SUCESSÃO EM PATOS: Desgaste de Nabor pode prejudicar campanha de Francisca Mota

A deputada Francisca Mota (PMDB) anda prá lá de animada com sua campanha em Patos. Mas, sabe que a situação poderia ser mais confortável, não fosse o evidente desgaste da administração do atual prefeito, Nabor Wanderley, ex-genro e principal avalista de sua candidatura. Dez entre dez eleitores da peemedebista pensam assim. Basta ouvir populares no centro ou na periferia da cidade. A conclusão é a mesma.

A disputa palmo a palmo com o candidato do DEM, Dinaldinho Wanderley, deixa ainda mais preocupados os aliados de Francisca Mota. Nabor Wanderley fez um bom primeiro governo, mas teve muito trabalho para se reeleger e sua segunda gestão foi criticada até por familiares. Tanto que o grupo teve que recorrer à deputada Francisca Mota, que tem como certa a reeleição para mais um mandato em 2014, mas aceitou “o sacrifício” de concorrer à prefeitura para tentar manter sua principal base eleitoral.

Com uma candidata aparentemente forte, o prefeito conseguiu atrair o PT e formar uma chapa competitiva. Não fosse a presença de Francisca Mota, dificilmente isso ocorreria. Além das dificuldades para formar a chapa majoritária, Nabor Wanderley perdeu aliados importantes, como a família Sátiro que esperava ser contemplada com a vaga de vice. Essas perdas acabaram influenciando na decisão de outras lideranças que poderiam estar no palanque do PMDB e acabaram optando pela oposição.

Pego pela Lei da Ficha Limpa, o ex-prefeito Dinaldo Wanderley perdeu o mandato de deputado e a chance de voltar a comandar as forças oposicionistas em Patos. Seria um candidato bem mais forte que o filho, ainda engatinhando na política. Mesmo assim, Dinaldo auxilia o herdeiro 24 horas por dia em visitas e outras atividades de campanha. A “dobradinha” tem agradado aos eleitores, na mesma proporção que cresce a insatisfação com a ausência de ações concretas da atual gestão municipal para resolver os principais problemas da cidade.

Prefeito Nabor Wanderley pode prejudicar campanha do PMDB em Patos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor