Eleitos com folga, Romero e Cartaxo comemoram resultado, mas conservam a humildade

Deu o esperado. Romero Rodrigues venceu em Campina Grande e Luciano Cartaxo em João Pessoa. O resultado confirma o prestígio eleitoral do senador Cássio Cunha Lima, na Rainha da Borborema, e a rebeldia do eleitor pessoense, que costuma pregar peças naqueles que pensam serem donos de votos, proprietários de currais eleitorais.

No dois casos, chamou atenção a diferença acachapante entre vitoriosos e derrotados. Em Campina, mais de 40 mil votos em favor de Romero Rodrigues. Na Capital, mais que o dobro desse número pró-Cartaxo. Ou seja, resultados incontestáveis.

Apesar do recado das urnas, os dois prefeitos eleitos agiram com humildade nas primeiras declarações após conclusão da apuração. Romero disse que, antes de criticar, prefere esperar para saber como receberá a Prefeitura de Campina Grande. Sabe, de antemão, que salários de servidores estão atrasados, bem como pagamento de fornecedores. Mesmo assim, decidiu esperar.

Cartaxo foi mais além. Estendeu a mão aos derrotados em busca de contribuições que possam ajudá-lo num plano de desenvolvimento abrangente para a Capital. Sabe o petista que muitas coisas terão que permanecer, já que teve o apoio do atual prefeito, Luciano Agra. Mas, está consciente também da necessidade de avançar em alguns setores para justificar a escolha do eleitorado pelo novo.

João Pessoa e Campina cobrarão as mudanças prometidas nos palanques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor