Cansado de ser coadjuvante, DEM quer voltar a brilhar entre as estrelas da política paraibana

O DEM sempre foi considerado estrela no cenário político paraibano. Seus antecessores (PFL e PDS) já tiveram governadores, senadores, vice-governadores e deputados. Nunca foi um partido alheio ao poder. No primeiro mandato do presidente Lula, o líder da minoria no Congresso Nacional era um parlamentar do DEM da Paraíba, o ex-senador Efraim Morais.

É com essa filosofia e bagagem que o DEM quer voltar a integrar o primeiro time da política paraibana. Com o resultado das eleições municipais de 2012, comemorado com justiça, o partido democrata pretende reivindicar vaga na chapa majoritária que deverá ser encabeçada pelo governador Ricardo Coutinho em 2014.

O clamor nesse sentido começa no Sertão, mais precisamente do Vale do Sabugy, terra natal do ex-senador e do atual deputado federal Efraim Filho, seu herdeiro político. O primo Ademir Morais, prefeito reeleito da maior cidade da região, Santa Luzia, emgrossa o coro em favor da candidatura de Efraim amparado num pedido de socorro em nome dos milhares de sertanejos que padecem perante os efeitos da seca.

Na Capital, o DEM também conta com a voz aguerrida do vereador Bosquinho, que deve liderar a bancada do partido na Câmara Municipal. Suplente na atual legislatura, Bosquinho acha que o DEM deve ampliar seus espaços, inclusive para disputar as eleições de 2014, evitando a dependência de outros partidos para assumir mandatos e defender suas bandeiras. “Em 2014, vamos ocupar todos os espaços e fazer valer a nossa força”, prevê.

Pelas declarações, já dá para imaginar um DEM mais aguerrido e menos dependente nas eleições que se aproximam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor