Prefeito de Vista Serrana promove “festa de arromba”, demite servidores e TCE deve investigar caso

Prefeito Sérgio Garcia em “cochichos” com o deputado Wellington Roberto (Imagem da Internet)

Depois de presentear a população com uma “festa de arromba” no final de ano, o prefeito da pequena cidade de Vista Serrana, no Sertão paraibano, decidiu “cobrar a conta” do funcionalismo público municipal. Sérgio Garcia (MDB) exonerou mais de vinte servidores, entre comissionados e contratados por excepcional interesse público. A medida, para contenção de despesas, pegou os funcionários de surpresa e causou revolta.

Foram dois dias de festa de final de ano, com a animação de bandas de forró e artistas da melhor qualidade, a exemplo de Roberto Vaneirão e Vicente Nery, da banda Cheiro de Menina. A Festa dos Redeiros é uma espécie de festejo junino fora de época da cidade. Antes, era promovida entre julho e agosto, mas com a crise financeira a prefeitura resolveu fazer em dezembro, para aproveitar as comemorações de final de ano.

Como se trata de um evento tradicional, nem mesmo a Oposição se opôs à festança temendo reação negativa da população. A economia de Vista Serrana gira em torno do funcionalismo público e do comércio de redes e outros derivados da fibra de algodão. Boa parte da população se desloca para o Sudeste e Centro Oeste para vender os produtos e só retorna a cada quatro ou cinco meses, de preferência na época da festa.

Mas, isso não significa que o gasto vai “passar em branco”. O Tribunal de Contas está de olho nas prefeituras que deixam de pagar em dia o funcionalismo para promover festas. E, com certeza, deve investigar o caso de Vista Serrana. O presidente do órgão, conselheiro André Carlo Torres, vem alertando os prefeitos desde o ano passado quanto ao risco de promover eventos de altos custos em detrimento da situação econômica de seus municípios.

Talvez o prefeito Sérgio Garcia não tenha tomado conhecimento. Além das demissões, ele não pagou em dia o 13º salário dos comissionados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor