Tavinho Santos sugere “plano estratégico” para retomada das atividades econômicas na Paraíba pós-pandemia

Imagem Divulgação

Que a quarentena e o isolamento social vão passar, todos sabem. Ninguém sabe quando, embora o secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, já tenha sinalizado para junho, dependendo da redução da incidência da covid-19.

O grande questionamento agora é: como será após esse período? Do ponto de vista da saúde, até que se pode imaginar. Medidas de prevenção como uso de máscaras e higienização com àlcool e outros produtos, certamente prevalecerão ainda por muito tempo. E parte da população, de forma mais tímida, continuará evitando as aglomerações.

Mas, do ponto de vista econômico, não há nenhuma discussão em curso ou programação sobre o pós-quarentena. O ex-preaidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Tavinho Santos, levantou questionamento importante nesse aspecto. Segundo ele, é necessário elaborar um “plano estratégico” de retomada da economia  para o período pós-pandemia.

“Até agora, o que vemos são os pequenos e médios empresários indo à falência e o desemprego é uma realidade na cadeia produtiva do turismo e serviços”, avalia Santos, que também já foi secretário de Esporte e Turismo  de João Pessoa.

Como alternativa para tentar mudar o quadro, o ex-secretário tem algumas sugestões: facilitar o crédito junto às instituições financeiras, abertura das atividades com planejamento e expansão das barreiras sanitárias são algumas delas.

“Sabemos muito bem a importância da indústria no desenvolvimento da economia do Estado e a criação de emprego. A atividade do Turismo foi umas primeiras a parar e com certeza será uma das últimas a retornar”, prevê Santos.

Ainda de acordo com Santos,  é importante o Governo do Estado e a Prefeitura de João Pesaoa, reavaliarem, nesse momento de dificuldades, a política fiscal, principalmente quanto à cobranca de impostos.

“Mas, a sociedade também tem que contribuir.. Quem puder, fique em casa. Quem precisar sair, use máscara e faça higienização”, apelou o ex-vereador da Capital.

Realmente, se não organizar vai dar problema.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor