Sem acordo interno sobre “sucessor” de Couto, PT deve lançar quatro candidatos a deputado federal

Imagem da Internet

Sem acordo interno para escolha do “sucessor” de Luiz Couto, indicado candidato ao Senado Federal na chapa do socialista João Azevedo, o PT deve lançar quatro candidatos a deputado federal nas eleições de outubro. Além de Frei Anastácio, também estarão em busco dos votos de Couto o vereador pessoense, Marcos Henriques, Socorro Pontes e Moza Barros.

Marcos Henriques explicou que o cenário não sinaliza um possível acordo interno para lançamento de uma única candidatura, mas sim do desejo de quatro militantes de disputar a eleição.

“Do mesmo jeito que não abro mão, ele (Frei Anastácio) também não. Outra coisa, o PT não indica candidatos. Sou apoiado pelo Campo Majoritário do partido e Frei Anastácio tem seus apoios. O que vamos disputar é os votos que antes eram atribuídos a Luiz Couto”, sustentou Henriques.

Não precisa entender, mas tá explicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor