De família endinheirada, Bruno Cunha Lima quer registrar em cartório rejeição de fundo eleitoral para sua campanha

Imagem da Internet

Concordo com o deputado estadual Bruno Cunha Lima (Solidariedade). Gastar dinheiro público para custear eleição é desperdício. Os recursos milionários disponibilizados pelo Tesouro Nacional para o pleito de 2018, “em nome da democracia”, bem que poderiam ser investidos em Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura para minimizar os problemas que os brasileiros enfrentam.

Mas, o financiamento público faz parte das novas regras eleitorais aprovadas pelo Congresso Nacional, inclusive com apoio do partido de Bruno. O deputado pode discordar e até rejeitar o dinheiro que lhe caberia para a campanha, mas fazer disso um “cavalo de batalha” não é aconselhável.

A rejeição do dinheiro público é louvável, do ponto de vista ideológico, mas, perde a força enquanto bandeira de campanha por ser o deputado, candidato a uma vaga na Câmara Federal, integrante de uma família abastada, que não precisa de recursos públicos para elegê-lo.

Será que Bruno, se fosse de uma família pobre, humilde, abriria mão desse dinheiro?

Perguntar não ofende, como diria o colega Paulo Santos.

Comentar

SEGUNDO TURNO: Carlos Mangueira prevê nacionalização da campanha e prega Maranhåo no palanque de Bolsonaro

Imagem da Internet

Um dos principais articuladores do MDB ma Paraíba, o ex-prefeito de João Pessoa, Carlos Mangueira, prevê uma espécie de “batalha macionalizada” no segundo turno, caso se confirmem as projeções das últimas pesquisas eleitorais.

De um lado, o candidato do governador Ricardo Coutinho, Joäo Azevedo, e o “enviado” do ex-presidente Lula, Fermamdo Haddad. Do outro, o candidato do MDB, José Maranhão, e Jair Nolsonaro.

Mangueira não tem dúvidas de que a campanha será nacionalizada, devido ao nível se acirramento a que chegou, no âmbito da sucessão presidencial, e que deve chegar, no caso da sucessão estadual na Paraîba.

E defende abertamente que Maranhão abrace o quanto antes a “onda” Bolsonaro, mesmo sabendo do histórico do ex-governador, que lutou contra a ditadura molitar e chegou a ser cassado.

“Será a batalha decisiva entre Direita e Esquerda e Maranhão tem que estar atento a isso. Antigamente, ninguém falava que era de Direita. Hoje, há um sentimento nacional anti-Esquerda, uma Esquerda que quebrou o Brasil”, justificou Mangueira.

O ex-prefeito não tem dûvidas de que Bolsonaro levará a melhor nesse tira-teima e que Maranho será eleito novamente governador da Paraíba.

“Esse clamor popular em favor de Bolsonaro é um movimento nunca visto antes no País, talvez só comparável às ‘Diretas Já’. É um processo de mudança irreversível”, avalia Carlos Mangueira.

Ricardo e Azevedo já assumiram projeto de Haddad. Só falta Maranhão decidir.

Comentar

Único prefeito do PT e vereador do PSB de Araruna rompem com João Azevedo e aderem a José Maranhão

Presidente da Câmara de Araruna agora está com Zé. Maranhão

A tão propalada unidade do PT da Paraíba foi por água abaixo. Nesta terça-feira (18), o único prefeito petista no Estado abandonou o barco do candidato João Azevedo, do PSB, e passou de “mala e cuia” para o palanque do senador José Maranhão, candidato do MDB.

Olivânio Remígio era vereador e se elegeu prefeito de Picuí, no Curimataú paraibano, em 2016 derrotando o esquema político do atual deputado e ex-prefeito, Buba Germano (PSB), que disputa a reeleição para a Assembleia Legislativa da Paraíba.

No “embalo” das pesquisas, que o colocam na liderança nas intenções de voto para o Governo do Estado, Maranhão recebeu também a adesão do presidente da Câmara Municipal de Araruna, Adailson Bernardo.

O apoio tem um “gostinho especial” para o senador emedebista porque o vereador pertence ao PSB, do governador Ricardo Coutinho e João Azevedo, e atua politicamente em sua terra natal.

Adailson foi eleito na coligação do atual prefeito, Vital Costa, adversário de Maranhão, mas rompeu com o gestor antes mesmo da posse.

Comentar

SEM NOMES: Deputado do PT denuncia que crime organizado financia campanhas eleitorais na Paraíba

Imagem da Internet

O deputado federal Luiz Couto é afeito à polêmicas. Agora, como candidato ao Senado então, nem se fala. Nesta terça-feira (18) o petista exercitou novamente esse “atributo”. Em entrevista ao programa radiofônico Arapuan Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, Couto disse com todas as letras que “o crime organizado financia campanhas eleitorais na Paraíba”.

Uma denúncia séria, que coloca em xeque o processo eleitoral no Estado. Aliás, o deputado deixou claro que essa “convivência amigável”, digamos assim, entre bandidos e políticos não é privilégio da Paraíba e se expande pelo Brasil a fora. “É preciso retirar o crime organizado da política paraibana e da política brasileira. Ou seja, eles perceberam que ali há um espaço onde eles se escondem para continuar fazendo a ação”, sustentou Couto.

Ainda de acordo com o candidato do PT, o crime organizado já funcionou como “poder paralelo”, mas hoje está impregnado na política brasileira e, por conseguinte, na paraibana. Como solução, Couto aponta “profundas reformas” para eliminar a bandidagem da atividade política. “Ou fazemos isso ou o Brasil ficará igual à Colômbia”, alertou, lembrando o domínio de narcotraficantes e milicianos na terra de Pablo Escobar.

Em nenhum dos casos, o deputado citou nomes, mas deu dicas para se chegar aos supostos envolvidos. “Existem organizações criminosas financiando campanhas eleitorais de parlamentares e pessoas envolvidas na política”.

Não fosse esse anonimato, certamente as declarações provocariam um verdadeiro “tsunami” nas eleições de outubro. Sem dar “nome aos bois”, fica a impressão de que o parlamentar só quer “tirar onda” por conta da campanha ao Senado Federal.

Comentar

Prefeito Luciano Cartaxo é atropelado por motocicleta durante carreata de campanha do irmão

Imagem da Internet

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) foi atropelado por uma motocicleta na noite desta terça-feira (18), durante carreata de campanha do irmão, Lucélio cartaxo (PV), candidato ao Governo do Estado pela coligação “Força da Esperança”.

O acidente aconteceu no bairro dos Funcionários II, em João Pessoa. Segundo informações, Cartaxo foi atingido por uma motocicleta quando desceu para falar com algumas pessoas na rua, durante a carreata. O acidente aconteceu já no término da atividade política.

Em nota, a assessoria do prefeito informou que ele passa bem.

Veja abaixo a nota:

NOTA

Prefeito de João Pessoa passa bem depois de acidente

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, passa bem depois de sofrer acidente, no início da noite desta terça-feira (18), enquanto participativa de uma atividade de campanha no bairro Funcionários III, na Capital paraibana. Atingido por uma motocicleta, o prefeito recebeu atendimento médico no local e seguiu para casa, tendo sofrido apenas escoriações.

Comentar

Ex-deputado Monaci Marques admite apoiar candidato da Oposição para enfrentar Sérgio Garcia em Vista Serrana

Imagem da Internet

O ex-deputado Monaci Marques (PRTB) admitiu apoiar um candidato de Oposição para enfrentar o atual prefeito de Vista Serrana, Sérgio Garcia (MDB), que deve concorrer à reeleição. Monaci, que desistiu de disputar vaga na Assembleia Legislativa, disse que vai reunir seu grupo político para definir as ações visando as eleições de 2020 em sua terra natal. O encontro deve ocorrer após as eleições estaduais.

“Naturalmente, na hora exata vamos reunir todos os nossos aliados para discutir as eleições municipais de 2020, seja lançando candidato próprio ou se compondo com algum grupo”, afirmou Marques, em entrevista à Rádio Liberdade FM, de Pombal.

Mesmo sem citar nomes, Monaci acabou criticando, embora de forma discreta, a atual administração municipal. Segundo ele, a composição com outros grupos políticos deve ocorrer “para que Vista Serrana possa progredir e que os gestores que se elejam em 2010 possam dar o melhor de si para o município e para o nosso povo”.

É a primeira vez, em mais de 30 anos, que a família Marques admite não disputar a Prefeitura de Vista Serrana com candidatura própria. Além de Monaci, sua mãe, a ex-deputada Socorro Marques, e outros parentes administraram a cidade durante 26 anos. Mas, o grupo já acumula três derrotas consecutivas, a partir de 2008, insistindo em colocar candidaturas familiares.

Comentar

Pollyanna Dutra vence batalha no TRE; Agora, resta a das urnas

Imagem da Internet

A ex-prefeita Pollyanna Dutra venceu a batalha que travava no âmbito da Justiça Eleitoral. O TRE da Paraíba rejeitou pedido do Ministério Público Eleitoral para impugnar sua candidatura a deputada estadual.

Agora, resta a Pollyana a batalha das urnas. Mesmo sendo a mais difícil, a ex-gestora de Pombal garante que está pronta para enfrentar e vencer.

Com a ajuda dos conterrâneos sertanejos.

Comentar

Daniella mira “incoerência” de Veneziano: “Dá vergonha essa mudança de discurso”

Imagem da Internet

A deputada Daniella Ribeiro decidou “ir com tudo” pra cima do deputado Veneziano Vital, durante debate de candidatos ao Senado promovido pela TV Master, nesta segunda-feira (16).

Daniella criticou a “incoerência” do candidato do PSB, que antes criticava e agora só elogia o govermador Ricardo Coutinho. “Dá vergonha ver esssa mudança dele (Veneziano) só para ser o candidato do governador”, disparou.

É a briga por uma das vagas do senador.

Comentar

José Aldemir abre Semana Nacional do Trânsito em Cajazeiras

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir abriu, oficialmente, a Semana Nacional do Trânsito na manhã desta terça-feira (18), em solenidade realizada no Teatro Íracles Pires, com as presenças de diversas autoridades, a exemplo do superintendente da Sctrans, João Vítor, representantes do 6° BPM, 5° BPtran, PRF, além de outras entidades.

Em sua fala, O prefeito destacou a importância da educação no trânsito. Lembrou que a Sctrans implantou uma sala de aula dentro da própria superintendência. “O fator primordial no trânsito é a educação e nossa gestão tem se pautado para isso, incentivando os jovens e a população em geral a terem consciência do papel de cada um para evitar acidentes e para que a mobilidade urbana seja respeitada”, enfatizou.

Com o tema “Beber e dirigir mata! Respeite as regras do Trânsito”, o objetivo da campanha é conscientizar pedestres, ciclistas e motoristas quanto à necessidade de seguir e respeitas as regras no dia a dia. Segundo João Vítor, a programação se estenderá até o dia 25 de setembro com palestras, divulgação, panfletagem, passeio ciclístico e apresentações culturais.

Após a solenidade, foi realizada uma palestra do Capitão Mathias, comandante da Companhia de Trânsito, com o tema “Beber e dirigir mata!”.

Comentar

Deputado sugere “mais empenho” do bloco governista e prevê crescimento da campanha de Azevedo

Imagem da Internet

O deputado estadual Inácio Falcão (PC do B) sugeriu, nesta terça-feira (18), “mais empenho” do bloco governista em favor da campanha de João Azevedo, candidato ao Governo do Estado pelo PSB.

Falcão disse que o nome de Azevedo vem crescendo na preferência do eleitorado paraibano, de acordo com as pesquisas eleitorais, e tende ampliar esse crescimento se os aliados, principalmente as lideranças maiores,

“Estamos todos com o bloco na rua, visitando as bases e pedindo votos. Agora, na hora que houver mais empenho ainda, com o governador participando de todas as atividades como nosso maior eleitor, tenhp certeza que a campanha de Joâo tamará outro rumo. E digo mais: João serà nosso futuro governador”, sustentou Falcão, que disputa a reeleiçåo.

Comentar