Com apoio do senador José Maranhão, Denocs consegue verba para garantir segurança de barragens

O tema barragens é muito delicado, e não pode ter erros. A quadra chuvosa se aproxima e o senador Maranhão, atento, junto com o DNOCS estadual, solicitou e conseguiu junto a ANA (Agencia Nacional das Águas) recursos para reparos de segurança em diversas barragens do estado, na ordem de R$ 970.000,00, garantindo os consertos de conformidade como o que diz a Lei de Segurança de Barragens.

A conquista do mandato do senador, atendida pelo governo federal, é fruto do trabalho de manutenção preventiva do DNOCS que em suas inspeções técnicas determinaram medidas corretivas em caráter de urgência. Sendo estas as barragens atendidas:

Jatobá l – Patos/PB

Jatobá ll- Princesa Isabel

Soledade- Soledade/PB

Serra Branca l- Serra Branca/PB

Sumé/PB

Riacho do Santo Antônio- Riacho do Santo Antônio/PB.

De pronto, o coordenador do DNOCS, Alberto Gomes, bem ao estilo do gestor Zé Maranhão, já está comandando as obras que estão em pleno vapor, fornecendo o detalhamento completo das mesmas, por cada barragem sob intervenção, vejamos:

1-Medidas de recuperação da barragem Jatobá l em Patos:

Coroamento; Regularização de subleito; Meio fio de pedra granita; Pavimento em paralelepípedo; Caiação em meio fio; Talude de montante; Corte de capoeira; Enrocamento de pedra; Talude Jusante ; Capina e Limpeza; Calha em concreto simples; Escavação carga e transporte; Compactação manual.

2-Medidas de recuperação da barragem Jatobá ll em Princesa Isabel:

Coroamento; Escavação e carga; Regularização de subleito; Limpeza de sarjeta; Caiação; Talude montante; Capina e limpeza; Sangradouro; Corte de capoeira; Serviços diversos; Placa de Obra; Aplicação de pintura manual com tinta latex duas demãos.

3- Medidas de recuperação da barragem de Soledade:

Coroamento; Capina e limpeza; Caiação em meio fio; Talude montante; Capina e limpeza manual; Demolição de piso de alta resistência; Embasamento com pedra.

4-Medidas de recuperação da barragem Serra Branca l:

Coroamento; Escavação carga e transporte; Regularização de subleito; Guia e sargeta de concreto; Caiação em duas demão nas guias; Talude de montante; Corte de capoeira; Embasamento com pedra; Talude Jusante; Capina e limpeza; Escavação e carga; Compactação manual.

5- Medidas de recuperação da barragem de Sumé:

Coroamento; Talude Jusante e montante; Capina e limpeza; Escavação de carga; Compactação manual; Regularização de talude; Limpeza de descida d‘agua calhas; Capina e limpeza manual; Sangradouro; Corte de capoeira; Calha em concreto simples; Placa de Obra; Aplicação manual de pintura com tinta latex; Alvenaria de pedra; Caição em duas demãos; pavimentação em paralelepípido.

6-Medidas de recuperação da barragem de Riacho do Santo Antônio:

Coroamento; Regularização de subleito; Guia e sarjeta conjugados de concreto; Caição em duas demãos; Embasamento com pedra argamassada; Sangradouro; Corte de capoeira fina a foice; Serviços diversos; Placa de Obra; Cerca com mourão de madeira roliça; Escavação vertical a céu incluindo carga e descarga de transporte; Talude Jusante; Talude montante; Capina e limpeza manual; Limpeza de descida d‘água; calha em concreto.

Vistoriando diretamente o local, praticamente acampado lá, o engenheiro Alberto Gomes reafirma: “As obras estão em pleno andamento e acontecerão em tempo hábil para atingir seus objetivos”. Esse é o jeito e o padrão de qualidade do MDB paraibano de fazer as coisas.

Com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor