Cartaxo sugere saída de emedebistas e Maranhão reage com ironia: “Agora que ele está eleito, encheu a barriga, pode cuspir no prato que comeu”

Imagem da Internet

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e o senador José Maranhão (MDB) trocaram farpas nesta segunda-feira por causa da permanência de emedebistas na gestão municipal. Maranhão já colocou os cargos à disposição, mas Cartaxo se recusa a demitir alegando que a responsabilidade é de quem pediu a nomeação. “Quem não estiver gostando da gestão que peça para sair”, disparou Cartaxo.

Maranhão não gostou do tom do discurso do prefeito e recorreu à ironia para rebater o ex-aliado: “Ele já está eleito, agora pode cuspir no prato que o alimentou, já encheu a barriga, já é prefeito de João Pessoa, agora pode cuspir no prato”, afirmou Maranhão, em resposta a Cartaxo.

Cartaxo continua cobrando a definição do nome das oposições para facilitar entendimento com outros partidos, mas MDB e PSDB (Maranhão e Cássio) querem empurrar a decisão para abril, prazo final para desincompatibilização nos pretensos candidatos. O impasse levou o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, a convocar reunião do diretório municipal do MDB para quarta-feira próxima. Aliado de Cartaxo, Júnior quer aprovar uma moção de apoio ao prefeito, ignorando a pré-candidatura do presidente do partido na Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor