Ex-prefeito de Bom Jesus é multado e terá que devolver R$ 242 mil aos cofres públicos

Imagem da Internet

O ex-prefeito da cidade de Bom Jesus, no Sertão do Estado, foi condenado ao pagamento de multa e a ressarcir os cofres públicos por irregularidades em obras durante seu mandato. O processo contra o ex-prefeito Evandro Gonçalves de Brito foi julgado pela Comissão da Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no âmbito do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Foram detectadas irregularidades na construção do Posto de Saúde no Povoado de São José; nos Açudes no Sítio Escurinho dos Lucianos; no Sítio do Trapiá, no Sítio São Félix e no Sítio Escurinho dos Abel; além de uma Passagem Molhada no Sítio de São Félix.

Devido aos atos de improbidade administrativa e aos danos causados à coletividade, Evandro foi condenado ao ressarcimento do dano no valor de R$ 242.889,71. Ele também terá que pagar uma multa civil no valor de 30 vezes a remuneração mensal recebida quando era prefeito de Bom Jesus.

Além disso, o ex-prefeito teve seus direitos políticos suspensos por oito anos. Evandro também não poderá firmar contratos com o Poder Público e receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios, direta ou indiretamente pelo período de cinco anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor