Saída de Benjamin alivia tensão vivida pelo PMDB, mas pode provocar crise na família Maranhão

Benjamin anunciou saída do PMDB nesta segunda-feira (Imagem da Internet)

Benjamin anunciou saída do PMDB nesta segunda-feira (Imagem da Internet)

A saída de Benjamin Maranhão do PMDB, anunciada na manhã desta segunda-feira pelo próprio deputado, é vista muito mais como um alívio do que como uma perda para o partido e para o ex-governador José Maranhão. Reduzir a representação numa Casa como a Câmara do Deputados nunca foi bom negócio para qualquer agremiação com projetos imediatos e de longo prazo. Muito menos para um expoente como o PMDB. Mas, Benjamin era visto muito mais como sobrinho do ex-governador do que como um político partidário, um parlamentar de atuação destacada.

A partir de agora, é cada um para o seu lado. Como em política tudo é possível, o rumo tomado pelo jovem deputado pode provocar novos “ruídos” na família Maranhão, mais tarde. Mas, nada insolúvel, que os coloque (Sobrinho e tio) em campos opostos na relação pessoal. Na relação política, entretanto, o afastamento é bem mais provável e pode ser até definitivo.

Quem sabe no Solidariedade, novo partido de Benjamin, o deputado apresente um melhor desempenho.

Quanto ao PMDB e Maranhão, ambos têm coisas bem mais importantes e urgentes para se preocupar do que com a ´saída de um parlamentar causador de problemas.

Maranhão segurou o quanto pode o sobrinho no PMDB (Imagem da Internet)

Maranhão segurou o quanto pode o sobrinho no PMDB (Imagem da Internet)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor