Paraibano denunciado na “Operação Calvário” pode assumir vaga no Senado Federal

Imagem da Internet

Ney Suassuna pode voltar ao Senado Federal ainda en 2020. O ex-senador e atual suplente aguarda definição do titular do mandato, Veneziano Vital do Rego (PSB), para “comprar o paleto” e tomar posse, em Brasília.

Veneziano admitiu,  em entrevista a uma emissora de rádio de Campina Grande, tirar licença para se dedicar à campanha eleitoral da esposa, Ana Cláudia, e de aliados que disputarão as eleições municipais de outubro próximo.

Mas, além de não garantir que se afastará, Veneziano também não estipulou que a possível licença seria por um mínimo de 121 dias, caso que provocaria a convocação do suplente.

“Nossa participação vai ser efetiva, não somente na campanha de Campina, como na campanha dos demais companheiros. Eu não vou fazer trabalho pela metade, fazendo meio termo. Ou você atua da maneira como deve ser, ou se tira licença e se justifica”, afirmou o senador socialista.

Denunciado na Operação Calvário, Suassuna ficou animado com a declaração do aliado. Mesmo com as interrogações,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor