Câmara Municipal promove audiência pública para debater medidas contra tráfico de drogas em João Pessoa

Imagem da Internet

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) retorna, nesta segunda-feira (31), os trabalhos legislativos da Casa, após o recesso parlamentar. As sessões ordinárias acontecem nas terças, quartas e quintas-feiras, às 9h30. O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e secretários da gestão deverão participar da sessão da terça-feira (1º).

Nesta semana, ainda serão discutidos o desaparecimento de pessoas no Estado e a política de atenção básica de saúde na Capital, além de ser comemorado os 40 anos da Academia Paraibana de Letras Jurídicas. Os eventos acontecem no Plenário Senador Humberto Lucena.

Já nesta segunda-feira (31), às 9h, acontece uma audiência pública para debater o enfrentamento ao tráfico e o desaparecimento de pessoas na Paraíba. De autoria da presidenta da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, vereadora Sandra Marrocos (PSB), o evento foi uma solicitação do Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico e Desaparecimento de Pessoas da Paraíba (CETDP/PB) para o debate de ações de prevenção a essa forma de violação aos direitos humanos.

Na quarta-feira (2), às 15h, o vereador Lucas de Brito (PSL/Livres) comanda a sessão especial de comemoração dos 40 anos da Academia Paraibana de Letras Jurídicas (APL). Na ocasião, também será comemorado o centenário de nascimento do fundador da instituição, professor Afonso Pereira da Silva.

A política de atenção básica de saúde em João Pessoa será debatida na quinta-feira (3) em audiência pública que acontece às 15h. Segundo o autor da proposição, vereador Marcos Henriques (PT), o debate pretende: “reunir profissionais, especialistas e usuários na perspectiva de discutir os melhores caminhos para ressegurar serviços de qualidade à população”, justificou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor