Gervasio e Manoel Júnior “quebram o gelo” e voltam a se falar após dois anos da briga no PMDB

Imagem da Internet

O presidente da Assembleia Legislativa, Gervasio Maia (PSB), e o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), voltaram a se falar após dois anos da briga no PMDB, que obrigou o primeiro a trocar de partido. Os dois conversaram por telefone no início da semana sobre uma liderança política do interior do Estado, ligada a Manoel, que estaria propensa a votar em Gervasio para deputado federal nas eleições de 2018.

Não houve ainda um encontro pessoal, mas o telefonema acabou “quebrando o gelo” que cercava a relação entre os dois desde a disputa pelo diretório municipal do PMDB em 2015, quando Gervasio deixou o partido denunciando o descumprimento de suposto acordo que previa o revezamento na presidência do partido. Manoel acabou reeleito para o cargo que ocupou até o ano passado, quando se elegeu vice-prefeito de João Pessoa.

Na época, o grupo comandado pelo senador José Maranhão, presidente do PMDB na Paraíba, e o próprio Manoel Júnior, desconfiava que Gervasio queria assumir o comando municipal para entregar o partido ao governador Ricardo Coutinho. O deputado negava e dizia que desejava disputar a sucessão municipal pela legenda peemedebista.

O final da história todos já conhecem. Gervasio acabou se filiando ao PSB, à convite de Ricardo, se afastando dos antigos correligionários.

A reaproximação entre as duas lideranças tende se consolidar durante até a campanha eleitoral do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor