Sem nome expressivo para disputar sucessão em João Pessoa, PSDB admite composição com PT ou PMDB

Imagem da Internet

Imagem da Internet

A cúpula do PSDB ainda tenta “empurrar com a barriga”, mas já está ciente de que não tem, até agora, nome expressivo, eleitoralmente, para disputar a sucessão municipal de 2016 no principal colégio eleitoral do Estado. A única opção seria o ex-senador Cícero Lucena que, além de responder com sonoro não ao convite que recebeu, ainda vetou a possibilidade de sua esposa, Lauremília, encabeçar uma eventual chapa tucana.

A outra alternativa seria o ex-deputado federal e presidente do diretório estadual, Ruy Carneiro. Sempre bem votado em João Pessoa, onde foi vereador, Ruy teme o desgaste de uma segunda derrota consecutiva, que poderia ofuscar seu planos de retornar à Câmara Federal em 2018. Além de perder a eleição do ano passado, como candidato a vice-governador de Cássio Cunha Lima, Ruy já amargou uma derrota para prefeito da Capital, fato que também o deixa cauteloso em relação à uma nova tentativa.

Essa cautela tem sido clara nas declarações do dirigente tucano. Perguntado se aceitaria ser candidato a prefeito da Capital, caso fosse indicado pelo PSDB, Ruy assumiu postura de tucano afirmando que não tinha posição firmada sobre o assunto. Nesta segunda-feira, o ex-deputado foi abordado novamente sobre a disputa eleitoral do ano que vem e, timidamente, admitiu o lançamento de candidatura própria, mas apenas como “especulação”. Ruy foi mais além, adiantando que o PSDB pode se aliar ao PT ou ao PMDB, dependendo das circunstâncias político-eleitorais.

Como para um bom entendedor meia palavra basta, não é difícil concluir que, sem nomes cacifados, o PSDB recorrerá às alianças. De preferência, com aqueles que fazem oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

com paraiba.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor