Sem espaço na gestão de Cartaxo, Jeová Campos abandona PT, adere a Ricardo e se filia ao PSB

Aguardando uma lembrança que não veio na gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT), o ex-deputado estadual Jeová Campos decidiu abandonar os quadros do Partido dos Trabalhadores após quase 30 anos e ingressar no Partido Socialista Brasileiro, onde apoiará a reeleição do governador Ricardo Coutinho em 2014.

Informações de bastidores dão conta que a quebra de um acordo politico entre Jeová Campos e o presidente estadual do PT, Rodrigo Soares teria motivado o rompimento. O acordo previa uma dobradinha entre Rodrigo e Jeová, onde um seria candidato a deputado federal e o outro estadual respectivamente. Como Rodrigo Soares, se submeteu as exigências do prefeito Luciano Cartaxo, desistindo da candidatura a federal, passando a ser pré-candidato a estadual, Jeová Campos acabou sendo prejudicado e ‘chutou o pau da barraca’.

Em uma audiência realizada em João Pessoa, entre o governador Ricardo Coutinho (PSB), a prefeita Denise Albuquerque (PSB) e o secretário de interiorização Carlos Antônio (DEM), ficou decidido que o ex-deputado se filiará ao PSB. A festa para receber o novo girassol está sendo preparada para quinta-feira, dia 3 de outubro.

O ex-parlamentar que obteve uma votação de mais de 60 mil votos não conseguiu êxito nas últimas eleições ficando na primeira suplência. Diante do seu insucesso no pleito passado, Jeová Campos demonstra mágoas com algumas figuras da política paraibana, e sempre lamenta por não ter conseguido ser efetivado como representante do povo do sertão do estado em Brasília.

O ‘Rei do Alho’, como é carinhosamente conhecido, chega ao grupo do governador na intenção de buscar o seu retorno à Assembleia Legislativa, onde espera contar com o apoio da prefeita Denise Albuquerque e do secretário Carlos Antônio.

PBAgora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor