EFEITOS DA CALVÁRIO: Antes de ser demitido, Ivan Burity pede exoneração do cargo

Imagem da Internet

O secretário executivo do Turismo, Ivan Burity, pediu demissão do cargo pouco depois de ser preso pela Polícia Federal na quinta etapa da Operação Calvário.

A carta encaminhada ao governador João Azevedo, Burity alegou que precisaria e “tempo integral” para se defender das acusações que constam no inquérito policial.

Abaixo, o documento encaminhado ao governador:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor