Agra “arma” tropa e busca aliados de Ricardo para disputar convenção

A posição da direção nacional claramente favorável à candidatura de Estelizabel Bezerra parece não incomodar o prefeito Luciano Agra que começou a buscar reforços para sua tropa de choque visando o embate final na convenção do PSB, onde pretende bater chapa com a escolhida de Ricardo Coutinho. Ainda na noite de quinta-feira, após ter sido praticamente abandonado pelos principais dirigentes do partido, Agra deu início a uma mobilização buscando atrair aliados da base do governador ao seu projeto.

Um dos alvos teria sido o PSL, do deputado Tião Gomes, convidado a ocupar uma secretaria na gestão do prefeito. O convite teria sido rejeitado. O PDT, de Damião Feliciano, também estaria na mira de Agra, mas o deputado deixou claro que está fechado com a candidatura Estelisabel. Até o irmão do governador, Coriolano Coutinho, o parlamentar empregou em seu gabinete, em Brasília, para mostrar seu alinhamento ao Palácio da Redenção.

O PPS, de Nonato Bandeira, é hoje bem mais que um aliado do prefeito. O grupo ricardista suspeita até que os dois – Agra e Bandeira – teriam um acordo de apoio mútuo, selado após a desistência do prefeito de disputar a reeleição. Pelo acordo, Nonato empunharia, mesmo que de forma discreta, a bandeira do “Volta Agra” até o fim do processo, ou seja, a convenção do próximo dia 10, quando será homologado o candidato do PSB.

Na hipótese de derrota na convenção, o prefeito votaria no pré-candidato do PPS. Com ou sem acordo, Agra joga suas últimas fichas para voltar a ser candidato. Até agora, só conseguiu se distanciar ainda mais do governador Ricardo Coutinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor