Decisão do Tribunal de Contas do Estado obriga prefeito de Cabedelo a demitir esposa

Vitor Hugo terá que demitir esposa (Imagem da Internet}

Uma medida cautelar do Tribunal de Contas do Estado mandou demitir a esposa do prefeito Vitor Hugo, de Cabedelo. Daniella Ronconi foi nomeada pelo marido para o cargo de procuradora-geral do Município. O mimo familiar esbarrou em decisão do conselheiro substituto Antonio Cláudio Silva Santos, que deu prazo de 15 dias para o prefeito se explicar. O conselheiro quer saber porque Vitor Hugo escolheu logo a esposa para ocupar espaço tão privilegiado, num claro caso de nepotismo.

Se não apresentar defesa no prazo fixado, o prefeito estará sujeito à multa e outras penalidades.

A decisão serve de recado aos demais gestores. O TCE, segundo o presidente André Carlo Torres, continuará vigilante para evitar que o caso se repita, seja em Cabedelo ou em qualquer outra cidade paraibana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor