Grupo dos “excluídos” pode se unir e criar “terceira via” política nas eleições da Paraíba

Imagem da Internet

Primeiro foi o PP, da família Ribeiro, que deixou de substituir Romero Rodrigues na Prefeitura de Campina Grande e ainda se viu fora das discussões e da chapa majoritária das oposições. Depois, foi a vez do senador José Maranhão, do MDB, reclamar publicamente pelas restrições que vem sofrendo só por ter se lançado pré-candidato ao Governo do Estado. Agora foi a vez do ex-senador Marcondes Gadelha, presidente do PSC, que sequer foi convidado para a reunião de ontem (quinta-feira, 12) à noite, em Brasília, para discutir a escolha do nome que disputará o Governo do Estado.

Além desses, tem ainda o caso do PR, do deputado federal Wellington Roberto, que “paquera” com a pré-candidatura de Maranhão e, ao mesmo tempo, admite manter a parceria que vem tocando com o Governo do Estado e apoiar João Azevedo.

Imagem da Internet

O time dos “excluídos” está crescendo e pode até contar com um reforço importante, oriundo da seara governista. A vice-governadora Lígia Feliciano e seu marido, deputado federal Damião Feliciano podem romper, em definitivo, com o governador Ricardo Coutinho depois de ser enxotada do jardim girassol. Ricardo, auxiliares seus e dirigentes do PSB acusam Lígia de “traição”, ao estar “formando um governo paralelo” antes mesmo do governador anunciar se deixaria ou não o cargo.

A soma dessas forças representa tudo que uma coligação pode exigir para um bom desempenho eleitoral: nomes para as chapas majoritária e proporcional, tempo de televisão para apresentação de propostas, estrutura de campanha e ainda oradores de primeira linha como Marcondes Gadelha, Raniery Paulino e Manoel Júnior, por exemplo. As principais lideranças do grupo já acna com a possibilidade de união, mas os entendimentos ainda nem começaram.

Tudo dependerá dos próximos acontecimntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor