Gervasio volta a se queixar que foi “traído”, defende aliança com PSB e adianta que não votará em Manoel Júnior para prefeito

 imagem da Internet

imagem da Internet

O deputado Gervasio Maia voltou a se queixar que teria sido “traído” pelo PMDB, fato que o afasta cada vez mais do partido comandado pelo senador José Maranhão. Maia também insistiu que o melhor caminho para os peemedebistas é uma aliança com o PSB, que lançou o secretário de Infraestrutura João Azevedo como pré-candidato a prefeito de João Pessoa. Mais que isso, o parlamentar deixou claro que não votará, em hipótese alguma, no deputado federal Manoel Júnior, a quem acusa de ser o principal responsável por sua situação atual dentro do PMDB.

Maia ainda duvida que o PMDB lance candidato a sucessão municipal na Capital, mas disse que, se isso ocorrer e o nome de Manoel Júnior for escolhido, não marchará com o partido. Gervasio sustenta que Manoel Júnior descumpriu acordo que lhe garantiria, num sistema de rodízio, a presidência do diretório de João Pessoa. O deputado federal foi reeleito presidente em chapa única.

Ainda de acordo com Gervasio, o PMDB corre um sério risco de isolamento na Capital se insistir com a candidatura de Manoel Júnior.

Com informações do Maispb

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor