Jornal O Globo publica que PMDB estaria de olho no Ministrio das Cidades para Vitalzinho

vital filho

O PMDB nacional, que j colocou o nome do senador paraibano Vital do Rgo para o Ministrio do Integrao Nacional, est disposto a abrir mo dessa pasta para ficar com o Ministrio das Cidades, que ocupado hoje pelo PP tendo a frente o tambm paraibano Aguinaldo Ribeiro. A informao foi publicada pela verso online no Jornal O Globo neste final de semana. De acordo com O Globo, os dois ministrios esto entre os mais disputados devido sua capilaridade poltica, ou seja, potencial de render votos com obras e investimentos.

O jornal conta que Aguinaldo Ribeiro deve deixar a pasta para disputar o Governo da Paraba e, caso o PMDB o Ministrio das Cidades, Dilma deve compensar o PP com outro ministrio para manter a legenda na base pois tem a terceira maior bancada no Congresso Nacional aps ser unir ao PROS.

O PMDB j ocupa cinco ministrios mas, alega estar sub-representado por considerar as pastas fracas e tambm no est disposto a abrir mo de nenhuma delas caso receba a Integrao Nacional ou Cidades.

Leia o texto na ntegra

BRASLIA Embora j tenha colocado na mesa o nome do senador Vital do Rgo (PMDB-PB) para o Ministrio da Integrao Nacional, o PMDB aceita abrir mo dessa pasta, em troca do Ministrio das Cidades, ocupado atualmente pelo PP. Os dois ministrios esto entre os mais disputados, devido sua capilaridade poltica, ou seja, potencial de render votos com obras e investimentos.

Apesar do frisson entre os aliados com a reforma ministerial que ser feita entre meados de janeiro e o carnaval, a presidente Dilma Rousseff ainda no abriu negociao com os partidos. A presidente pretende aproveitar a sada de dez ministros que disputaro as eleies do ano que vem para amarrar apoios sua campanha de reeleio.

O desprendimento do PMDB em relao ao Ministrio da Integrao Nacional facilitaria a acomodao de Ciro Gomes (PROS). Ele ser recompensado por ter deixado o PSB que lanar a candidatura Presidncia da Repblica do governador de Pernambuco, Eduardo Campos para apoiar a reeleio de Dilma.

O PROS tenta emplacar Ciro no Ministrio da Sade, mas o PT e o atual titular da pasta, Alexandre Padilha, que disputar o governo de So Paulo, resistem. Eles trabalham pelo nome de Mozart Sales, atual secretrio de Gesto do Trabalho e da Educao na Sade do ministrio. Sales ficaria responsvel por dar continuidade ao programa Mais Mdicos, carro-chefe no s da campanha reeleio de Dilma como do prprio Padilha, que tenta esticar sua permanncia no cargo o mximo possvel, garantindo assim mais visibilidade na pr-campanha.

O PT tambm tenta emplacar o deputado Ricardo Berzoini (SP) na Secretaria de Relaes Institucionais, responsvel pela articulao poltica do governo. Hoje, essa secretaria, que tem status de ministrio, comandada pela petista Ideli Salvatti. Ainda que ela desista de disputar uma vaga no Senado por Santa Catarina, seu desempenho considerado ruim pelo prprio partido.

Ideli fechou o ano criando uma crise desnecessria com o PMDB, ao anunciar que Dilma vetaria, na Lei de Diretrizes Oramentrias, as regras do oramento impositivo, que torna obrigatrio o pagamento de uma parte das emendas parlamentares. Para amenizar a crise, a presidente se comprometeu a sancionar esse item. Berzoini tem dito que no pretende ir para a Esplanada dos Ministrios porque no abrir mo de disputar a reeleio para a Cmara. Dirigentes do PT, no entanto, minimizam a atitude do deputado, afirmando que ele diz isso porque ainda no recebeu um convite formal de Dilma para assumir a funo.

Apesar de o governo Dilma possuir 39 ministrios, o cobertor curto para acomodar todos os partidos aliados. Se, por exemplo, nomear Ciro na Integrao Nacional e o PMDB na pasta das Cidades, a presidente ter que compensar o PP. Atualmente, o Ministrio das Cidades comandado por Aguinaldo Ribeiro, que disputar o governo da Paraba.

Nas eleies de 2010, o PP ficou neutro, apesar de fazer parte do governo Lula. O partido ainda no garantiu apoio reeleio de Dilma, mesmo assim, quer manter a pasta das Cidades e ainda ocupar a da Integrao Nacional, j que se tornou a terceira maior bancada da Cmara, depois de formar um bloco com o PROS.

O PMDB, que ocupa cinco ministrios, mas passou os ltimos trs anos reclamando de estar sub-representado por consider-los fracos, agora no aceita abrir mo de nenhum deles, mesmo que receba as cobiadas pastas de Integrao Nacional ou Cidades, que sempre reivindicou. O partido reagiu mal quando foi levantada a possibilidade de ser desalojado do Ministrio do Turismo, um dos que eram desprezados pela sigla. O ministro do Turismo, Gasto Vieira, que do PMDB, deixar o cargo para disputar a reeleio para a Cmara.

Alm de ganhar Integrao Nacional ou Cidades, o PMDB ainda deve ganhar, de quebra, o Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio, atualmente comandado pelo petista Fernando Pimentel, que disputar o governo de Minas Gerais. Para o seu lugar est cotado Josu Gomes da Silva, filho do ex-vice presidente Jos Alencar e recm-filiado ao partido. Peemedebistas afirmam, no entanto, que Josu seria da cota do ex-presidente Lula, e no do partido. Mantega fica na Fazenda

Josu presidente da Coteminas e integra a diretoria da Federao das Indstrias do Estado de So Paulo (Fiesp). Ele seria uma pea importante para tentar resolver um dos principais problemas do governo Dilma: a m relao com o empresariado. O setor reclama de falta de dilogo e do intervencionismo por parte do governo federal.

No xadrez da reforma ministerial, as nicas definies at agora so a manuteno do ministro Guido Mantega na Fazenda e a ida de Aloizio Mercadante do Ministrio da Educao para o comando da Casa Civil. Havia dvida se Mercadante, em vez da Casa Civil, seria escolhido para coordenar a campanha reeleio de Dilma. A atual ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, reassumir seu mandato de senadora e disputar o governo do Paran.

O Globo

Comentrios
Nome
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor