Deputado propõe redução de 50% no salário de políticos com mandato por três meses

Com o objetivo de reforçar as ações de saúde na prevenção e tratamento do coronavírus, o deputado federal da Paraíba Ruy Carneiro apresentou nesta segunda-feira projeto de decreto legislativo defendendo o corte de 50% nos salários de deputados federais e senadores durante três meses. E sugeriu que todas as demais casas parlamentares do Brasil façam o mesmo: Senado, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais.

Os recursos economizados se destinariam às ações de emergência para proteger a população da pandemia da COVID-19. Só com o corte no Congresso Nacional, nas remunerações de deputados e senadores, seria possível uma economia de cerca de R$ 30 milhões, mas esse valor chegaria um volume muito maior com a adoção dessa medida nos 5.570 municípios e nos parlamentos estaduais.

“O momento é de dar exemplos. Muitas trabalhadoras e trabalhadores tiveram ou terão perdas, inclusive com a suspensão dos contratos de trabalho instituída em Medida Provisória. Portanto, temos que dar exemplos também no parlamento e mesmo nos demais poderes”, defendeu Ruy.

“Com os recursos economizados dos salários de deputados, senadores e vereadores, podemos garantir o orçamento necessário para a compra, por exemplo, de respiradores, de equipamentos e materiais de proteção para médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde que estão na linha de frente desta guerra lutando bravamente em favor de toda a população”, defende Ruy.

“O momento exige de todos nós uma contribuição, um sacrifício, para que a população consiga superar da melhor maneira possível este período”, diz. A proposta já foi protocolada na Câmara dos Deputados com um pedido especial de urgência em sua tramitação e votação. “O Brasil tem pressa porque o vírus se propaga muito rapidamente e precisamos proteger a população, principalmente os grupos mais vulneráveis, como idoso e portadores de doenças crônicas”, acrescenta Ruy Carneiro.

Com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor