Deputado do PT acusa Cartaxo de “comprar” partido político com oferta de cargo na Prefeitura de João Pessoa

Imagem da Internet

Não chamem para o mesmo espaço o deputado Anísio Maia (PT) e o prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Anísio já foi o principal porta-voz do prefeito na Assembleia Legislativa, tendo inclusive um filho, de mesmo nome, indicado para uma secretaria adjunta na Prefeitura de João Pessoa. A “lua-de-mel” acabou quando Cartaxo trocou o PT pelo PSD, de Rômulo Gouveia. A partir daí, os dois viraram adversários.

E Anísio não tem poupado o ex-aliado. Nesta sexta-feira, o deputado comentou a entrega do PMN ao secretário Zenedh Bezerra, braço direito de Cartaxo. Segundo Anísio, o que houve foi uma “negociata”, onde o prefeito ofereceu cargo na gestão municipal em troca do comando do partido. “O PMN negociou a venda do comando da legenda para a base de apoio de Cartaxo, incluindo um cargo de secretária para a então presidente, Lídia Moura, passar o bastão ao secretário Zenedh Bezerra”, explicou.

O deputado do PT considera a mudança como mais um caso típico de “compra de partido” na Paraíba. “Se não é assim, então qual a explicação para isso? A palavra certa, em letras garrafais, é negociata”, sustentou.

Com a palavra, o Ministério Público e a Justiça Eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor