Saída de Hugo Motta coloca Maranhão no caminho do isolamento dentro do MDB

Imagem da Internet

Após a reunião na casa do senador José Maranhão, em fevereiro, esperava-se que o clima quente que permeava no MDB amenizasse. Não foi o que aconteceu. Enquanto Maranhão, de um lado, garantia que ninguém deixaria mais o partido, para fortalecer sua candidatura à sucessão estadual, do outro os deputados federais Veneziano Vital do Rego, Hugo Motta e André Amaral negociavam mudança de casa. As consequências práticas da pré-candidatura própria começaram por André Amaral, que passou de “mala e cuia” para o PROS, presidido por seu pai, de mesmo nome.

Sem nada poder fazer, Maranhão tentou minimizar o fato alegando que o PROS deve caminhar “de mãos dadas” com o MDB na campanha para as eleições estaduais. Amaral, o pai, é amigo pessoal do presidente do MDB. Daí….

Agora, veio o desfecho das negociações de Hugo Motta com o PRB. O partido já comunicou ao deputado Juthay Menezes que dará a presidência do diretório estadual ao parlamentar patoense. Foi o preço da filiação. Mas, o pastor teve também uma notícia boa, que compensou as perdas na operação: não vai mais disputar vaga na Câmara Federal e sim a reeleição para a Assembleia Legislativa, tarefa bem mais cômoda. Para selar a bem sucedida negociação, o PRB aguarda agenda de Hugo para anunciar oficialmente sua filiação.

Primeiro a destoar da pré-candidatura de Maranhão, defendendo aliança com o grupo do governador Ricardo Coutinho (PSB), Veneziano Vital do Rego deve definir seu futuro político até o início de abril, quando se “fecha” a “janela partidária”, prazo para mudança de partido sem sofrer punição. Pelo andar da carruagem, o “ex-cabeludo” dificilmente ficará no MDB. Com convites de vários partidos, Vené deve migrar para o PSB de Ricardo, onde tem garantida vaga para disputar o Senado Federal, se assim desejar.

Como se pode ver, o MDB corre sério risco de ficar sem deputado federal e Maranhão de cair no isolamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor