Mudança no comando do PROS na Paraíba barra filiação de três deputados

Lindolfo trabalhava filiações (Imagem da Internet)

A mudança de comando no PROS da Paraíba acabou barrando negociações para entrada de pelo menos três deputados estaduais. O deputado Lindolfo Pires, responsável pela indicação do ex-presidente Fábio Rodrigues, vinha articulando a filiação dos colegas Edmilson Soares, Branco Mendes e Antonio Mineral.

Os dois primeiros deixaram o Partido Ecológico Nacional (PEN), que passou a se chamar Patriotas, e Mineral aguarda apenas a abertura da “janela” partidária, prevista para março ou abril, para abandonar o PSDB.

Com a posse de André Amaral, pai do deputado federal de mesmo nome, na presidência do diretório estadual, patrocinada pela executiva nacional, os três parlamentares devem adiar a decisão para saber a postura política do novo comando.

Amaral, o filho, é aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB), a exemplo de Lindolfo e os outros três deputados estaduais. Mas, Amaral, o pai já avisou que o PROS não tem compromisso com nenhum grupo político, embora tenha elogiado o senador José Maranhão, presidente do PMDB e pré-candidato ao Governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor