EFEITOS DA CRISE: Prefeito do Sertão reduz o próprio salário e exonera 25% dos ocupantes de cargos comissionados

O prefeito da cidade de São José da Lagoa Tapada, no Sertão paraibano, Cláudio Antônio (Coloral), decretou nessa sexta-feira (29), a redução do próprio salário em 20% e outros cortes nos gastos do município.

A decisão é uma medida amarga, porém necessária mediante as consequências financeiras por quem passa o País, desequilibrando os municípios Brasileiros financeiramente, diz a consideração do Decreto.

Entre as medidas tomadas pelo prefeito Cláudio Antônio estão: limitações de empenho, e movimentação financeira de despesas e serviços, redução de cargos comissionados, mediante exoneração de pelo menos 25% dos atuais ocupantes, redução de 20% do pagamento do valor do subsidio do prefeito até o dia 31 de dezembro de 2017, redução de 20% das despesas de custeio da administração, além de serviços como: energia elétrica, comunicação, frotas de veículos leves e ônibus, abastecimento de água nos prédios públicos, e redução de 50% das horas extras, e outras medidas que estão inseridas no Decreto Administrativo, ficando as secretarias de finanças e administração e procuradoria responsáveis para cumprimento da meta estabelecida.

Com RadarSertanejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor