Vereador Raoni Mendes comemora, mas afastamento de deputado não permitirá sua posse na Assembleia Legislativa

Imagem da Internet

Imagem da Internet

O vereador Raoni Mendes (PDT), chegou a comemorar o anúncio de licença do deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), mas acabou frustrado após constatar que o afastamento do socialista será por um período inferior a 121 dias, prazo mínimo prevista para convocação do suplente.

Raoni, que hoje é vereador em João Pessoa, ficou como terceiro suplente da coligação que elegeu Barbosa, atrás do líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSB), que está no exercício do mandato, e de Arthur Cunha Lima Filho (PT do B), que deve assumir a vaga de Jeová Campos, também licenciado para tratamento de saúde.

Se Ricardo Barbosa se licenciasse por um período igual ou superior a 121 dias, Raoni Mendes assumiria a vaga amparado por lei aprovada pela Câmara Municipal de João Pessoa que desobriga o vereador a renunciar ao mandato para ser deputado interinamente. Arthur Cunha Lima Filho foi beneficiado com lei idêntica aprovada por seus colegas vereadores de Cabedelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor