Vice-presidente entra com notícia-crime e pede afastamento de Amadeu Rodrigues da Federação Paraibana de Futebol

Foto: Walla Santos

As movimentações referentes a Operação Cartola que investiga a corrupção no futebol da Paraíba continuam a todo vapor. Nesta quarta- feira (11), foi a vez do vice-presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Nosman Barreiro, protocolar uma notícia crime delitiva junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJD) e à Comissão de Ética da Confederação Brasileiro de Futebol (CBF) contra Amadeu Rodrigues, presidente da FPF, e Lionaldo Santos, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba.

Na prática, o vice-presidente busca informar STJD e a CBF sobre os crimes cometidos por Amadeu e Lionaldo – investigados na Operação Cartola – e provocar assim o afastamento de ambos de seus respectivos cargos.

“Essa notícia crime foi dada entrada para informar o STJD sobre os artigos do Código de Justiça Desportiva que foram contrariados nesses atos que estão sendo investigados na Justiça Comum. Existem várias sanções a serem aplicadas. Depende do entendimento da Corte, desde multas até o afastamento dos dirigentes”, disse Romero Souza, advogado de Nosman.

Com clickpb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor