PT pode ficar sem candidatos à prefeito e vereador em João Pessoa

Imagem Reprodução/Blogdocarlosbrito

Além da queda, o coice. A expressão pode servir para avaliar a situação do Partido dos Trabalhadores em João Pessoa, nos próximos dias, caso continue a disputa interna entre o grupo do deputado Anîsio Maia, até aqui candidato à sucessão municipal, e a direção nacional.

Depois que o presidente do TRE, desembargador José Ricardo Porto, negou seguimento ao recurso que contestava a candidatura de Anîsio, na noite desta quarta-feira (14), restaram aos dirigentes duas alternativas: recorrer da decisão ao TSE, em Brasília,  ou levar adiante o processo de intervenção no diretório municipal, nomeando uma comissão provisória para revogar a candidatura de Anísio.

Como a lista de candidatos majoritârios e proporcionais é única, a invalidade de uma chapa atinge a outra. “O pior é que, a essa altura do canpeonato, não há mais tempo hábil para substituições porque os prazos de convenções e de registro de candidatos jà expirou”, explicou um experiente operador do direito eleitoral consultado pelo blog, que preferiu não se identificar.

Se a tese estiver correta, o PT nacional, mesmo com a intervenção, não poderá também indicar o vice do candidato Ricardo Coutinho (PSB), pela mesma razão. Ou seja, o PT corre o risco de não ter candidatos na Capital, nem à1 prefeito nem à vereador, .não participando oficialmente das eleições.

Por essa, nem o PT de Anísio, nem o de Ricardo esperavam.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor