Senador Raimundo Lira diz que ficou longe da Paraba porque estava “de frias com a famlia”

Imagem da Internet

Imagem da Internet

Frias com a famlia. Sonho de todo trabalhador paraibano. Mas, so poucos que conseguem. Pelo menos para ficar longe dos aperreios do trabalho. Mas, com poltico a coisa diferente. Pelo menos com o senador Raimundo Lira, que ganhou quatro anos de mandato “de graa”, com a nomeao de Vital do Rego Filho para o prestigiado Tribunal de Contas da Unio (TCU).

Lira tomou posse no dia 22 de dezembro do ano passado e, somente agora, deu s caras na Paraba. Mas, como todo bom poltico, tem a justificativa na ponta da lngua: “Estava de frias com a famlia. Por isso no pude vir antes Paraba”, avisou o senador.

Tomei posse no dia 22 de dezembro, ltimo dia de funcionamento do Senado. Tinha frias programadas com a famlia desde maro de 2014. Reduzi em 50% as frias, mas depois precisei de 10 dias para me aprofundar no mandato de Vital desde 2011. S quis chegar na Paraba quando estivesse preparado, at porque este foi o tempo do recesso parlamentar. Quando terminar o recesso, no prximo domingo, eu estarei preparado e inteirado de todas atividades necessrias para exercer um bom mandato, explicou o representante da Paraba, em entrevista em sua residncia de Campina Grande.

Na entrevista, Lira disse que no poderia falar sobre o futuro, referindo=-se a possibilidade de futuras candidaturas. Tem razo. Afastado da vida pblica h mais de vinte anos, talvez o eleitorado nem o conhea mais, j que assumiu o mandato por ser suplente. Mas, ele disse que pretende trabalhar para justificar o mandato. bom mesmo, porque o salrio e a confiana dos paraibanos exigem.

Quanto candidaturas futuras, o senador entrega a Deus. bom incluir o eleitorado paraibano tambm nessa entrega, porque, certamente, os paraibanos preferem os polticos que trabalham aos que esto de frias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor