Vereador tenta reduzir recesso de cinco meses para 40 dias em Vista Serrana e tem proposta rejeitada na Cmara Municipal

A Cmara Municipal de Vista Serrana, no Serto, rejeitou projeto do vereador Wedson Arajo (PMDB) que pretendia reduzir de cinco meses para 40 dias o recesso parlamentar. A proposta foi barrada na Comisso de Legislao, Justia e Redao. Os vereadores Leodiezio Rodrigues Ferreira, Jos de Arimatheia de Medeiros Filho e Clenilson integram a CCJ.

O detalhe que, segundo Wedson, no foi designado relator nem a CCJ emitiu parecer, como se esperava. Os trs vereadores se reuniram e assinaram documento, entregue ao presidente da Casa, reprovando a matria. No documento, o trio tambm no indica qual seria a inconstitucionalidade do projeto, misso da CCJ.

“No h nenhuma justificativa tcnica para rejeio da proposta, pelo menos no documento assinado pelos vereadores da CCJ. Vamos recorrer Mesa Diretora para que a CCJ justifique a deciso e indique os pontos inconstitucionais do projeto”, adiantou o peemedebista.

Na mesma sesso, realizada na tarde desta tera-feira, a CCJ rejeitou outro projeto do vereador do PMDB criando a Cmara Itinerante, onde o Poder Legislativo se instalaria na ltima sexta-feira de cada ms em um dos bairros da cidade ou em uma comunidade da zona rural. O processo seguiu o mesmo rito da deciso anterior.

“Como temos certeza de que nenhuma das duas propostas inconstitucional, queremos que ambas sejam submetidas ao plenrio porque representam avanos para a sociedade e a populao de Vista Serrana”, explicou Wedson Araujo, que divulgou vdeo no faceboock lamentando as decises dos colegas.

O Blog tentou contato com o presidente da Cmara Municipal de Vista Serrana, Amrico Garcia, por telefone, mas no conseguiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor