PMDB suspende mandato de Veneziano e deputado chama partido de “autoritário”

Imagem da Internet

O PMDB decidiu suspender por seis meses as atribuições de mandato de Veneziano Vital do Rego e mais cinco deputado federais peemedebistas que votaram pela aceitação da denúncia contra o presidente Michel Temer. O partido havia fechado questão contra a aceitação da denúncia e orientou seus parlamentares a votar em defesa de Temer, mas os seis dissidentes não seguiram a decisão.

Veneziano lamentou a punição e disse que o PMDB se transformou “num partido autoritário”. Segundo o deputado paraibano, a medida vai de encontro à própria história do PMDB, marcada pelas lutas em favor da democracia e da livre manifestação. “O PMDB resolveu desconhecer a liberdade de convencimento de seus filiados. Isso nunca fez parte do partido”, protestou.

A suspensão foi comunicada ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor