OAB lana comit para combater “caixa dois” nas eleies municipais da Paraba

Comit caixa 2

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraba (OAB-PB) lanou, na manh desta quarta-feira (29), no auditrio da Instituio, o Comit contra o Caixa 2 nas eleies municipais deste ano na Paraba, dentro da Campanha deflagrada pela OAB Nacional, Conferncia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Movimento de Combate Corrupo Eleitoral (MCCE).

O evento foi comandado pelo presidente da OAB-PB, Paulo Maia, e contou com a presena do procurador regional eleitoral, Joo Bernardo da Silva; do secretrio geral da OAB-PB, Assis Almeida; dos conselheiros federais da OAB, Marina Gadelha e Alfredo Rangel; do vice-presidente da Comisso Eleitoral, Israel Remora; do presidente da comisso de tica, Luciano Pereira; do presidente da comisso de Combate ao Nepotismo, Claudio Toledo; do desembargador Jos de Brito, alm de diversos outros advogados e autoridades.

Na oportunidade, foi apresentado o hotsite do comit, disponvel no site da OAB-PB (www.oabpb.org.br), que servir para receber denncias contra o caixa 2. Alm do canal virtual, a OAB-PB tambm ir instalar comits fsicos, o primeiro ser na prpria sede da Instituio, localizada na rua Rodrigues de Aquino, 37, Centro de Joo Pessoa.

“O objetivo instalar comits em todos os municpios para fiscalizar, conscientizar e receber denncias de cidados sobre irregularidades no financiamento de campanhas para prefeito e vereador, como as voltadas s eleies que sero realizadas nas eleies deste ano”, explicou Paulo Maia.

A partir de hoje este comit se instalar aqui em Joo pessoa e tambm em cada uma das oito cidades que possuem uma subseo da OAB. A partir da, esperamos a aglutinao das entidades da sociedade civil para que possam replicar e multiplicar esses comits nas cidades, parquias, igrejas, ou em qualquer outro local onde haja pessoas que queiram fazer esse espao de recepo das denncias de crimes eleitorais, acrescentou.

Paulo Maia acrescentou que as denncias sero apuradas e transmitidas ao Ministrio Pblico Eleitoral.

O presidente declarou tambm que os membros do comit esto capacitados para avaliar se os indcios so suficientes para desencadear uma investigao e municiar o Ministrio Pblico Eleitoral, para que tome as devidas providncias.

importante saber que o comit no ir se esvair apenas no recebimento de denncias. Mas que a sociedade possa entender tambm o papel do voto consciente, o papel de no se vender, pois os polticos eleitos esto l por nossa escolha. Portanto, a raiz da corrupo no apenas os financiamentos privados de campanhas, mas tambm o exerccio equivocado da cidadania ao escolher maus candidatos. Este comit tambm ter uma funo educativa para uma mudana de mentalidade do cidado brasileiro, finalizou Paulo Maia.

A proposta visa ainda mobilizar advogados e contadores a prestarem gratuitamente seus servios para auxiliar a Justia Eleitoral na fiscalizao de campanhas suspeitas, assim como conscientizar o eleitor a suspeitar de candidatos cujas campanhas tenham a aparncia de incompatveis com os recursos arrecadados.

Com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor