SEM ACORDO: Gervasio Maia não vai à convenção do PMDB e Manoel Júnior deve ser eleito em chapa única

Imagem da Internet

Imagem da Internet

De nada adiantaram as tentativas do senador José Maranhão, presidente do diretório estadual do PMDB, de conciliar os interesses dos deputados Manoel Júnior e Gervasio Maia. Sem acordo, Gervasio não vai à convenção municipal, neste domingo, e Júnior deve ser eleito presidente do diretório da Capital em chapa única. Além de Gervasio, Trócolli Júnior também não pretende comparecer ao evento, em solidariedade ao colega.

A eleição do diretório municipal pode ter pelo menos três desdobramentos substanciais. O primeiro, é a saída quase certa de Gervasio do PMDB, acompanhado de Trócolli. O segundo é a consolidação da candidatura própria do partido a prefeito de João Pessoa, “carimbando” as pretensões de Manoel Júnior, nome mais cotado para encabeçar a chapa peemedebista. E o terceiro, consequente do primeiro, o fim do sonho da suplente e ex-deputada Olenka Maranhão de voltar à Assembleia Legislativa, com a recusa de Trócolli de se licenciar para compor o secretariado do governador Ricardo Coutinho.

Mesmo com a garantia de Maranhão de que o PSB será um aliado preferencial num eventual segundo turno em João Pessoa, o PMDB certamente não terá a mesma atenção do Palácio da Redenção se confirmadas as consequências acima. Isso se não for tratado como adversário, logo de imediato.

No fim das contas, tanto pode haver uma debandada no PMDB, em direção ao PSB, como de peemedebistas alojados no Governo do Estado rumo à oposição.

Por enquanto, o PMDB enfrenta apenas um “racha”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor