Nelma Figueiredo não era só uma profissional competente; Era também uma grande figura humana

Imagem da Internet

Tive a honra de trabalhar com Nelma Figueiredo na TV O Norte, onde ela apresentava e eu fazia comentários políticos no telejornal noturno. Preocupada em fazer o melhor, Nelma demonstrava um “stress” além da conta antes de ir ao ar. Para ela, havia sempre uma possibilidade de superar a qualidade do produto, mesmo sem, muitas vezes, ter as condições estruturais necessárias.

Religiosa, minutos antes da apresentação do programa ela costumava rabiscar seu nome num papel e pedir a Deus que tudo desse certo. E quase sempre dava. Dentro das limitações técnicas, reconhecidas pelo próprio jornalista Marcondes Brito, então superintendente do Sistema O Norte de Comunicação na Paraíba.

Quando alguma coisa saia errada, a jornalista dava bronca até nela mesma, reação creditada muito mais à frustração de ver que nem tudo deu certo, do que ao seu modo de tratar as pessoas.

Além de competente profissional, Nelma Figueiredo era uma grande figura humana. Alegre, extrovertida, embora tratasse de maneira profissional pessoas com quem não tinha proximidade. Eu costumava brincar com ela pedindo para que deixasse de lado o nervosismo para não atrapalhar seu desempenho. Dizia ainda que ela estava sendo “muito bem paga” para isso. Era uma maneira de tentar ajudá-la e, ao mesmo tempo, superar o meu próprio “frio na barriga”, presente pouco antes do início de cada comentário.

Nelma apenas sorria e pedia para que eu parasse. Em seguida, entrava em cena e dava conta do recado.

Infelizmente, chegou sua hora. Deus a chamou, precocemente, porque a quer ao seu lado.

Conosco, ficarão saudades. Mas, um dia a gente se encontra.

Comentar

Falta de transparência e crime de improbidade administrativa levam prefeitos paraibanos ao “banco dos réus”

Imagem da Internet

Os prefeitos Maucélio Barbosa (PSB), de Serra da Raiz, no Agreste da Paraíba, e Adailma Fernandes (PTB), de São João do Tigre, no Cariri paraibano, se tornaram réus no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) pelos crimes de falta de transparência e improbidade administrativa. O desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, relator dos dois casos, acatou as denúncias feitas pelo Ministério Público contra os gestores na última quarta-feira (28).

Maucélio Barbosa está sendo investigado pela polícia do Ministério Público que apontou retardamento no fornecimento de dados técnicos indispensáveis à propositura de Ação Civil Pública, requisitados pelo Órgão Ministerial.

Já a prefeitra Adailma Fernandes, de Serra Raiz, foi denunciada por desvio de recursos públicos na ordem de R$ 8.546,02 por meio da contratação de uma empresa fantasma, conforme apuração feita em inquérito policial. De acordo com MP, as irregularidades consistiram no pagamento de valor superfaturado de material e mão de obra para ampliação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Nos dois processos, os prefeitos apresentaram defesa. Os representantes de Maucélio Barbosa afirmou absoluta ausência do elemento subjetivo do dolo e ausência de justa causa para o procedimento criminal. O relator do processo explicou que nesta fase do processo, de recebimento da denúncia, o dolo não entra no mérito.

Por sua vez, a defesa de Adailma Fernandes explicou que a denúncia é inepta, pois não especifica a conduta delituosa praticada, nem a data em que o suposto crime se consumou, deixando uma lacuna na veracidade dos fatos. O representante da prefeita também pediu a improcedência da denúncia, mas não foi atendido.

Com G1

Comentar

Manoel Júnior se filia ao PSC na próxima terça-feira e pode ser mais um candidato ao Governo do Estado

Imagem da Internet

O vice-prefeito de João Pessoa, Manel Júnior, marcou para a próxima terça-feira sua filiação ao PSC, do ex-deputado federal Marcondes Gadelha. A ficha de filiação deve ser abonada pelo presidente nacional do partido, Everaldo Dias Pereira, o “Pastor Everaldo”. O pré-candidato a presidente da República, Paulo Rabello de Castro, também deve marcar presença na solenidade de filiação.

Manoel Júnior deixou o MDB por divergências com o presidente do partido, senador José Maranhão, pré-candidato ao Governo do Estado. Júnior é aliado do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), adversário de Maranhão.

A filiação do PSC foi acertada semana passada, em Brasília, com a direção nacional. Manoel Júnior expôs as condições para entrada no partido e recebeu o sinal verde da cúpula nacional e estadual. Uma delas, que não pretende mais disputar mandato proporcional. Ele colocou seu nome à disposição para concorrer na majoritária, incluindo o Governo do Estado.

Comentar

Saída de secretários tira dois suplentes da Assembleia legislativa; Hervázio Bezerra também se prepara para deixar o mandato

Imagem da Internet

o Diário Oficial do Estado trouxe publicação das exonerações dos deputados Buba Germano e Adriano Galdino, ambos do Partido Socialista Brasileiro. O primeiro deixou a Secretaria de Desenvolvimento e o outro ocupava a pasta de Articulação Política do Governo do Estado. Buba e Galdino retomam seus mandatos, provocando mudanças na composição da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Os parlamentares do PSB foram convocados para a equipe de auxiliares do governador Ricardo Coutinho (PSB) visando o aproveitamento de suplentes. Com a saída, deixam a Casa de Epitácio Pessoa Raoni Mendes (DEM) e Arthu Cunha Lima Filho (PRP), retornando à suplência.

Outro suplente que se prepara para deixar a Assembleia Legislativa é Hervázio Bezerra. Até o próximo dia 7 de abril, o deputado Lindolfo Pires (PROS) deve se despedir da pasta do Turismo para reassumir o mandato em lugar suplente socialista.

Titulares ou suplentes, os seis políticos estão em plena campanha por vagas na próxima legislatura.

Comentar

PPS de Nonato Bandeira conquista importante liderança política do Sertão paraibano

O médico Érico Djan anunciou hoje pela manhã, através das redes sociais, sua filiação ao PPS para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, representando a região polarizada pelo município de Patos. A solenidade de filiação acontece na próxima segunda-feira, 2 de abril, na Associação Comercial daquele município.

Com forte atuação na região aonde atua profissionalmente, o médico também passou a ser reconhecido na área política, desde as últimas eleições, quando foi convencido pelo atual vice-prefeito Bonifácio Rocha (PPS) a apoiar o atual prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley (PSDB), sendo decisivo na reta final da campanha vitoriosa.

“Dia a dia estamos consolidando junto ao povo a viabilidade da nossa pré candidatura a deputado estadual, uma candidatura que cresceu em mim através de manifestações populares. Fui sondado por muitos partidos, estudamos minuciosamente cada projeto, decidimos optar pelo PPS (…)”, afirmou em nota o médico.

O presidente Estadual do PPS, Nonato Bandeira, confirmou sua presença na próxima segunda-feira na solenidade de filiação na cidade de Patos. “É com grande satisfação que recebemos a filiação de Dr Érico, pela sua seriedade e por representar neste momento a verdadeira renovação que a atividade política está precisando. Com o seu ingresso, passamos a contar com 22 candidatos definidos só no PPS, em uma coligação com seis legendas que vai apresentar 72 nomes e aonde certamente faremos de quatro a seis parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado”, afirmou Bandeira.

Abaixo, segue na íntegra a Nota divulgada hoje pelo médico:

“Dia a dia estamos consolidando junto ao povo a viabilidade da nossa pré candidatura a deputado estadual, uma candidatura que cresceu em mim através de manifestações populares. Fui sondado por muitos partidos, estudamos minuciosamente cada projeto, decidimos optar pelo PPS, a convite do seu presidente estadual Nonato Bandeira e do presidente municipal na cidade de Patos Bonifácio Rocha. Me senti confortável pela seriedade do projeto, convergindo com nosso pensamento e com o que dia a dia escutamos da população. Convido os amigos, a imprensa, a população da grande Patos para minha filiação ao PPS e o lançamento oficial da nossa pré candidatura próxima segunda-feira, na Associação Comercial de Patos, as 10h! Desde já agradeço.
Dr. Érico.”

Com Assessoria

Comentar

Tribunal de Contas manda ex-prefeito paraibano devolver mais de R$ 2 milhões aos cofres públicos

Imagem da Internet

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) determinou que a Prefeitura Municipal de Curral de Cima devolva em recursos próprios R$ 297.784,86 às contas do Fundeb. O montante foi aplicado indevidamente pelo ex-prefeito Nadir Fernandes de Farias. Além de reprovar as contas do ex-prefeito, a Corte de Contas aplicou multas que ultrapassam R$ 1,8 milhão referente a despesas não comprovadas.

A defesa da Prefeitura vai recorrer da decisão do TCE no que se refere a devolução de recursos ao Fundeb, para evitar mais esse prejuízo para a população.

O TCE enviou à Câmara Municipal de Curral de Cima parecer contrário à aprovação das contas de Nadir Fernandes de Farias, relativas ao exercício de 2016 devido a não aplicação do percentual mínimo de MDE e em ações de serviços de saúde pública, bem como tendo em vista a constatação de despesas não comprovadas.

Para o atual gestor da cidade, Totó Ribeiro, a gestão não tem como arcar com o prejuízo gerado pelo antigo prefeito. “Nós somos um município pequeno, sem muitos recursos. Venho trabalhando com minha equipe para colocar as coisas no lugar com a verba que temos atualmente. Além disso, o município vem sofrendo corte nos repasses”, explicou.

Desde quando assumiu o cargo de prefeito do município de Curral de Cima, imaginava os desafios que enfrentaria isso pelas condições em que encontrou o município. “Eu tomei posse no escuro, porque a energia do município havia sido cortada. Por aí se tem um ideia de como encontrei a cidade de Curral de Cima”, relembrou, acrescentando que até hoje procura pelos veículos da prefeitura e que este ano encontrou um ônibus que estava perdido.

Entre as irregularidades apontadas pelo TCE destacam-se a disponibilidade financeira não comprovada, no valor de R$ 2.694.714,11 e s ausência de recursos financeiros em conta corrente do Fundeb, no montante de R$ 1.483.237,29.

Com Ascom

Comentar

Ricardo Coutinho inaugura rodovia ligando o município de Boa Vista a Campina Grande

Imagem Reprodução Secom

O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta quarta-feira (28), a pavimentação da estrada PB-138, no trecho de Catolé de Boa Vista a Boa Vista, com 16 km de extensão. A obra liga Campina Grande ao Cariri e representa mais de R$ 13,7 milhões de investimento com recursos do Tesouro Estadual. Na oportunidade, o governador também fez a entrega do sistema de dessalinização que beneficia 74 famílias do Sítio Caluête, em Boa Vista.

A estrada beneficia, aproximadamente, 400 mil habitantes de Campina Grande e Boa Vista que, a partir de agora, tem uma rodovia segura e com infraestrutura adequada. Cerca de 700 veículos passam diariamente pelo local. O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, prefeitos, deputados estaduais, vereadores e lideranças da região estiveram presentes na solenidade.

Em seu pronunciamento, o governador Ricardo Coutinho comentou que a Paraíba, atualmente, tem uma das melhores malhas rodoviárias do país e que o Cariri mudou completamente com a chegada das estradas. “O Cariri vivia isolado, hoje com as estradas a vida do povo mudou para melhor. Esta estrada representa agilidade para uma ambulância que vai socorrer um paciente, significa mais rapidez para o escoamento da produção e significa mais qualidade de vida”, garantiu.

Para o chefe do Executivo Estadual, as estradas e a água são os dois pilares fundamentais para a promoção do desenvolvimento das cidades. “A estrada já entregamos para melhorar a mobilidade do povo e, em breve, Boa Vista será a primeira cidade a receber as águas vindas pela adutora TransParaíba, que é a transposição da transposição do rio São Francisco. Água e estrada são essenciais para a vida”, disse.

Na execução da obra foram feitos serviços como terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação asfáltica, sistema de drenagem para águas pluviais e subterrâneas, cercas de segurança da faixa de domínio, gramagem e sinalização. “A PB-138 com 16 km custou quase R$ 14 milhões e ficou uma obra da melhor qualidade. Praticamente toda semana, este Governo entrega ou autoriza uma estrada, um feito enorme que traz benefícios para todos os paraibanos”, observou o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Carlos Pereira.

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, afirmou que a obra é de grande importância, porque interliga Campina Grande ao Cariri, fazendo com que o trajeto de um local ao outro seja reduzido. “Caminhar por esta Paraíba é muito gratificante, porque podemos ver a felicidade do povo ao receber obras estruturantes como esta estrada. Por meio dela, a economia vai girar, Boa Vista vai receber mais produtos e se desenvolver ainda mais”, frisou.

“Este momento onde recebemos a estrada e um sistema de dessalinização de água merece ser festejado por toda a população”, reconheceu o prefeito de Boa Vista, André Gomes, que agradeceu ao Governo do Estado pelas ações e enfatizou a melhoria na qualidade de vida dos cidadãos do município e de todo Cariri após a construção das estradas na região.

O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo ressaltou a importância da obra e afirmou que 15 km a menos em um percurso significa muito para quem precisa chegar mais rápido a determinado destino. “Quem já precisou de atendimento médico em Campina Grande, sabe o quanto cada minuto é fundamental. Os estudantes que precisam ir para as universidades também entendem o quanto chegar mais rápido e com segurança nas outras cidades é importante. Essa estrada vai melhorar demais a vida dos moradores desta região”, frisou.

“Essa estrada vai aproximar ainda mais Boa Vista das grandes cidades. Hoje só temos a agradecer por esta obra que ficou maravilhosa, a pista está uma perfeição. Agora vai ser mais rápido para o povo ir ao Hospital de Campina Grande, por exemplo, isso é muito bom”, comentou a dona de casa Maria das Neves.

Sistemas de Dessalinização de água – O sistema de dessalinização entregue no Sítio Caluête, em Boa Vista, representa R$ 131 mil de investimento. Na Paraíba, 30 Sistemas estão operando, beneficiando mais de 3 mil famílias e 13 mil pessoas. Contando com os sistemas em obras, o investimento é de R$ 6,2 milhões. “Com este sistema de dessalinização a água é tratada e transformada em água potável, adequada para o consumo das famílias. Hoje os moradores do Sítio Caluête têm água boa à vontade”, observou o governador.

No momento, estão construídos/recuperados 41 sistemas, 13 em fase de conclusão e 18 iniciados. De acordo com o coordenador do Programa Água Doce na Paraíba, Robi Tabolka, o objetivo do Programa Água Doce é implantar e/ou recuperar um total de 93 sistemas de dessalinização, “levando água de qualidade para os moradores de comunidades por diversas regiões da Paraíba”.

Com Secom

Comentar

SESSÃO HISTÓRICA: TCE da Paraíba aprecia primeiro processo de prestação de contas de 2017

O Pleno do Tribunal de Contas da Paraíba se reuniu nesta quarta-feira (28), em sessão ordinária, sob a presidência do conselheiro André Carlo Torres Pontes, para julgar, de forma inédita, o primeiro processo de prestação de contas referente ao exercício de 2017, três meses após o final da gestão. Trata-se das contas do município de Mãe D’Água, na gestão do prefeito Francisco Cirino da Silva, julgadas regulares com a emissão de parecer favorável, resultado do Processo de Acompanhamento da Gestão, iniciado pelo TCE em janeiro do ano passado.

“Hoje é um dia histórico, que traduz o trabalho de todos, uma tradição do Tribunal de Contas da Paraíba, que sempre esteve na vanguarda, em busca do aprimoramento das prestações de contas com mais celeridade e transparência”, disse o conselheiro André Carlo Torres Pontes, ao anunciar o resultado do primeiro julgamento das contas de uma prefeitura municipal, já no início do exercício seguinte. O presidente lembrou ainda o momento impar na história no controle externo nacional.

As contas de Mãe D’Água foram aprovadas por unanimidade no Pleno da Corte. O conselheiro Arnóbio Viana enalteceu o êxito alcançado pelo TCE, que cumpre um papel importante na modernização do controle externo. Nominando Diniz enfatizou a responsabilidade da gestão, que manteve a continuidade do trabalho realizado no município e destacou que o acompanhamento da gestão consolida a eficiência do Tribunal de Contas no controle das contas públicas.

O conselheiro Fernando Rodrigues Catão lembrou o momento histórico e ressaltou a missão orientadora da Corte de Contas. Destacando os alertas expedidos durante o exercício, medidas que ensejaram correções sobre as falhas apontadas, evitando assim as ações punitivas. Mesmo entendimento também manifestado pelo conselheiro Marcos Antônio Costa. “Estamos ajudando a fazer a história do Tribunal e esse é um fato inédito em função da sociedade”, frisou. Também se posicionaram, destacando a celeridade processual, os conselheiros substitutos Antônio Gomes Vieira e Antônio Cláudio Santos.

O ineditismo do fato levou ao plenário da Corte, o conselheiro Fábio Nogueira, que se encontra afastado das atividades plenárias, em decorrência de sua ascensão à Presidência da Associação Nacional dos Tribunais de Contas do Brasil – Atricon, que na oportunidade, em nome da entidade, enalteceu a eficiência e a efetividade do TCE-PB, nesse momento histórico e significativo para o controle externo brasileiro. “Vamos difundir essa iniciativa. O TCE coloca à disposição da sociedade toda uma expertise nas ferramentas de controle externo” frisou ele.

O prefeito de Mãe D Água, Francisco Cirino, presente à sessão, enfatizou o processo de acompanhamento da gestão iniciado pelo Tribunal de Contas. Observou que os alertas emitidos durante o exercício foram fundamentais para a correção das irregularidades e falhas apontadas nos relatórios iniciais, reiterando que sua experiência na vida privada e o comprometimento com as recomendações do Tribunal foram fundamentais para o êxito da gestão.

O relator do processo foi o conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo, que enfatizou a receptividade do gestor em atender a todos os alertas do Tribunal, evidenciando o êxito do acompanhamento da gestão em tempo real. Também usou da palavra o auditor de contas públicas, José Pinheiro de Lima, destacando o esforço do corpo técnico do TCE, e a importância da decisão, que servirá de incentivo aos municípios em benefício da administração pública.

O Pleno apreciou ainda e decidiu pela emissão de parecer favorável e regularidade em relação às prestações de contas dos municípios de Santa Inês, Junco do Seridó e Frei Martinho, relativas ao exercício de 2015. Relativas 2016 foram aprovadas as contas de Duas Estradas, Santo André, São José do Bonfim, Junco do Seridó e Frei Martinho. O colegiado emitiu parecer contrário às contas de Umbuzeiro de 2014, destacando como principal irregularidade a diferença de saldo financeiro, que resultou num débito de R$ 34.222,15.

O órgão fiscalizador realizou a 2164ª sessão ordinária do Tribunal Pleno. Além do presidente, conselheiro André Carlo Torres Pontes, estiveram presentes na composição do quórum os conselheiros Arnóbio Alves Viana, Antônio Nominando Diniz, Fernando Rodrigues Catão e Marcos Antônio Costa. Também os conselheiros substitutos Antonio Gomes Vieira Filho, Antonio Cláudio Silva Santos e Oscar Mamede Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo procurador Manoel Antônio dos Santos Neto.

Com Ascom

Comentar

Justiça quebra sigilo da FPF e Amadeus Rodrigues promete entregar extratos bancários na próxima segunda-feira

Amadeus e Nosman foram eleitos na mesma chapa )Imagem da Internet)

O presidente da Federação Paraibana de Futebol “pegou em bomba”, expressão popular usada para definir uma pessoa em apuros. Amadeu Rodrigues trocou o tratamento meigo adotado durante o período em que era suplente de vereador pela “arrogância de comando”, herdada junto com o cargo antes ocupado por Rosilene Gomes. Achava o dirigente que jamais seria pego nem cobrado por suas ações, justificadas ou não. Mas, “deu com os burros n’água”.

O Ministério Público da Paraíba tem olhos e ouvidos aguçados. Não por acaso, apurou e descobriu fortes indícios de desvio de recursos na FPF, além de outros atos que apontam improbidade administrativa na gestão de Amadeu Rodrigues. Um deles, seria a apresentação de notas fiscais “ilusórias”, digamos assim.

Também, não por acaso, a juíza da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, Carla Mendes Nunes Galdino, já havia determinado a quebra de sigilo bancário da Federação, no início do mês.

Em entrevista ao portal Maispb, Amadeu disse que vai apresentar na próxima segunda-feira todos os extratos bancários referentes a operações efetuadas entre 2015 e 2017, para provar a licitude de sua gestão. O dirigente assegurou que “não tem problema” em atender a qualquer solicitação do Ministério Público e ainda tentou jogar a culpa pela situação em seu vice-presidente, Nosman Barreiro, a quem acusa de lhe “armar uma cilada”. Atitude estranha, já que o vice foi escolhido à dedo pelo próprio presidente, quando ainda almejava vencer à eleição.

Tomara que prove mesmo. É sua obrigação. Afinal de contas, Amadeu foi eleito prometendo adotar a transparência e honestidade que tanto cobrou de seus adversários. E, agora, se vê sendo cobrado pelo Ministério Público e pela Justiça. Talvez seja a hora também de calçar as “sandálias da humildade”, mesmo que não volte a ser o “cordeirinho” que despejava afagos nos eleitores quando precisava de votos para chegar à Câmara Municipal.

Com informações do maispb

Comentar

Vereador Marcus Vinicius deve receber título de Cidadão Paraibano e a medalha Epitácio Pessoa

Imagem da Internet

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Marcus Vinicius da Nóbrega (PSDB), deve receber duas homenagens da Assembleia Legislativa da Paraíba. A primeira refere-se a um título de Cidadão Paraibano, proposto pelo deputado Gervasio maia (PSB), presidente do Legislativo estadual. A outra é a Medalha Epitácio Pessoa, a mais alta comenda da Casa. Esta última foi proposta pelo deputado João Gonçalves (PDT).

Marcus Vinicius nasceu na Bahia, na cidade de Jequié, e exerce o seu quinto mandato na Câmara Municipal de João Pessoa. Formado em Direito, Vinicius foi um dos mais votados nas eleições de 2016, alcançando 5.052 sufrágios.

Sua atuação política lhe valeu, inclusive, convites para disputar um mandato de deputado estadual nas eleições de outubro, mas Marcus preferiu permanecer no Legislativo Municipal. O presidente Gervasio Maia fez questão de destacar a contribuição do vereador à Paraíba: “O histórico e a biografia de Marcus Vinicius merecem esse reconhecimento”, sustentou.

Com o prédio sede em reforma, a Assembleia Legislativa vem realizando suas sessões no plenário da Câmara Municipal, cedido por Marcus Vinicius.

Comentar