EM SANTA LUZIA: Vereador faz discurso “machista” e mulheres reagem com protestos nas ruas e redes sociais

O vereador e candidato à reeleição, Félix Júnior ( MDB), causou revolta da população feminina de Santa Luzia na última quinta-feira (15) quando numa live fez um discurso machista. 

No discurso, o vereador foi preconceituoso ao chamar uma mulher, que seria Dilma Morais, irmã do candidato a prefeito  do DEM, Ademir Morais, que está no terceiro casamento, de Dona Flor e Seus Vários Maridos, uma alusão à obra de Jorge Amado, escritor baiano que publicou o livro Dona Flor e Seus Dois Maridos. 

Félix Júnior disse na live que não seria horado para uma mulher ter mais de um casamento. A fala não foi bem recebida pelas mulheres da cidade. 

O discurso do vereador e candidato gerou uma onda de protestos nas ruas  e nas redes sociais, onde as mulheres de Santa Luzia, comentaram e repudiaram a fala desagradável e infeliz do parlamentar. 

Na sexta-feira, 16, de forma suprapartidária, várias mulheres de Santa Luzia também  saíram às  ruas, em numa manifestação ordeira e pacífica, repudiando o discurso do vereador. Na caminhada, todas as manifestantes usaram branco, portando cartazes e bradando frases de ordem como ;  “Lugar de mulher é onde ela quiser,”, “As mulheres de Santa Luzia pedem respeito” e , “Fora machistas.”.

A candidata a vice-prefeita pelo PT, Bruna Duda, repudiou a fala do candidato e escreveu'” um texto de apoio as mulheres de Santa Luzia. 

Vejaja abaixo,”

ElasporElas

Em um momento tão importante no qual estamos discutindo e debatendo as políticas públicas e os direitos dos Santaluzienses, não podemos aceitar falas e/ou ações discriminatórias, difamatórias contra nós mulheres, principalmente, quando tais atos, partem de autoridades, profissionais ou de quaisquer pessoas do povo e que isso de forma rotineira seja repetida vezes e mais vezes. A cada dia vemos homens, machistas, autoritários e que buscam intimidar as mulheres, coagi-las, deixando-as humilhadas, subservientes buscando nos calarem de todas as formas. Mas digo: nossa luta não é de hoje e não vão nos calar e nem parar. 

Precisamos sim, lutar cotidianamente pela igualdade de gênero, tratando todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não discriminação, buscando garantir a saúde, segurança e bem-estar, a todas as mulheres e homens, apoiando o empreendedorismo das mulheres promovendo o empoderamento das mesmas com igualdade de gênero e através de iniciativas voltadas à população no município e ao ativismo social.

Como Mulher, Mãe, negra, militante, petista, venho solidarizar-me com a Srª. Dilma Morais e com todas as companheiras mulheres lutadoras e de garra, independente de sua cor, religião, ideologia e/ou cores partidárias.

ESTAMOS JUNTAS E SOMOS MUITAS!

Manifestações nas redes sociais 

Nas redes sociais várias manifestações contra a fala do vereador do MDB de Santa Luzia, muitas mulheres usaram as suas páginas pessoais para manifestar posição contrária ao discurso machista do candidato e vereador. 

Homens também usaram as redes sociais para se manifestar de forma contrária ao discurso do vereador da cidade. 

Com Assessoria

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor