Falando em nome dos governadores, Ricardo Coutinho cobra aes concretas para Nordeste, alm do dilogo

Dilma reunida com os governadores

O governador Ricardo Coutinho foi escolhido, mais uma vez, para ser o interlocutor do Nordeste durante entrevista coletiva concedida imprensa logo aps a reunio dos governadores dos 27 Estados brasileiros com a presidente Dilma Rousseff, nesta quinta-feira (30), no Palcio da Alvorada, em Braslia. O chefe do Executivo paraibano defendeu a governabilidade, mas cobrou do governo federal regras mais amenas e claras para a Regio.

Ricardo considerou o encontro um momento importante para a Repblica brasileira, principalmente pelos temas discutidos entre os 27 governadores e a presidente, a exemplo de equilbrio fiscal, governabilidade, segurana, acidentes de trnsito. So pautas essenciais, e tambm um tema como novas operaes de crdito, ou seja, recursos novos para investimento. Eu acho que isso faz avanar porque cooperao federativa essencial. O pas est vivendo turbulncias, instabilidade, que tem uma raiz muito forte na poltica e no interessa a ningum essa instabilidade, avaliou o chefe do executivo.

Ele ressaltou que os governadores [oposio e situao] expressaram presidente Dilma um compromisso com a estabilidade e tambm, dentro dessa proposta de corresponsabilidade, manifestaram o desejo de serem ouvidos antes de qualquer medida de impacto. O saldo positivo, eu penso que as operaes que a Paraba tem espera na Secretaria do Tesouro Nacional e no Ministrio da Fazenda, devero correr mais rpido agora porque essencial isso, porque fizemos nosso dever de casa e no podemos ficar prejudicados e ao mesmo tempo temos uma srie de outras intervenes que esto espera dessa autorizao do Ministrio da Fazenda, ressaltou.

A reunio

Durante a reunio com os governadores, a presidente Dilma Rousseff abordou temas como a estabilidade econmica e as dificuldades enfrentadas pelo Pas no campo da economia. A estabilidade econmica do Brasil muito importante e uma responsabilidade de todas as esferas, disse. Estamos fazendo uma travessia para levar o Brasil para um lugar melhor, ressaltou, lembrando a importncia das exportaes como um dos mecanismos para fortalecer a economia brasileira.

A presidente pediu a unio de todos os presentes pela recuperao da economia brasileira. Temos conscincia de que importante sempre estabelecer parcerias, cooperaes e enfrentar os problemas juntos. Achamos que estamos vivendo um perodo de transio para um novo ciclo de expanso que vai ser puxado pelo investimento e pelo aumento de produtividade. E, com isso, dar base para o crescimento do emprego, da renda e para a manuteno da nossa poltica de distribuio de renda, afirmou.

Outro aspecto destacado pela presidente Dilma Rousseff foi o fortalecimento do pacto federativo. A federao se passa nos estados e municpios. atravs da cooperao que vamos acelerar a travessia pela qual estamos passando, afirmou. A presidente pediu a cooperao dos governadores para a construo de um plano de investimentos em logstica para os prximos quatro anos.

Ainda na reunio, a presidente props um pacto nacional pela reduo dos homicdios no Pas. Segundo Dilma, essa proposta tem origem no fato de o Brasil ser hoje a nao com maior nmero absoluto de homicdios. A taxa nacional de homicdios 23,32 homicdios por 100 mil habitantes, quando o nmero aceitvel, segundo padres internacionais, at 10 por 100 mil habitantes. Por isso, propomos aqui nossa cooperao federativa, concentrando esforos Unio, estados, municpios e integrando o Judicirio para enfrentarmos o problema, conclamou.

Com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor