputados com mandatos na disputa estadual, disse que esta decisão do seu partido foi bastante elogiada por todos os presentes e serviu como uma espécie de parâmetro para nortear as discussões iniciais.

“Em política nós sabemos que cada partido tem suas regras e suas particularidades. Mas a aproximação entre esses quatro partidos dentro da base governista é natural, assim como outras legendas menores que tem o mesmo perfil para elegermos o maior número de parlamentares nas próximas eleições.

De acordo com avaliação do presidente do PPS e atual chefe de gabinete do governador Ricardo Coutinho, serão feitas de três a quatro coligações para a Assembleia Legislativa dentro da base aliada, até porque o número de candidatos é grande e não cabe apenas em um chapão.

Para deputado federal, ele acha que pode sair um chapão ou duas coligações dentre o 16 partidos que deverão compor a coligação majoritária encabeçada pelo PSB.

Com Assessoria

Comentar

TCE da Paraíba aprecia contas de quinze Prefeituras e seis Câmaras Municipais nesta quarta-feira

Imagem da Internet

Quinze contas de Prefeituras e seis de Câmaras Municipais compõem, em meio a outros processos, a pauta de julgamentos do Tribunal de Contas do Estado para esta quarta-feira (31). Também serão verificadas, na ocasião, contas anuais d’A União – Superintendência de Imprensa e editora e de duas Secretarias de Estado (da Administração e a do Turismo e Desenvolvimento).

Terão suas prestações de contas examinadas pelo TCE os prefeitos de Remígio (Merchior Naelson Batista da Silva, 2015), Serra Grande (Jairo Halley de Moura Cruz, 2015), Riacho dos Cavalos (Joaquim Hugo Vieira Carneiro, 2014), Coxixola (Givaldo Limeira de Farias, 2016), Logradouro (Célia Maria de Queiroz Carvalho, 2016), São João do Tigre (José Maucélio Barbosa, 2015) e Riacho de Santo Antonio (Josevaldo da Silva Costa, 2015 e 2016).

Também, os ex-prefeitos de Bom Sucesso (Ivaldo Washington de Lima), Congo (Romualdo Antonio Quirino de Sousa), Borborema (Maria paulaGomes Pereira), Serraria (Severino Ferreira da Silva), Barra de Santana (Joventino Ernesto do Rego Neto) e Carrapateira (André Pedrosa Alves), todas do exercício de 2015.

O TCE ainda julgará na ocasião, as contas oriundas das Câmaras de Vereadores de Brejo dos Santos, Massaranduba, Zabelê, Tacima, Monte Horebe (exercício de 2016) e Tavares (2015).

Presidido pelo conselheiro André Carlo Torres Pontes, o TCE reúne-se, ordinariamente, às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela TV TCE-PB (Canal no Youtube).

Com Ascom/TCE-PB

Comentar

Filiado ao PP da família Ribeiro, prefeito de Soledade declara apoio ao pré-candidato João Azevedo

O prefeito da cidade de Soledade, Geraldo Moura (PP), decidiu apoiar a pré-candidatura de João Azevêdo ao Governo do Estado durante reunião realizada na noite desta segunda-feira (29), na cidade de João Pessoa. O encontro contou ainda com a presença do presidente do PSB, Edvaldo Rosas.

Na ocasião, Geraldo Moura disse que o comprometimento de João Azevêdo com o Governo do Estado e os avanços que o Estado tem alcançado nos últimos anos, foram os principais motivos para apostar no projeto político do PSB. “Nós decidimos apoiar João porque acreditamos que ele representa o novo. É um homem comprometido com o que faz e que não possui vícios da velha política. Pensamos agora, em estabelecer parcerias para os futuros projetos entre o Governo do Estado e a cidade de Soledade”, declarou.

João Azevêdo destacou que o apoio de mais um prefeito, fortalece a sua pré-candidatura e reforça que isso é fruto de um trabalho sério que vem sendo realizado em toda a Paraíba. “Mais um prefeito chega junto para fortalecer o nosso projeto político. É uma grande satisfação neste momento em que cresce o sentimento de que o projeto implantado pelo governador Ricardo Coutinho, precisa continuar e jamais retroceder ou ser paralisado”, afirmou o pré-candidato do PSB.

Participaram também da reunião com João Azevêdo, a vice-prefeita de Soledade, Fabiana Gouveia (MDB), o ex prefeito da cidade, Ivanildo Gouveia, os vereadores Reginaldo de Babá (Presidente da Câmara Municipal), Jaelbe Martins, Miranda Neto, Júlio Cesar Garcia, Osório Policarpo e Angelina Motta, secretária adjunta de ação social.

Comentar

Ricardo anuncia pagamento de janeiro e servidores recebem nesta terça e quarta-feira

Imagem da Internet

O pagamento dos servidores públicos estaduais referente ao mês janeiro será realizado nesta terça (30) e quarta-feira (31), com a atualização do salário mínimo e a implantação dos reajustes de 6,81% para os professores e 5% para os servidores da área de Segurança. O anúncio foi feito pelo governador Ricardo Coutinho nesta segunda-feira (29), durante o programa semanal Fala Governador, transmitido por uma cadeia estadual de rádios, sob a coordenação da Rádio Tabajara.

Na ocasião, Ricardo comentou que, mais uma vez, o esforço feito pelo Governo do Estado possibilita que a folha seja paga dentro do mês trabalhado, o que, além de respeitar o servidor público, fortalece a economia paraibana. “Eu lembro de uma época nesse Estado em que se atrasou o pagamento e foi um sufoco para o comércio. O comércio não conseguia vender nada, não conseguia sequer vender fiado, porque não se sabia quando pagaria. Isso foi muito ruim. Essa tem sido a prioridade número 1 do nosso governo: manter o pagamento em dia”, ressaltou.

O governador explicou ainda que o reajuste de 6,81% do magistério (piso nacional) será concedido em toda tabela, ou seja, desde o professor sem licenciatura (A1) até o professor com doutorado (E7), lembrando que a partir de julho, mês a mês, será incorporado o que falta para dobrar a remuneração paga em 2014, e daí aplicadas as progressões horizontais (2%) e verticais (10% de uma classe para outra).

Já o pessoal da Segurança – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e agentes penitenciários – receberá os vencimentos deste mês com o reajuste de 5% dos 19% concedidos. O percentual incidirá sobre a remuneração total (na bolsa) e a partir de julho os 14% restantes escalonados até 2019, com a implantação dos plantões existentes.

“Este é um esforço muito grande, pois teremos um ano de inflação de 2% ou 3%, no próximo ano também; o poder aquisitivo caiu, o que faz com que a inflação baixe. Para uma inflação em dois anos de 5% nós estamos reajustando em 19% o salário das forças de segurança. Evidentemente que algo que possa ser feito se faz, mas eu tenho um limitador que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (50%). Todos os poderes estão além, acima do limite. O Executivo está acima do limite, porém quando assumi era 58% e hoje está em 51%. Mesmo com os reajustes dados, nós conseguimos baixar esse quantitativo”, destacou.

Comentar

Prefeitura de Cajazeiras investe na capacitação de enfermeiros para combater hanseníase

A Secretaria Municipal de Saúde do município de Cajazeiras, que tem a frente a secretária Dra. Paula, junto a Coordenadora da Divisão e do Controle da Tuberculose e Hanseníase, Sananda Maciel, com os Coordenadores do Rede Escola, Renata Emanuele e Anderson Andrade, ofertaram um curso de atualização em HANSENÍASE para os enfermeiros atuantes das Unidades Básicas de Saúde, com a finalidade de melhorar a qualidade da assistência aos usuários dos serviços.

A capacitação se fez necessária, já que a região ainda é considerada endêmica para o agravo. A ação resultou em atividades teóricas e práticas, e aconteceu nos dias 15 e 16 desse mês, em alusão ao Janeiro Roxo, período no qual se comemora a Luta Mundial Contra a Hanseníase.

O treinamento foi ministrada pela palestrante Rayrla Temóteo, Mestra em Saúde Pública – UEPB e Doutoranda em Enfermagem – UFRN.

Sobre a Hanseníase

A hanseníase é uma doença crônica, infectocontagiosa e transmitida de uma pessoa doente, que não esteja em tratamento, para uma pessoa saudável suscetível. Embora tenha cura, a doença pode causar incapacidades físicas se o diagnóstico for tardio ou se o tratamento não for feito adequadamente. A orientação é que as pessoas procurem o serviço de saúde assim que perceberem o aparecimento de manchas, de qualquer cor, em qualquer parte do corpo, principalmente se ela apresentar diminuição de sensibilidade ao calor e ao toque. Após iniciado o tratamento, o paciente para de transmitir a doença quase imediatamente.

Com Secom

Comentar

Ricardo e Azevedo demonstram tranquilidade diante do cenário político e mantém candidatura própria do PSB

Imagem da Internet

O governador Ricardo Coutinho demonstrou tranquilidade diante atual do cenário político da Paraíba, restando ainda oito meses para as eleições. Segundo ele, muita coisa ainda deve acontecer em termos de alianças e adesões até as convenções partidárias, mas não adiantou, por exemplo, se os acontecimentos teriam a ver com o governador José m~~aranhão (MDB), com quem alguns afirmam que teria se encontrada secretamente.

Ricardo garantiu que não esteve com Maranhão para discutir a sucessão estadual nem sabe se ainda poderá conversar com o ex-governador, presidente do MDB e senador pela Paraíba. “Apenas disse e continuo a dizer que, entre os três outros pré-candidatos, Maranhão é o único que tem o que mostrar”, afirmou o socialista, deixando pelo menos uma “janela” aberta para conversas com o MDB.

Segundo o governador, não houve qualquer encontro com o senador José Maranhão para tratar da sucessão estadual. Ele também não sabe se ainda haverá. “Só o futuro dirá”, filosofou.

Ainda na solenidade de lançamento do calendário de reuniões do Orçamento Democrático, no palácio da Redenção, nesta segunda-feira, o secretário estadual de Infraestrutura, João Azevedo, assegurou que não há a menor possibilidade de o PSB abrir mão de disputar o Governo do Estado em faixa própria. “Essa é a condição”, sustentou Azevedo, sustentando a tese de candidatura própria.

Parece que estão bem afinados.

Comentar

Raimundo Lira “sai de cima do muro”, rompe com Ricardo Coutinho e declara apoio às oposições

Imagem da Internet

O senador Raimundo Lira (MDB) decidiu, enfim, “sair de cima do muro”, anunciando nesta segunda-feira rompimento político com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e alinhamento ao projeto das oposições na Paraíba. Lira disse que continuará a “parceria administrativa” com o governo socialista, em nome da Paraíba, mas seguirá um caminho político diferente. “Continuaremos à disposição do governador para lutar por mais recursos que garantam obras na Paraíba, mas no campo político não há qualquer possibilidade de composição”, avisou Lira.

O parlamentar cajazeirense deixou transparecer que Ricardo já teria definido a chapa majoritária, ou pelo menos as duas vagas de senador, o que impossibilitaria seu projeto de reeleição ao lado do socialista. “Esse é um tabuleiro político com peças marcadas”, avaliou Lira, durante entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação.

Pelas informações que chegaram ao senador, Ricardo Coutinho teria acertado para que o ex-prefeito Veneziano Vital do Rego, prestes a trocar o MDB por outro partido da base governista, seja candidato a senador ao seu lado, na chapa encabeçada por João Azevedo. Além disso, Lira teria sido alertado por assessores quanto ao risco de não assumir postura definitiva em relação à disputa pela sucessão estadual.

O que se comenta é que o “martelo foi batido” na mais recente reunião com o prefeito Luciano Cartaxo e o vice, Manoel Júnior, onde Lira teria ido “direto ao assunto”, cobrando apenas espaço para disputar a reeleição. Cartaxo aceitou. Após os acertos, o senador não tinha outra opção a não ser anunciar publicamente apoio à unidade das oposições, mas sem tomar partido em relação à disputa interna para encabeçar a chapa majoritária. “Todos três (Maranhão, Romero e Cartaxo) têm condições de levar as oposições à vitória”, avaliou.

Com a decisão, cresce também o cacife de Manoel Júnior como articulador do grupo.

Comentar

Maranhão rejeita rótulo de “candidato experimental” e sugere paciência às forças de oposições

Imagem da Internet

O senador José Maranhão, presidente do MDB e pré-candidato ao Governo do Estado, rejeitou o rótulo de “candidato experimental” e lembrou que foi lançado pelos companheiros de partido para encabeçar uma chapa definitiva e não provisória, como querem alguns agora. Maranhão esteve em Campina Grande, no último final de semana, onde conversou com a médica Tatiana Medeiros, ex-secretária de Saúde do Município, sobre seu projeto político.

Em entrevista concedida à Rádio Panorâmica FM, Maranhão aproveitou para comentar a disputa interna no campo das oposições com os prefeitos Romero Rodrigues (PSDB), de Campina Grande, e Luciano Cartaxo (PSD), de João Pessoa. Ele voltou a afirmar que o lançamento de dois ou mais candidatos oposicionistas não prejudicará o projeto do grupo, já que nenhum dos três admite abrir mão de sua postulação. “Acho que isso não fará mal algum”, sustentou, lembrando a possibilidade de união num eventual segundo turno.

Segundo o senador, alguns pretensos candidatos estão indo “com muita sede ao pote” e isso pode atrapalhar o projeto oposicionista. “Quem quiser ser candidato tem que ter paciência”, avisou.

Embora não tenha citado nomes, não é difícil imaginar para quem foi o recado do dirigente emedebista.

Comentar

Gervasio participa de processo de filiações ao PSB no Litoral Sul ao lado de Estela e Azevedo

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Gervásio Maia, participou no sábado a tarde, do evento de filiação na cidade do Conde, litoral Sul do Estado. Acompanhado da prefeita Márcia Lucena, do secretário de Estado da Infraestrutura e Recursos Hídricos, João Azevedo, da deputada estadual Estela Bezerra, Gervásio destacou o trabalho realizado pela gestão socialista no município.

“Quem andava pelo Conde, antes de Márcia Lucena ser prefeita, sabe o quanto esse município mudou. A prefeita Márcia integra um projeto que pensa nas pessoas e não em interesses individuais”, afirmou o deputado, que falou ainda sobre as grandes obras inauguradas pelo governador Ricardo Coutinho.

“A Paraíba hoje não tem mais cidades isoladas, o governo entregou para o povo 54 novas estradas que trouxeram desenvolvimento, saúde, empregos. Esta gestão realizou avanços sociais em todas as áreas”, pontuou Gervásio.

A prefeita Márcia Lucena, comemorou as novas filiações e disse que o Conde hoje vive um novo tempo. “O povo saiu de casa em um sábado para participar de um evento político. Estamos falando em mudança de mentalidade, em pessoas que acreditam, que tem brilho nos olhos”, comemorou a prefeita.

O secretário de Estado dos Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, falou sobre a gestão do PSB e sobre os avanços que hoje vive o Estado. “São estradas, adutoras e políticas publicas em todas as regiões da Paraíba. O trabalho que vem sendo realizado pelo governador Ricardo Coutinho mudou a cara deste Estado”, afirmou João Azevedo.

A deputada estadual Estela Bezerra, reafirmou a fala de João Azevedo, destacando a diminuição da desigualdade e a participação das mulheres na construção das políticas públicas. Estela comemorou ainda a filiação de dezenas de mulheres a legenda socialista na cidade do Conde.

Encontro PSB Princesa Isabel

Na última sexta-feira, Gervásio Maia participou de plenária do PSB na cidade de Princesa Isabel, no Sertão do Estado. O encontro, que reuniu mais de mil pessoas, contou com a participação do presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas; do prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira; do vice-prefeito, Aledson Moura; do secretário João Azevedo; do deputado estadual Hervázio Bezerra, além de prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas da região.

Comentar

Ricardo lança calendário de reuniões do Orçamento Democrático nesta segunda-feira

Imagem da Internet

O governador Ricardo Coutinho lança oficialmente nesta segunda-feira (29), às 10h, em solenidade no salão nobre do Palácio da Redenção, em João Pessoa, o calendário do ciclo de audiências públicas regionais do Orçamento Democrático Estadual – 2018. A solenidade abre o calendário de 17 grandes plenárias, que se inicia em 1º de fevereiro e segue até o mês de abril.

As regiões de Itaporanga, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Princesa Isabel, Patos, Taperoá, Sumé, Guarabira, Cuité, Itabaiana, Esperança, Solânea, Mamanguape, Campina Grande e João Pessoa sediarão as plenárias nas quais o governador Ricardo Coutinho prestará contas das ações desenvolvidas pelo governo ao longo desses oito ciclos e ouvirá as reivindicações da população.

Em cada plenária a população terá a oportunidade de eleger até três prioridades de investimentos para a região e ainda reivindicar, reclamar, elogiar e apontar ações que poderão ser implantadas e/ou reformuladas para a melhoria da qualidade e da prestação dos serviços oferecidos pelo Governo do Estado em cada região. Será um momento de diálogo direto, aberto e democrático com o governador Ricardo Coutinho e equipe de governo.

As audiências públicas do Orçamento Democrático Estadual devem reunir representantes dos 223 municípios paraibanos, além dos conselheiros do ODE, entidades e autoridades locais. O OD Estadual já envolveu a participação de mais de 243 mil pessoas ao longo desses sete anos de gestão e elegeu, recentemente, cerca de 500 conselheiros, representantes das 14 regiões geoadministrativas do Estado.

Comentar