Acusados de assassinar o corretor de imóveis Cláudio Arruda devem ser julgados nesta quinta-feira

Arruda foi morto à tiros

Será realizado nesta quinta-feira(15), às 9:00hs da manhã no 2º Tribunal do Júri em João Pessoa, o julgamento dos acusados de assassinar o empresário e corretor de imóveis Cláudio Cavalcanti de Arruda.

Relembre o caso:

O crime aconteceu em 25 de janeiro de 2016 por por volta das 13hs no bairro do rangel em João Pessoa e chocou a população da Paraíba.

Moisés Machado Cordeiro, Igor de Mesquita Dalia, Jailton Gomes dos Santos e Djalma Martins do Nascimento são acusados de planejar e matar por motivo fútil Claudio Arruda. Apenas dois deles, Igor de Mesquita Dalia e Moisés Machado Cordeiro estão aguardando o julgamento. Segundo um dos acusados e autor dos disparos Igor de Mesquita Dalia, o mandante do crime foi Moisés Machado Cordeiro, conhecido popularmente como Moisés Bicicleta, que planejou eliminar Claudio Arruda para não pagar uma dívida que tinha com o mesmo. Sendo assim, matando Claudio covardemente, estaria livre de cumprir com a sua obrigação com a vítima.

Moisés articulou tudo friamente antes do crime, atraindo Claudio Arruda até o seu estabelecimento que foi recebido com sete disparos de arma de fogo sem lhe dar chances de defesa.

A Família de Claudio Cavalcanti de Arruda clama por justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor