Em atitude corajosa, José Aldemir isenta governador e responsabiliza ex-prefeito por promessa não cumprida de recapeamento asfáltico em Cajazeiras

Imagem da Internet

O prefeito José Aldemir Meireles (PP) adotou uma postura pouco comum aos políticos atuais. Mesmo sendo adversário de Ricardo Coutinho (PSB), Aldemir isentou o governador da acusação de ter prometido executar obras reivindicada pela população de Cajazeiras. Coutinho vinha sendo cobrado pela suposta promessa de recapear com asfalto as principais ruas da cidade.

José Aldemir responsabilizou o ex-prefeito Carlos Antonio de Oliveira (DEM) pela promessa não cumprida. Segundo ele, o governador nada tem a ver com a tese alimentada por adversários que debitavam em sua conta o compromisso de executar a obra reivindicada pela população.

“Não posso ser injusto com ninguém. Nem com meus adversários. Na verdade, foi o ex-prefeito Carlos Antonio de Oliveira que inventou tudo isso para tentar tirar proveito político. Até onde sei, o governador Ricardo Coutinho nada tem a ver com a essa promessa não cumprida”, afirmou José Aldemir.

Sem dúvidas, uma atitude corajosa e merecedora de aplausos,mesmo que venha a ser distorcida e até criticada por adversários e aliados do atual prefeito.

Comentar

TCE rejeita prestação de contas e manda ex-prefeito de Curral de Cima devolver R$ 1,8 milhão aos cofres públicos

Imagem da Internet

O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido nesta quarta-feira (28), emitiu parecer contrário à aprovação das contas de 2016 encaminhadas pelo ex-prefeito de Curral de Cima, Nadir Fernandes de Farias, a quem impôs o débito de R$ 1.875.670,57 por despesas sem comprovação documental.

A ele, que pode recorrer dessa decisão, o TCE ainda concedeu prazo de 60 dias para comprovar disponibilidade financeira superior a R$ 2.694.714,11 e justificar ausência de recursos em conta corrente do Fundeb no montante de R$ 1.483.237,29, sob pena de notificação do Ministério Público para cobrança judicial. Foi relator do processo o conselheiro Fernando Catão.

O não recolhimento de contribuições previdenciárias contribuiu para a desaprovação às contas de 2016 do prefeito de São José dos Ramos, Eduardo Gindre Caxias de Lima, conforme voto do conselheiro substituto Antonio Cláudio Silva Santos, contra o qual ainda cabe recurso.

Na mesma sessão plenária, houve a emissão de pareceres favoráveis às contas de 2016 encaminhadas pelos prefeitos de Damião (Lucildo Fernandes de Oliveira) e Passagem (Magno Silva Martins). No caso de Damião, ocorreu a aprovação, ainda, às contas do exercício de 2015.

Conduzida pelo presidente André Carlo Torres Pontes, a sessão plenária teve as participações dos conselheiros Arnóbio Viana, Fernando Catão e Marcos Costa e, ainda, dos conselheiros substitutos Antonio Cláudio Silva Santos, Antonio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo procurador geral Luciano Andrade Farias.

Comentar

Presidente da Assembleia Legislativa anuncia corte de ponto e desconto no contracheque de deputados faltosos

Imagem da Internet

Ciente da necessidade das visitas às bases, principalmente nesse período que antecede à campanha eleitoral, a Mesa Diretora decidiu fixar a quarta-feira como único dia das sessões deliberativas em plenário, na Assembleia Legislativa. Nesse dia, os deputados terão que garantir o quorum mínimo para votação das matérias em condições regimentais. Mesmo assim, a frequência continua pequena, prejudicando o andamento dos trabalhos da Casa.

De olho nos resultados, o presidente Gervasio Maia (PSB) resolveu “entrar em campo” para garantir o cumprimento do Regimento Interno e das decisões tomadas em comum acordo com os líderes partidários. Maia avisou que, de agora em diante, a ausência de deputados nas sessões das quarta-feiras resultará em corte no ponto e desconto nos contracheques do valor correspondente.

Gervasio lembrou que foi pactuado com as lideranças que as sessões ocorreriam nas terças, quartas e quintas, sendo que dois dias seriam destinados ao pequeno e grande expedientes, às sessões especiais, audiências públicas e reunião das comissões temáticas. E a quarta-feira ficaria exclusivamente para realização dos esforços concentrados para votação de matérias.

O presidente disse que caberá ao parlamentar faltoso justificar a ausência, mas sem evitar que a medida (cort de ponto) seja adotada com todo rigor.

Comentar

Vereador campinense aliado de Romero detona Ruy Carneiro e admite apoio do PHS a Maranhão

Imagem da Internet

O PHS está próximo de fechar com o senador José Maranhão, pré-candidato ao Governo do Estado. Nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Correio FM, o vereador campinense Alexandre do Sindicato, aliado do prefeito Romero Rodrigues admitiu se aliar ao emedebista e criticou a direção do PSDB pela falta de diálogo sobre a sucessão estadual.

Alexandre detonou o ex-deputado Ruy Carneiro, presidente do PSDB, que não estaria contribuindo com a pré-candidatura de Romero Rodrigues ao Governo do Estado. Diante do quadro, o parlamentar não descartou a aproximação do MDB e disse que o PHS está “aberto” às negociações.

“Tudo pode acontecer. Não vejo nenhum problema em o PHS se compor com Maranhão, com quem tenho relação de amizade. Já o PSDB tem um presidente que defende abertamente o candidato de outro partido”, comparou o vereador e vice-líder de Romero na Câmara Municipal.

Comentar

João Corujinha confirma apoio do PSDC a Cartaxo: “É o melhor nome das oposições”

Imagem da Internet

O vereador João Corujinha, presidente do diretório estadual do PSDC, confirmou apoio do partido à candidatura do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), ao Governo do Estado. Corujinha disse que essa foi uma decisão do diretório estadual e se, por acaso, Cartaxo desistir de disputar as eleições “o jogo será zerado”.

“Entendemos que Luciano Cartaxo é o melhor candidato das oposições. Vem fazendo uma administração exemplar em João Pessoa e pode estender a experiência ao restante do Estado. Nossa posição está decidida e somente em caso de desistência de Cartaxo haverá mudança. Se isso ocorrer, o jogo estará zerado e teremos que reunir novamente o diretório estadual para nova definição”, explicou o futuro presidente da Câmara Municipal de João Pessoa.

A reunião do PSDC, que ratificou apoio a Cartaxo, aconteceu no último sábado, na capital paraibana.

Comentar

Galego Souza fecha apoio de mais um prefeito no Sertão e espera ter 500 votos na pequena cidade de Vista Serrana

Imagem da Internet

O deputado Galego Souza (PP) fechou apoio de mais um prefeito no Sertão paraibano. Trata-se de Sérgio Garcia (MDB) que, pelos cálculos do próprio parlamentar, deve lhe garantir pelo menos 500 votos nas eleições de outubro. O problema é que Vista Serrana tem apenas 3.094 eleitores (dados de 2017) e boa parte deles estará fora do domicílio em outubro, data do pleito, e não poderão votar.

Mesmo admitindo que o eleitorado todo participará do pleito, Galego teria que atingir um índice superior a 16% dos votantes para atingir sua meta. Não é nada fácil, levando em conta que outros dois fortes candidatos devem dividir os votos dos vistaserranenses: o ex-prefeito Monaci Marques (PPS) e a ex-prefeita de Pombal, Pollianna Dutra (PSB), aliados do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Monaci já foi deputado estadual e prefeito de Vista Serrana, mesmo caminho trilhado por sua mãe, Socorro Marques, e tem garantido o apoio dos vereadores Luana de Socorro de Euza e Arimatheia, ambos do seu partido. Candidata à uma vaga na Assembleia Legislativa pela primeira vez, Pollyanna deve contar com o apoio do vereador Wedson Araújo (MDB), o mais votado nas eleições de 2016 (310 votos) e também adversário do prefeito.

De acordo com o cenário atual, Vista Serrana terá dois candidatos a deputado apoiados pela Oposição e um pelo prefeito, com expectativa deste último de receber pelo menos 500 votos. Nas eleições de 2010, o então prefeito Jurandi Araújo (MDB), principal responsável pela eleição do atual prefeito, conseguiu dar ao deputado estadual Gervasio Maia 838 votos contra 744 de Monaci Marques e apenas 89 do terceiro colocado, o ex-deputado Márcio Roberto, adversário de Galego Souza em São Bento.

Em 2014, Monaci deu o troco e foi o mais votado com 869 votos contra 542 de Gervasio e 114 de Galego Souza, que assumiu a terceira colocação substituindo, por ironia do destino, Márcio Roberto.

Este ano, Gervasio será candidato a deputado federal e Jurandi anda desestimulado com a política, garantindo que ficará fora dos palanques.

Quem terá mais votos? A bolsa de apostas está aberta.

Comentar

Tucanos recuam e explicam que apenas “lembraram” nome de Cássio como alternativa das oposições

Imagem da Internet

Tucanos trataram de justificar declarações em defesa da candidatura do senador Cássio Cunha Lima, principal liderança do PSDB na Paraíba, ao Governo do Estado. O que parecia mais um lançamento, acabou sendo tratado como lembrança. As explicações começaram com a deputada estadual Camila Toscano, filha do prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano.

“Ninguém vai passar a perna em ninguém”, garantiu a deputada, alegando que apenas citou o nome de Cássio como alternativa das oposições, sem com isso desmerecer outras alternativas como os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo, do PSD, e de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSDB.

Na mesma direção, seguiu Ruy Carneiro. Ele disse que não via nada demais incluir Cássio entre as opções das Oposições para encabeçar a chapa majoritária. “Cássio tem todas as condições para ser o candidato a governador pelas oposições”, assegurou o presidente do PSDB.

Tanto Ruy quanto Camila se mostraram “vacinados” contra intrigas.

Comentar

Gadelha rasga elogios a Maranhão e diz que candidatura do MDB é a única certa até agora: “Nome fortíssimo”

Imagem da Internet

O deputado Renato Gadelha rasgou elogios ao senador José Maranhão, na tarde desta terça-feira, e disse que a única candidatura certa até agora é a do MDB. De quebra, ainda admitiu aliança do partido com o emedebista.

“Até agora, só temos uma candidatura realmente certa nas oposições: a do senador José Maranhão. Um homem correto, competente de muito valor. Maranhão até agora é o único candidato certo na disputa”, sustentou Gadelha, durante a sessão da Assembleia Legislativa realizada na Câmara Municipal de João Pessoa.

Perguntado se Maranhão teria chances de vitória, o deputado foi direto: “É um candidato fortíssimo. Já foi governador por três vezes e é senador. Sem dúvidas, tem grandes chances de vitória”, avaliou.

Gadelha ainda admitiu aliança entre PSC e MDB, de Maranhão, mas explicou que deve ainda aguardar os acontecimentos para que o partido decida. “Não sei se vai surgir outro candidato (nas oposições). Temos aí o prefeito Luciano Cartaxo, que também é forte. Queremos uma candidatura única, mas se houver mais de um nome o PSC deve se reunir para decidir”, sustentou.

Aliado de primeira hora.

Comentar

Deputado revela que PP pode apoiar qualquer candidato: “Depende da participação na chapa”

Imagem da Internet

O deputado Galego de Souza revelou, na tarde desta terça-feira, que o Partido Progressista pode apoiar o candidato ao Governo do Estado da Oposição ou o da Situação na Paraíba. Souza explicou que a decisão final dependerá do espaço oferecido nas chapas majoritárias aos pepistas.

“Não temos preferência. É certo que vamos apoiar um dos candidatos, mas nada está definido. O que posso assegurar é que não votaremos sem ocupar espaço na chapa majoritária”, afirmou Souza.

Segundo o parlamentar, o nome do deputado federal Aguinaldo Ribeiro está disponível para disputar um mandato de senador e a deputada estadual Daniella Ribeiro também está disposta a ocupar a vaga de vice-governadora.

“Por enquanto, estamos aguardando os acontecimentos. Até porque nenhum dos dois grupos fechou sua chapa ou escolheu o candidato a governador”, sustentou o representante da região de São Bento.

A bolsa de apostas está aberta. Quem dá mais?

Comentar

QUEM JÁ VIU? Com ajuda de vereador da Oposição, Câmara Municipal de Bayeux arquiva denúncia contra Berg Lima

Imagem da Internet

Difícil acreditar, mas é verdade. Quando a gente acha que já viu de tudo na política paraibana, aparece uma novidade em Bayeux, cidade sem sorte com prefeitos. A Câmara Municipal acaba de arquivar denúncia contra o prefeito afastado Berg Lima por prescrição. Nada demais, não fosse a “valorosa” ajuda do vereador Betinho da RS, da bancada de Oposição.

Relator da denúncia, Betinho da RS simplesmente “esqueceu” de apresentar parecer na Comissão Processante, que poderia resultar na cassação do mandato de Berg Lima, afastado após denúncia de recebimento de propina para liberar pagamentos a uma empresa prestadora de serviços durante sua gestão.

O prazo de quinze dias foi insuficiente para o vereador lembrar de apresentar o relatório, que ainda seria votado no âmbito da Comissão Processante. Ao presidente da Câmara Municipal, Jefferson Kita, não restou outra alternativa a não ser mandar arquivar a denúncia, como determina o Regimento Interno, encerrando o processo.

A denúncia pode ainda ser reapresentada, mas depende de decisão do autor. Será que alguém, em sã consciência, vai ainda acreditar na seriedade dessa tal Comissão Processante”? E nas intenções do vereador Betinho da RS?

E ainda tem gente que questiona as causas da falta de credibilidade na classe política.

Com informações clickpb

Comentar