Por sugestão de marqueteiros, que temem a polarização, Cartaxo foge do embate com Ricardo como “o diabo foge da cuz”

Imagem da Internet

Imagem da Internet

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) vem fugindo dos debates públicos com a Oposição. Mas, um adversário “especial” o ex-petista vem evitando como o diabo foge da cruz. Por orientação de marqueteiros, segundo um vereador aliado, Cartaxo decidiu ignorar críticas e desafios do governador Ricardo Coutinho (PSB), seu ex-aliado, para evitar a polarização durante a campanha eleitoral.

Sempre que questionado sobre críticas do governador, Cartaxo ignora e diz que está “focado na gestão”. O fato se repetiu nesta quinta-feira, quando foi perguntado sobre observações de Ricardo em relação à reforma da Lagoa, do Parque Sólon de Lucena. “É um discurso dos que tiveram oportunidade de fazer e não fizeram”, respondeu o prefeito da Capital.

Como se pode ver, Cartaxo nem nomes citou. “A obra da Lagoa é esperada há mais de 100 anos e ninguém teve coragem de fazer”, completou o prefeito, novamente sem citar nomes.

Para terminar, cartaxo disse que “quem pensa em campanha esquece a gestão”. Mais uma vez, não citou nomes.

A estratégia é clara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor