Hervázio Bezerra rebate críticas da oposição sobre reajuste salarial dos servidores

Imagem da Internet

Imagem da Internet

O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, rebateu as críticas feitas pelo deputado Carlos Batinga (PSC) sobre os reajustes concedidos pelo governador Ricardo Coutinho que beneficiou 105.422 servidores públicos estaduais e que trarão um impacto de R$ 21 milhões na folha de pessoal.

A declaração do deputado oposicionista de que mais de 80% dos funcionários ficaram sem aumento, pois o índice linear de 5% teria superado a inflação de 5,91% acumulada no ano passado, foi veementemente rechaçada pelo líder do governo que demonstrou com números que os índices ficaram acima da inflação, até mesmo os 41.528 servidores que percebem o Salário Mínimo tiveram um reajuste de 6,78%. Hervázio Bezerra lembrou que 21.334 servidores da Segurança Pública (policiais militares, bombeiros, policiais civis e agentes penitenciários) tiveram reajustes de 10%. Os 3.098 servidores da Saúde foram agraciados com reajuste de 10% e os 27.124 servidores do Magistério tiveram os salários reajustados em 13,57%. “No total, 93.084 servidores (quase 90% da folha de pessoal) receberão aumento de 6,78% a 13,57%! Apenas 11% dos servidores públicos estaduais receberão 5% de aumento e esse índice é igual ao concedido pelo governo federal no ultimo ano”, esclarece o líder do Governo.

Hervázio Bezerra estranhou o fato de o deputado Carlos Batinga criticar o reajuste concedido pelo governador Ricardo Coutinho. “O nobre deputado esquece que os governos que ele serviu pagavam o salário mínimo e quando pagavam. Pesquisei nos Anais da Assembleia Legislativa para saber se o deputado Batinga havia feito algum pronunciamento durante os governos anteriores questionando os reajustes dados por eles e nada encontrei”, lembra o deputado.

O líder do governo lembrou também que nesse governo o acumulado da data base da Educação ficou entre 59% e 75%; Policiais militares e bombeiros tiveram 41% (coronel) a 63% (soldado); Polícia Civil – 46% (delegado) a 57% (agente); Agente Penitenciário 43% a 48%; Saúde teve de 14% a 23%; Servidores da Orquestra Sinfônica tiveram de 97% a 103%; Procuradores Estaduais de 24% a 48%; Auditores do Fisco de 20% a 72% e os profissionais de Comunicação receberam 24% de reajuste.

“O problema é que o deputado Carlos Batinga está enciumado com o montante de obras que o governo vem realizando em sua área de atuação, o Cariri, pois ele nunca conseguiu, junto aos governos que serviu, um metro de asfalto sequer para as estradas dos municípios que ele representa e que hoje trafega confortavelmente nas rodovias que construídas e recuperadas pelo governador Ricardo Coutinho”, finalizou Hervázio Bezerra.

Com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor