Com medo da disputa nas urnas contra Marcus Odilon em Santa Rita, adversários preparam terreno para recorrer ao “tapetão”

Imagem da Internet

Imagem da Internet

Com quatro mandatos de prefeito de Santa Rita, um dos principais colégio eleitorais da Paraíba, Marcus Odilon está de volta ao cenário político da “Terra dos Canaviais”. Até pouco tempo, o ex-prefeito demonstrava pouco interesse em retornar ao processo eleitoral, mas bastou um “empurrãozinho” do presidente do PSC, Marcondes Gadelha, de quem já foi companheiro de chapa na disputa pelo Governo do Estado em 1986, para Odilon rever seus planos.

Gadelha lançou a pré-candidatura do ex-prefeito na certeza de ter um nome competitivo em Santa Rita. Odilon nunca perdeu uma eleição naquela cidade. nas quatro vezes que disputou a Prefeitura, venceu todas. Não poderia o presidente do PSC perder uma oportunidade dessas. É também uma chance para Odilon mostrar que continua ostentando o título de maior liderança política de Santa Rita.

Os adversários acusaram o “golpe”. Tanto que já começaram a espalhar que Marcus Odilon não pode ser candidato porque seria “ficha suja”, ou seja, teria condenação judicial por um colegiado e estaria inapto para o pleito de 2016. Após dar o sinal verde ao seu partido, Odilon reagiu com ironia, com o faz quase sempre, às investidas dos que não o querem ma disputa. “Só quem pode me julgar é Deus e o povo”, disparou.

No melhor estilo “Povo da Silva”, o ex-prefeito voltou “com todo gás”. Além do discurso sarcástico, Odilon conta ainda com muitas obras que deixou para mostrar em campanha. Um contraponto incontestável ao desastre da administração de Reginaldo Pereira.

Quanto ao curto período de Netinho de Várzea Nova no comando da cidade, não merece nem comentário.

O ex-prefeito de Santa Rita, Marcos Odilon (PSC), que acumula algumas condenações provenientes dos quatro mandatos de prefeito da cidade canavieira, por tanto, em tese estaria impedido de ser candidato por conta da Lei Complementar 135/2010 (Ficha Limpa), negou que seja ficha e declarou que somente Jesus Cristo é que pode lhe julgar. Odilon é pré-candidato a prefeito de Santa Rita em 2016 e participou de encontro do PSC na manhã de hoje com a presença do presidente nacional da legenda e candidato a presidente nas últimas eleições, pastor Everaldo Pereira.
Lançado pelo presidente do partido na Paraíba, ex-senador Marcondes Gadelha, como pré-candidato do partido a prefeito de Santa Rita, Marcos Odilon, desconversou sobre o assunto “penso que sim. É possível que sim. A gente nem sabe o dia de amanhã, mas se estiver neste planeta, possivelmente serei candidato”, declarou.
O ex-prefeito também evitou tecer maiores comentários sobre a administração de seu sucesso, Reginaldo Pereira, justificando que como sempre foi seu adversário seria suspeito para avaliar a gestão.
Perguntado se os processos que enfrenta pode impedir sua candidatura, Marcos Odilon, abusou de seu estilo sarcástico na resposta e indagou ao repórter. “O senhor é juiz? O senhor é promotor? Não tenho obstáculos. Companheiro velho de guerra, eu fui prefeito quatro vezes de Santa Rita e nunca me apropriei de um centavo da Prefeitura, então não tenho medo nenhum”.
Ele negou que tenha condenação e com isso seja “ficha suja” e cravou: “A única pessoa que pode me julgar é Nosso Senhor Jesus Cristo. Não existe nenhuma acusação sobre mim, se o senhor sabe de alguma acusação sobre mim, fale agora ou cale-se para sempre”.
Seguindo na linha religiosa, o lendário Marcos Odilon, lembrou que até Jesus Cristo foi condenado. “Processo por processo, até nosso Senhor Jesus Cristo, foi processado, julgado e condenado a pena mais rigorosa na época. O senhor quer ser mais rigoroso que Pôncio Pilatos”, finalizou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor